Esposas em angústia

ESPOSAS EM ANGÚSTIA

 

 

Texto Básico: 1 Pedro 3.1-6

Leitura diária
D – Ef 5.22 – Seja uma mulher submissa
S – 1Co 7.12-16, 39 – Seja uma mulher fiel
T – 1Tm 2.9-10 – Seja uma mulher piedosa
Q – Pv 14.1 –  Seja uma mulher sábia
Q – Pv 31.29-31 – Seja uma mulher virtuosa
S – 1Sm 1.9-18 – Seja uma mulher de oração
S – 1Pe 3.5-6 – Seja uma mulher crente

 

Introdução

Assim como nos dias de Pedro, hoje, muitas mulheres cristãs são casadas com maridos descrentes. Muitas dessas mulheres se converteram depois de já estarem casadas. Infelizmente, há pessoas que incentivam o divórcio nestes casos. O fato de a mulher servir ao Senhor Jesus pode gerar alguns conflitos dentro do lar. A mulher cristã não poderá mais participar dos atos pecaminosos do marido, como mentiras ou imoralidades. O que fazer então? Quais são as recomendações bíblicas para as mulheres cristãs casadas com descrentes?

I. Mulheres crentes casadas com descrentes

A. A mulher na antiguidade
No primeiro século, a situação da mulher em geral era bem diferente da posição que ela desfruta nas modernas sociedades ocidentais. Ela não tinha alguns direitos básicos, não possuía existência independente do seu marido; não podia tomar decisões próprias; vivia debaixo dos caprichos do pai, quando era solteira, e, depois, dos caprichos do marido, quando se casava. Pai e marido tinham direito de vida e morte sobre a mulher. O marido podia abandonar (divorciar-se) sua mulher a qualquer momento e por qualquer motivo. Se uma mulher não cozinhasse bem, por exemplo, poderia ser mandada embora de casa. A educação das mulheres se limitava às prendas domésticas: lavar, costurar, cozinhar e cuidar dos filhos. Casar-se era uma necessidade para sobreviver. Quando maltratadas, não recebiam quase nenhum apoio. As mulheres eram consideradas, praticamente, como objetos do marido.

Catão, famoso político romano daquela época, disse o seguinte: “quem apanhar a sua mulher cometendo adultério pode matá-la que nada lhe acontecerá”. Ele deu carta branca para os romanos assassinarem as suas mulheres se elas fossem infiéis aos seus maridos. Mas se o homem fosse infiel, nada era feito. Era nesse tipo de ambiente que viviam as mulheres cristãs quando Pedro escreveu sua primeira carta.

B. As esposas cristãs
O que representava para uma mulher casada se tornar cristã, no contexto descrito? A sua situação poderia se tornar extremamente complicada. As religiões dos gregos e romanos daquela época eram essencialmente idólatras e pagãs. Havia o culto ao imperador, as religiões de mistério e a religião tradicional dos gregos. O paganismo e a idolatria em geral eram a religião de todos eles. Quando uma mulher cria em Jesus Cristo e se tornar cristã, isso implicava abandonar a religião do marido, o que representava uma afronta à autoridade dele. Ela não podia fazer isso sem a permissão dele. As mulheres tinham de seguir a religião do marido. Uma mulher casada que desejasse se tornar cristã tinha que saber que estava correndo o risco de ser espancada pelo marido, ser expulsa de casa, ou até mesmo ser morta por ele. Sem cair na generalização, casos deste tipo eram muito frequentes naquela época.

Apesar de todo o possível sofrimento que pudessem enfrentar e do risco de morte, é fato que milhares de mulheres daquela época se tornaram cristãs. A situação delas era muito delicada, especialmente quando o marido não aprovava a mudança de religião ou não queria acompanhá-las na nova fé. Considerando essa delicada situação, talvez seja por isso que o apóstolo Pedro deu seis vezes mais espaço para falar às mulheres em nosso texto básico do que aos homens. Aos homens eles dedica somente um versículo (1Pe 3.7), mas para as mulheres dedica seis (1Pe 3.1-6).

II. O que as mulheres cristãs não deveriam fazer

A. Não deveriam se divorciar
Pedro não diz que aquelas mulheres deviam se separar de seus maridos. É importante salientar isso. Mas sempre existiram correntes dentro do cristianismo defendendo que mulheres cristãs casadas com maridos descrentes deveriam se separar para melhor servir a Deus, para se dedicar integralmente a Jesus Cristo e à sua igreja. O marido descrente é visto como um empecilho, um obstáculo à fé da esposa. Contudo, o casamento jamais pode ser dissolvido em nome de uma maior dedicação a Deus ou em nome de uma espiritualidade.

