Quem é Deus e o que eu tenho a ver com isso?

QUEM É DEUS E O QUE EU TENHO A VER COM ISSO?

 

Texto básico: Êxodo 3:1-15

Textos auxiliares: Salmo 103:8-16; Daniel 4:28-37.

 

I. Quem é Deus e como Ele age

1.  Por causa da recente valorização de religiões como o budismo, o hinduísmo e o espiritismo, Deus tem sido divulgado como uma energia ou força que permeia o universo. É chamado também de destino, de carma ou de consciência única para onde a humanidade evolui. Neste caso, Deus é impessoal, não pode conhecer alguém pelo nome nem relacionar-se com o homem de modo pessoal. Não tem personalidade nem nome. Poderia ser confundido com qualquer parte da natureza. Compare este conceito com a noção bíblica de Deus em Êxodo 3:1-15.

2.  Um certo conceito teísta concebe Deus como o arquiteto ausente. O artífice que, concluída uma obra, ausenta-se e não interfere nela. Deus está distante e em suas divinas ocupações não lhe ocorre interessar-se pelo homem ou por seus problemas. Não há razão para o homem perder tempo orando a Deus ou entregando-lhe pedidos, já que a natureza ou o universo mantém seus ritmos inalterados. Confira este conceito com a experiência de Ana em I Samuel 1:1-28 e 2:18-21. Deus pode compreender a aflição do homem e atender suas preces? Examine qual era o conhecimento sobre Deus que Ana colocou em seu cântico, no cap. 2:1-11.

E agora?

– Aproxime-se de Deus reconhecendo sua santidade, sua bondade e seu poder ilimitados.

– Creia que Deus pode compreendê-lo em tudo.

– Experimente orar como Ana, contando a Deus as suas necessidades.

 

II. A condição humana e o valor da vida do homem para Deus

1.  É comum entre as pessoas pensar-se que o homem não precisa da ajuda de Deus. Que o homem constrói sua própria vida. Alguns procuram compensar o mal praticando o bem, ganhando assim pontos para o seu próprio progresso ou uma passagem para o céu. Este homem imaginado não é um carente de Deus, mas é tão eterno quanto o universo. Compare esta concepção sobre o homem com a descrição do Salmo 103:8-16.

2.  Toda religião prega um tipo de vida após a morte. Algumas defendem que o homem carrega já nesta vida uma semente que o trará de volta. A morte traz também a possibilidade do retorno, repetido até que o homem alcance a perfeição de Deus. Nesta religião não há lugar para um Deus que se entristece com a morte do homem. Julgue você mesmo à luz dos acontecimentos descritos em João 11:1-46.

E agora?

Sua vida é preciosa para Deus:

– Na Bíblia o homem não é um super-homem nem um deus. O homem foi criado superior ao restante da criação e no entanto mais infeliz que ela se estiver sem Deus. O segredo da verdadeira vida do homem está naquele que é a Fonte da Vida.

 

III. O que acontece no encontro entre Deus e o homem

1.    Quando Deus se dá a conhecer de modo experimental, alguns surpreendem-se pelo inesperado. A verdade é que o homem deixa de ser o mesmo quando passa pela presença transformadora de Deus. Alguns passam a rejeitar a Deus, por não suportá-lo, enquanto outros o reconhecem como tal. Veja o que aconteceu a um poderoso rei do passado quando, no curso de sua vida, ele deparou-se de modo dramático com Deus. O registro está em Daniel 4:28-37.

2.    Uma fonte não pode mudar sozinha o sabor da água, nem um tronco torto de árvore pode endireitar-se. Poderia o homem mudar a si mesmo a fim de agradar a Deus? Seria preciso reformular suas prioridades de vida e abandonar modos de agir e pensar consolidados há anos no seu caráter. Equivaleria ao nascimento de um novo ser. Deste modo alguns preferem pensar que Deus não faz cobranças ao homem, pois caso contrário, qual homem obteria a aprovação de Deus? Basta apenas que o homem sinta-se ‘autoaprovado’, ou em paz com sua consciência, para estar livre de culpa perante Deus. Estas questões também balançaram a cabeça de um mestre judeu chamado Nicodemos. Conheça as respostas que ele obteve lendo o evangelho de João 3:1-21.

E agora?

– Você precisa nascer de novo.

– Em mais de uma ocasião Deus se deu a conhecer a você, usando especialmente a Bíblia para isto.

– Tenha um encontro mais profundo com Deus, por meio de Jesus Cristo: crendo que Jesus morreu em seu benefício. Deixe de confiar em sua capacidade própria de agradar a Deus.

– Ore em particular confessando esta crença. Deus quer fazer de você uma nova criatura.

Autor da lição: Délio Fassoni

 

 

Print Friendly, PDF & Email

2 Comentários para “Quem é Deus e o que eu tenho a ver com isso?”

  1. Jose alves 2 de janeiro de 2017 at 6:38 #

    Parabéns amado irmão por estas benditas palavras, que sirva de grande valia para fortalecimento de muitas pessoas que cambaleiam sem conhecer a verdade e acatam tudo o que vem em distorção da verdade.

  2. Ramiro Helena Francisco Uanuque 15 de janeiro de 2020 at 6:11 #

    É um prazer enormíssimo falar daquele que está presente em tudo (Deus), a qualquer segundo, minuto e hora. Eu defino DEUS por PLENITUDE, eu tenho muito haver com ELE, porque criou os céus e a terra (onde vivo e usufruo de tudo que ELE colocou ao meu dispor).

Deixe um comentário