Aparentemente, desde cedo, na história da igreja, mulheres cristãs tiveram questões de consciência relacionadas à permanência ao lado de um marido descrente. O apóstolo Paulo tratou de um problema assim. Algumas mulheres da igreja de Corinto desejavam saber se podiam abandonar os maridos descrentes para se dedicar mais ao Senhor (cf. 1Co 7.12-16). Podemos entender que essa era uma questão aguda e generalizada nas igrejas. As respostas de Paulo e de Pedro são semelhantes em muitos aspectos. Para os dois apóstolos, a conversão de um cônjuge a Cristo não é motivo para dissolver o casamento. A parte crente deveria permanecer fiel, firme e se conduzir de tal modo a levar o cônjuge à fé no Senhor Jesus.

Na perspectiva bíblica, o casamento é uma ordenança de Deus para a humanidade em geral. Quando Deus criou o homem e a mulher e determinou que eles vivessem juntos, o pecado ainda não havia entrado no mundo. O fato de que alguns se tornaram cristãos depois de casados não quer dizer que podem acabar com o casamento, como se a vocação cristã fosse maior que a ordenança matrimonial. Pelo contrário, é o cristianismo que vai nos dar força e graça para tornar o casamento melhor. Para a esposa cristã, o divórcio não é o caminho de Deus, mesmo que o seja para a sociedade em geral.

B. Não deveriam se revoltar
Note que no texto básico Pedro não diz para aquelas mulheres: “abandonem os seus maridos, vivam o evangelho, sejam felizes e comecem uma vida nova”. Não! Ele também não aconselha as mulheres a se revoltarem contra seus maridos. E o que é ainda mais interessante, Pedro nem mesmo diz àquelas mulheres para que tentem converter o marido ao cristianismo por força de palavras e discussão. É verdade que todas as mulheres crentes gostariam de ver seus maridos convertidos ao evangelho. Infelizmente, o que acontece, às vezes, é que as mulheres tentam converter o marido sem ter sabedoria quanto ao método, ao tempo e ao modo de fazê-lo. Inconscientemente, querem converter o marido não cristão a qualquer custo.

III. O que as mulheres cristãs deveriam fazer

Pedro apresenta outro caminho para que as esposas ganhem os maridos descrentes. Vejamos, portanto, as instruções de Pedro quanto ao comportamento das esposas cristãs.

A. Sujeitar-se ao seu marido
“Mulheres, sede vós, igualmente, submissas a vosso próprio marido” (3.1). Conforme vimos em outra lição, “sujeitar-se” significa “colocar-se debaixo da autoridade de alguém”. Pedro está refletindo aqui o ensino bíblico de que Deus estabeleceu o universo seguindo uma determinada estrutura na família, na igreja e na sociedade, e que tais estruturas devem ser obedecidas. Ao homem cabe a função de liderar, orientar, proteger e se responsabilizar por sua família. À mulher cabe a função de ajudar o seu marido no desempenho de seu papel, seguir sua orientação e cooperar com ele na estrutura da família e na criação dos filhos.

Quando o casamento vai bem, marido e mulher trabalham juntos, há harmonia, consenso, e as decisões são tomadas em conjunto. No entanto, há situações em que alguém tem de tomar uma decisão. O papel que Deus deu ao marido foi de, nesses casos, assumir a liderança e a responsabilidade pela família. O ponto de Pedro é que as esposas devem se sujeitar a seus maridos, mesmo que eles sejam descrentes. É preciso ressaltar, como já vimos na lição anterior, que a submissão aqui referida por Pedro não significa que a mulher cristã deve fazer tudo o que o seu marido deseja. Em última análise, a mulher cristã obedece a Cristo. Portanto, o que Pedro está ensinando é que as mulheres casadas com maridos descrentes deveriam se despojar voluntariamente do seu eu, fazer morrer o seu orgulho e servir com alegria ao seu marido, por amor a Jesus Cristo.

B. Ter uma conduta honesta e respeitosa
 “… seja ganho, sem palavra alguma, por meio do procedimento de sua esposa, ao observar o vosso honesto comportamento cheio de temor” (3.1b-2). Com as palavras “honesta” e “respeitosa”, o apóstolo resume o padrão de conduta que as mulheres cristãs casadas deveriam ter. Desde o início da carta, Pedro está ensinando sobre como viver em meio a uma sociedade hostil com os cristãos (cf. 1Pe 1.15; 2.12; 3.11,16). Da mesma maneira, as mulheres cristãs casadas com incrédulos deveriam se conduzir com prudência, cuidado e sabedoria. Um comportamento honesto significa uma conduta moral irrepreensível. Uma esposa honesta é moralmente pura. Ela é fiel ao seu marido em todos os sentidos. Ao mesmo tempo, a esposa cristã dever ser “respeitosa”, isto é, ter um comportamento cheio de temor em relação ao marido. Isso, é claro, não significa viver com medo do marido, mas tratá-lo com consideração e respeito. Esposas cristãs podem discordar de seu marido, ter opiniões diferentes, mas sempre com atitude de respeito e dignidade. Eis aqui um grande testemunho.

C. Exibir a verdadeira beleza feminina
“Não seja o adorno da esposa o que é exterior, como frisado de cabelos, adereços de ouro, aparato de vestuário; seja, porém, o homem interior do coração” (3.3-4a). Elas não deveriam procurar ficar bonitas somente na aparência, usando enfeites, penteados exagerados, joias e vestidos caros. Ao contrário, deveriam cultivar a verdadeira beleza, que estava no coração. É importante ressaltar que Pedro não está proibindo as esposas cristãs de cuidar de sua aparência. Ele está dizendo que elas não deveriam ficar bonitas somente ou exclusivamente na aparência exterior, mas dar atenção especial e principalmente à beleza interior. Certa vez, Jesus acusou os fariseus por sua preocupação quanto ao exterior e a negligência quanto ao interior (Mt 23.25-26; cf. Ef 3.16).

D. Ter um espírito manso e tranquilo
unido ao incorruptível trajo de um espírito manso e tranquilo, que é de grande valor diante de Deus” (3.4b). Um grande testemunho que uma esposa cristã pode dar ao seu marido descrente é ser mansa e tranquila no lidar. Qual é o marido que não fica impactado com esse tipo de conduta?

Na sequência do texto, Pedro ilustra esse ponto citando o exemplo de Sara, esposa de Abraão: “Pois foi assim também que a si mesmas se ataviaram, outrora, as santas mulheres que esperavam em Deus, estando submissas ao seu próprio marido, como fazia Sara, que obedeceu a Abraão, chamando-lhe senhor, da qual vós vos tornastes filhas, praticando o bem e não temendo perturbação alguma.” (3.5-6). Pedro exorta as esposas cristãs a se tornarem “filhas de Sara”, praticando o bem e não temendo mal algum. Os exemplos de mulheres piedosas da Bíblia servem de padrão para as mulheres cristãs de hoje.

Conclusão

As mulheres cristãs sofriam muito na antiguidade, especialmente aquelas que criam e confessavam Jesus Cristo. Foi por essa razão que Pedro escreveu o capítulo 3 de sua carta. As orientações de Pedro são para que as mulheres cristãs, casadas com maridos incrédulos, não se divorciem nem se revoltem contra. O apóstolo as exorta a se sujeitar aos seus maridos, ser honestas e respeitosas, exibir a verdadeira beleza feminina, que é interior, do coração, e demonstrar um espírito manso e tranquilo dentro do lar.

Aplicação

As instruções dadas por Pedro servem para todas as mulheres, mais especialmente àquelas que são casadas com maridos descrentes. Busque força e graça em Jesus para conviver bem e feliz com seu marido incrédulo. Que atitudes uma mulher nessa situação poderia tomar no dia a dia, para influenciar positivamente o marido? Você conhece alguma esposa cristã nessa situação? Como a aconselharia?

>> Estudo publicado originalmente pela Editora Cultura Cristã, na série Nossa Fé -– A Bíblia e a Sua Família. Usado com permissão.

Print Friendly, PDF & Email

94 Comentários para “Esposas em angústia”

  1. geane 29 de agosto de 2014 at 9:16 #

    Sempre é bom estarmos reavaliando nosso comportamento de esposa,pois verdadeiramente somos e temos q ser exemplos no lar,hj em dia é muito difícil vermos esposas respeitosas,o q temos visto é mulheres q ñestão sendo preparadas p ser esposa.

    • luciana 13 de novembro de 2016 at 7:11 #

      tenho sofrido muitos levantes na minha vida conjugal,meu marido é descrente e ultimamente é quase imsuportável vivermos junto porq me afronta me insulta e no fim po~em toda culpa em mim,e estou tentando viver em consagração prq serei serva num encontro de mulheres.essa é a última semana,e os levantes crescem a cada segundo.

  2. Elaine 25 de outubro de 2014 at 12:53 #

    Adorei muito esclarecedor,

  3. Claudia 17 de novembro de 2014 at 19:06 #

    E quando a esposa crente descobre que seu marido descrente está traindo, ela deve se separar?

    • elica fernanda da siva 10 de junho de 2015 at 13:19 #

      ore mais um pouco irma DEUS pode fazer um milagre em seu casamento creia tao somente em nome de JESUS.

    • Cristiane 3 de junho de 2017 at 21:49 #

      Nossa não posso falar tudo pois um livro n daria p escrever,meu marido se droga,quando quer fazer algo faz e depois sempre diz que sou culpada,já me bateu rotores,meus filhos ficam desesperados tenho um casal 7 e 11,eles mandão eu me separa não tenho corante mas tive várias vezes vontade ,tenho 19 anos de casadao, por favor me ajude tenho vontade de me matar mas penso n crianças, preciso de ajuda.

      • Rayanne 15 de junho de 2017 at 20:31 #

        Olá Cristiane, como tem passado?
        O texto que lemos é excelente, no entanto, precisamos fazer um releitura para os nossos dias.
        Não acredito que a mulher/homem não deva se separar em nenhum circunstância. Há cenários que é melhor uma separação, pois o quadro fica muito nocivo, claro que deve ser algo feito com muita maturidade e não a flor da pele.
        Paulo escreve para mulheres que vivem em um certo contexto, nos dias de hoje o cenário é outro. Imagine uma mulher que apanha do marido todos os dias. Ela deve passar a vida inteira suportando essa dor? claro que não. Temos uma lei que nos apoia, que a a Maria da Penha. Nesse caso a mulher deve denunciar e se afastar. Mas cada situação deve ser analisada, há violências de outra maneira, como a psicológica, que as vezes é bem pior que a física.
        Oro para que Deus lhe dê sabedoria para saber que passo dar daqui em diante.

      • tina 5 de julho de 2017 at 17:11 #

        Puxa fico chocada com tanta agressoes contra esposas agressoes fisicas e verbais de homens que usam drogas e se embriagam Na palavra de Deus esta escrito que devemos ser subimisa aos nossos maridos isso nao siguinifica que vamos baixar acabeca e ficar quietas apanhando horrores na frente de nossos filhos e com isso acabando com o psicologico de nossos filhos destruindo segamente o futuro deles ser submissa que eu entendo é nao fazer oque ele faz nem oque ele manda se nao fazer aquilo que Deus nos manda fazer com sabedoria agir com lúcidez espiritual orar jejuar Mais eu entendo tambem que nem todos os casamentos foram aprovados por Deus muitas das vezes um casamento desses vem como maldicao para nossas vidas para nos destruir e destruir a vida de nossos filhos que muitas das vezes serao a proxima geracao de pais com a maldicao erdada pois entao queridas vamos valorizar a nossa e a vida dos nossos filhos que sao Bencao e tesouro para nós com certeza os nossos filhos irao entender e dar valor o escape que demos para a vida Deles!! vivamos felizes com Deus e nossos filhos depois dessa nada de marido incredulo na nossa vida Vamos nos amar mais!!! aquela epoca era outra época.

      • joslaine silva 22 de julho de 2017 at 11:19 #

        O TEXTO ACIMA DEIXOU BEM CLARO QUE O SENHOR NÃO NOS MANDOU VIVER EM SERVIDÃO. casada com crente ou descrente a mulher não é obrigada a manter um casamento abusivo, porém se a mulher decide separa deve viver em santidade, não deve ter outro relacionamento pois assim se torna adultera tanto vc quanto quem esta junto com vc!! Deus é um Deus justo conhece o nosso coração e se a palavra dele diz que casamento deve ser apenas um creia… ore…. se humilhe… peça sabedoria e o senhor vai agir em sua vida. NADA É IMPOSSIVÉL AO QUE CRER.

      • Luiza Soave Monteiro Ernega 25 de setembro de 2017 at 8:30 #

        Cristiane, você precisa de ajuda?
        Me chame no e-mail luizasme@hotmail.com

  4. Silva 23 de novembro de 2014 at 14:47 #

    e quando a esposa cristã ta ali tentando fazer o melhor
    o esposo sempre acha que ta certo em tudo…principalmente em relação a igreja…ex. ele fala que não precisamos ir a igreja todos os dias e podemos ficar até um ano sem ir na igreja, sem o pecado nos arodear
    o que vc me aconselharia

    • elica fernanda da siva 10 de junho de 2015 at 13:23 #

      continue orando se humilhando aos pes do senhor que ele e fiel para te ajudar mais em meio a tudo isso nao deixe em momento algum de ser submissa a ele pois jesus so opera nas nossas vidas quando estamos na nossa posiçao irma digo isso por experiencia propria amem

  5. joana darc 30 de novembro de 2014 at 0:42 #

    ainda está confuso pra mim pois vivo uma situação complicada com meu esposo. os nomes proferidos contra minha pessoa as brigas estão cada vez mais dificil me ajudem por favor não sei mais o que fazer

    • maria isabel 16 de junho de 2015 at 0:02 #

      Amada,sei bem o que é isso ,ja passei por situações dificeis.e o caminho pra percorrer é longo.mas lembrando vc ñ está só,Deus é contigo.deus nos dá sabedoria pra fazer a coisa certa.no meu ponto de vista ñ prescisa a irmã está tds os dias na igreja,para que seu marido ñ venha entender que isso é uma afronta pra ele.Deus conhece o seu coração e as suas intenções..a biblia nos diz,se temos falta de sabedoria peça a Deus pq ele dá a cada um com liberalidade..espero ter te ajudado.Deus abênçõe seu casamento …

      • maria isabel 16 de junho de 2015 at 0:18 #

        Pça pra deus te mostrar se o erro esta em vc querida.o casamento tem os dois lados.um pode ter a parcela de culpa maior do que o outro…há o meu casamento hj está mto bem pra gloria do nosso senhor jesus cristo…..

    • Marcia de Aragão Oliveira Pereira 19 de agosto de 2016 at 12:19 #

      Bom dia irmã. Intendo sua duvida, quero lembra-la que ao se submeter ao seu marido estará se submetendo ao Senhor, pois a palavra diz que Deus é o cabeça do marido. Sempre que ele te afrontar, fale com o Senhor, ore a palavra. Pois a mandamentos para o marido também de amar a esposa como Jesus amou sua igreja e que o marido que maltrata sua esposa não tem suas orações ouvidas. Cuidado com o ativismo das igrejas, pessoas chamadas e escolhidas sempre sentiram prazer de fazer a obra do Senhor mas seu primeiro ministério e a sua família. Um ministério americano tem me ajudado muito em minha jornada, entre na internet e coloque Deus pode e quer restaurar seu casamento, este livro e ministério mudou meu intendimento baseado todo na palavra de Deus.

  6. nadia 4 de janeiro de 2015 at 14:45 #

    Vivi 7 anos com meu marido desviado, mas nunca desisti, hoje estamos juntos e bem, mas ele sempre me diz, que o meu testemunho o levou a Cristo, mas creio que as oracoes constantes foi o que nos levou a vitoria.

    • Bianca 4 de dezembro de 2015 at 6:15 #

      Oi nadia, sua historia parece muito bonita. Estou oassando por momentos de angustia pois apos 3 anos de casada descobri q nunca deveria ter me casado com um incrédulo. Nunca fui aconsrlhada nessa parte munha familia gostava do meu marido e diziam q eu nao deveria deixa-lo. Fui enganada pelo inimigo e agora sofro mas esperante que um dia Deus terá piedade de mim e vai convrrter meu marido. Por favor entre em contato comigo e me de conselhos de como você conseguiu alcançar a graça de Deus a ponto dele ter convertido seu marido, pois tudo q eu mais desejo é q ele venha converter o meu rbm

      • Thamires Goncalves 14 de janeiro de 2016 at 19:45 #

        Bianca creia em Deus. Ame ele somente primeiro em todas as coisas. Eu edtou no momento separada pois meu marido foi embora alegando que somos diferentes em tudo. Eu sou cristã. Ele era mas se desviou e fez besteiras… bom eu estou lendo um livro da Erin Thiele muito bon que se chana “como Deus pode e vai restaurar o seu casamento” e la fala sobre as situações dos maridos descrentes. Entre no site ajuda matrimonial e baixe esse livro. Esta me ajudando. E recentemente ele pediu para voltar pra casa. A minha mãe disse pra eu impor que se ele voltar pra ele caminhar comigo para a igreja. Eu disse a ela q nao posso impor.isso e ela disse q tudo o q eu passei pode se repetir. Bom esta na mão de Deus.

        • ana Carolina 6 de julho de 2016 at 8:24 #

          Oi Thamires.
          Se passaram alguns meses, mudou alguma coisa? Me casei quando estava afastada e depois fui pra Deus. Vivo uma angústia e às vezes penso que errei muito em ter casado com alguém que não tem a mesma fé. Isso me corrói, e além de tudo, sofro críticas sabe

    • Dayana Ferreira 16 de dezembro de 2016 at 13:43 #

      Nádia preciso falar com vc.

  7. Angela 9 de janeiro de 2015 at 14:08 #

    a minha situação é a mesma da da Silvia e da Joana darc oque eu devo fazer esta mto complicado!!!!

  8. christiane matos 11 de abril de 2015 at 23:09 #

    Minha situação é complicada, meu esposo era crente tbm, mas conheceu uma mulher no face book se envolveu com ela em três meses ela engravidou, ele saiu de casa e agora que a filha nasceu tá vivendo com ela, temos um filho de 13 anos, um casamento de 14 anos e eu não sei mais se devo orar e lutar por meu casamento. Pois perdi as esperanças desde que ele foi viver com ela.

    • Pastor Haydn Machado 4 de fevereiro de 2016 at 12:35 #

      Amada irmã Christiane, ao ler seu comentário e não vendo resposta, sinto o desejo de responde-la, mesmo após tanto tempo, mas só hoje entrei neste site. Pela sua informação ele a traiu, saiu de casa, está morando com outra, mas, voce deixou entrelinhas que continua casada legalmente com ele, não é? Voce disse ele era crente,o dicionário nos informa que toda pessoa que acredita em alguma coisa ou em alguem é CRENTE; agora a Palavra de Deus deixa bem claro que todo ser que CRÊ EM JESUS CRISTO É CRISTÃO, portanto existe uma diferença enorme em ser crente e cristão.
      Portanto, vou deixar algumas passagens bíblicas para a sra. orar, ler, refletir e deixar o Espirito Santo de Deus agir;
      2 Timóteo 3: 1-5; Mateus 19: 7 e Marcos 10:4.

      A DEUS TODA GLÓRIA!!!!!!!!

  9. Jussara Farias 16 de abril de 2015 at 11:54 #

    Agradeço a Deus por tamanho cuidado por nós mulheres, deixando direções e princípios tão claros de como devemos nos conduzir como esposas, mães, e servas. Infelizmente a grande maioria das mulheres fazem vista grossa para as recomendações do Senhor, e continuam achando que podem ser do jeito que o mundo dita.
    Tenho 39 anos de casamento, e já “casei” várias vezes com o mesmo marido, éramos descrentes, mas a graça salvadora do Senhor nos alcançou e tem nos assistido durante esse tempo. Nos convertemos há 20 anos atrás, e temos nossos altos e baixos na fé, mas de novo a misericórdia e graça do Senhor sempre alí nos exortando e dirigindo. Não desistam de seus maridos, de seus filhos, lutem, lutem,lutem. O Senhor estará sempre conosco, não nos desviemos Dele, leiamos Sua Palavra, e principalmente sejamos obedientes e mais silenciosas. Um grande abraço para todas!

    • elica fernanda da siva 10 de junho de 2015 at 13:27 #

      muito bem irma parabens para a senhora continue sempre assim e ore tambem por mim amem

    • Siméia Hernandes 29 de novembro de 2016 at 13:07 #

      Testemunho maravilhoso irmã. Nos dá esperança quando tudo em nossa volta parece que depõe contra o casamento que Deus planejou.

  10. Cicera Maria de Araújo chaves 23 de maio de 2015 at 13:11 #

    Oi amei este estudo é muito edificante.

  11. vilma dos santos sebastiao 8 de junho de 2015 at 21:34 #

    sou casada a 11 anos casei pela fé pois não conhecia o meu esposo. casei porque deus me falou.Mas ele se entristeceu na fé. E a gora sofro com isso

  12. loraine 22 de julho de 2015 at 23:54 #

    Fui convertida 2 anos, era muito feliz na presença de Deus, mas me afastei meu marido emplicava muito me traiu e acabei me afastando de Deus,mas tbem tive minha parcela de culpa,nos voltamos e ja se vao 5 anos perdido longe de Deus,penso em voltar pra jesus, eu preciso de Deus na minha vida, mas penso nas lutas com meu marido,não quero sofrer outra vez

    • josi 29 de março de 2016 at 15:22 #

      Olá lorraine, mesmo tanto tempo após ter escrito sinto que devo te dar um conselho. Não abandone cristo por causa do seu esposo, claro, não abandone seu esposo por cristo, concilie tudo e não tenha medo das lutas. O inimigo sempre usará aquilo que você mais ama para te atacar e te fazer desistir da cruz.

      O inimigo luta pra você deixar a cruz, sem ela, ele sabe que você negou Jesus, mas o peso da tribulação não dá pra comparar com o peso da glória que o céu vai revelar ( ouça esta musica do anderson freire é otima para refletir)

      Se ele não é cristão ore, mas ore ainda mais, ore por vocês dois, assim deus fortalecerá sua fé e ele com certeza algum dia verá a presença de Deus.

      PS: meu marido também não é cristão, mas através da minha mudança de comportamento e oração constante ele tem melhorado muito.

  13. Tata 27 de dezembro de 2015 at 19:27 #

    Boa noite! Gostaria da ajuda de vocês. Meu marido é descrente e descobri que ele é viciado em pornografia. Não sei mais o que fazer! É muito ruim, acho como uma traição mas o povo do mundo é normal, diz Q todos fazem. Me ajudem!

    • josi 29 de março de 2016 at 15:30 #

      olá tata Graça e paz,

      Sei que já passou muito tempo do seu comentário, mas gostaria de ajudar como posso. Este é um vicio muito complicado, a atualidade traz muitas coisas ruins com a internet. Mas ore pelo seu esposo, faça orações e campanhas por ele na madrugada. Orações na madrugada agradam o coração de Deus.

      E claro ame seu esposo e seja intima dele, ouço vários casos (não que seja seu caso) de famílias destruídas por causa da falta de intimidade entre o casal, o homem e a mulher tem que ter intimidade. Faça surpresas, se vista lindamente para o seu esposo, a bíblia de modo algum condena isto, faça ele se interessar por você cada vez mais. Assim, com sua atitude e orações constantes, o inimigo não encontrará brechas para atacá-lo com este vicio.

  14. juliana do carmo 8 de janeiro de 2016 at 2:13 #

    Me ajudem o meu marido é alcoolatra e ainda usa drogas ele quando esta são não gosta q vou p igreja e quando esta bebado é agressivo e temos tres filhps pequenos e a mais velha nao esta me obedecendo mais vivo uma angustia muitp grande pois na minha casa é só brigas e discussoes todos os dias e a minha vida espiritual esta muito abalada o q faço.

    • tamara 10 de janeiro de 2016 at 20:30 #

      oi juliana, vou orar por você! Deus vai te ajudar a suportar e vai te dar estrategias, seja forte, é dificil, mas lembra que o Senhor sabe sua situação, faça apenas o que puder, o resto entregue tudo em oração pra Deus e deixa Deus agir no tempo dele, faz so a sua perte como mãe, esposa, tentando senpre agir com bondade, relevando, não deixa o inimigo por amargura no seu coração, quando vier a tristeza entrega tudo pra Deus, pede Ele pra te aliviar o coração e te dar forças que Ele vai dar sim. é assim mesmo nossa caminhada na fé quando não é com marido é com outra situação que temos problemas, mas Deus nos quer ali, porque Ele sabe que somos capazes, que com Ele somos capazes e essas situações nos moldam e fazem nos ter mais paciência, que é o que precisamos muito! lembra sempre que Jesus ja venceu e vc vai vencer tambem, que Deus tem um propositoo com tudo 🙂

  15. patricia 6 de fevereiro de 2016 at 8:52 #

    Bom dia, vivo angustiada faz tempo. Sou cristã desde pequena, mas quando jovem me distanciei dos Caminhos do Senhor, casei com uma pessoa nao crente e sei que sofremos as consequências dos nossos atos, voltei oara o Senhor faz tempo. Tenho 2 filhos que criei no Caminho do Senhor, mas agora jovens se desviaram, mas creio que Jesus deixa as 99 ovelhas e vai buscar a ovelha perdida. Esoero no Senhor este milagre.
    Quanto ao texto acima, creio que nao devemos nos separar, por isso estou a 30 anos casada, mas passsando aflições, xingamentos, ameacas, humilhacaocom gritarias, etc, mas quando o texto fala que devemos ser submissas e ao mesmo tempo que o marido que tem que ser o provedor, fica dificil, pois aqui em casa eu que tenho que ser a provedora, ter a responsabilidade de pagar as contas, e aí ele ainda interfere negativamente como se ele que pagasse tudo, ainda diz que eu nao o ajudo.
    Agora ele disse pra eu escolher entre ficar com ele e deixar de ir na igreja, eke quer que eu fale pra nos separarmos. Nao sei que atitude tomar, pois esta insustentável a situacao, eke bebe e fax escândalos.

    Senhor dai-ne sabedoria em como devo proceder.

    • josi 29 de março de 2016 at 15:39 #

      olá patricia , Graça e Paz

      Vou orar por você e com certeza Deus irá te auxiliar. As vezes o inimigo tenta usar quem amamos pra nos deixar tristes e assim perdemos a fé. Mas não desista de Deus e nem do seu casamento. Se a luta está difícil ore, ore muitoooo, mas não pare.

      Se tiver amigas intimas e cristãs casadas, conte seu problema para que elas possam te ajudar em oração, é sempre bom compartilhar e orar juntas assim a situação fica mais fácil de suportar.

      Estamos fazendo isso na igreja e está surtindo um grande efeito, fizemos uma campanha na casa de uma irmã (quando o esposo dela não estava, para não estressa-lo) e ele voltou para a igreja, foi uma benção.

      PS: meu marido estava na igreja e desviou-se , mas vai voltar um dia se deus quiser e eu creio, então entendo o que você passa.

  16. Cintia 25 de fevereiro de 2016 at 12:21 #

    Passo por uma situação difícil retomei um relacionamento e em poucos meses nos casamos, ele passou pelas águas e por 1 ano se manteve na igreja mas com muitas oscilações, apos uma tragedia familiar ele abandonou de vez a fé, bebe bebida alcoólica, usa cocaína e muitas vezes é agressivo verbalmente comigo e com nossos filhos, gasta todo o dinheiro na noite e vive de mentiras.
    Isso tem me afligido muito e tenho ficado fraca na fé, mediante a estas situações.

    • JAQUELINE APARECIDA DUARTE DUARTE 5 de março de 2016 at 10:08 #

      Jaqueline. Oi tbm passo por situaçoes parecidas sou casada ha 2 anos vou para a igreja sozinha com meu filho de 2 anos tbm me sinto triste meu esposo nao se importa de eu ir na igreja ele ateme incentiva porem nao vai comigo ele bebe principalmente em seu trabalho so pensa em jogar bola mais e um bom marido mais essa questao me deixa muito triste sou catolica praticante vou a igreja ele diz que e evangelico mais nunca vai na igreja faz tudo ao contrario disse que somos de religiao diferente mais isso nunca foi problema pra mim servimos o msm Deus mais falo pra ele que ele nem vai na igreja como pode dizer que e cristao

      • josi 29 de março de 2016 at 15:47 #

        olá irmãs em cristo!!

        Eu sei que vocês passam por momentos dificeis, mas a oração na vida da mulher cristã é a chave, muitas vezes ficamos tristes, pois queremos que os nossos maridos voltem pra Deus o mais rápido possivel.

        Mas o que Deus tem falado no meu coração ultimamente (meu marido desviou-se da igreja) é que talvez esta situação sirva para eu mudar e ter mais intimidade com ele, parece estranho, mas a verdade é que a provação nos aproxima de Deus e quando nos aproximamos de Deus perdemos o controle das nossas vidas pois estamos totalmente dependentes dele, porque não conseguimos mudar a situação com as nossas mãos.

        Neste momento é quando ele começa a trabalhar em nossas mentes e em nossos maridos, ele faz o impossível. O meu marido era muito nervoso (não a ponto de me agredir nem nada), mas quando me tornei dependente de Deus e mudei minhas atitudes e passe a orar e entregar mais minha vida a ele, meu marido transformou totalmente agora está mais calmo, as vezes olho pra ele e ele parece outra pessoa, me sinto feliz, e sei que no tempo de Deus ele irá terminar a obra e ele voltará pra igreja.

        Mas a para a salvação do meu casamento luta é minha, assim como é de vocês com seus casamentos, entrem na guerra contra o inimigo ele é o verdadeiro culpado criem estrategias de oração e vocês verão que quando Deus estiver no controle tudo mudará de forma surpreendente e progressiva.

        Espero ter ajudado fiquem na paz.

  17. iara 11 de abril de 2016 at 6:32 #

    Bom dia!!!
    Conheco a Jesus Cristo a 17 anos.Fazia a obra do Senhor solteira era feliz ao ter somente o Senhor sobre minha autoridade ate resolver casar.Orei e pedi confirmação da parte de Deus.Casei e logo engravidei no primeiro mes pois vivia em santidade fazendo a obra de Deus.
    Desde entao ele dizia q buscaria a Deus.
    Aconselho a todas as mulheres solteiras,viuvas e disvorciadas a pensar e julgar muito bem ao resolver casar.Do amar o homem nao e suficiente para conviver juntos dentro de um lar.Ele nao ia para a igreja comigo …alem disso ele criava 2 filhos pois tinha sido abandonado pela esposa.Criei junto com ele 2 filhos do seu relacionamento.Hoje estou a 9 anos casada e infeliz pois me arrependo de ter casado por amor pois o unico amor verdadeiro e o de Jesus Cristo o homem e falho.JJamais coloque seus sonhos em pessoas pois muitas vezrs esses sonhos sao aniauilados.Queria poder conhecer alguem que seja Feliz no seu casamento pois para mim isso virou uma utopia. Como amar e querer acreditar o amor tem q ser cultivado senao morre e peco a Deus q use alguem para me aconselhar.Agora essa conversa de q temos q esperar e para quem nao vive debaixo do mesmo teto com o opressor.Ja vi casos de irmas serem mortas pelos ditos Crentes que no altar se diz de Deus e em caso e Satanas.Ele se batizou nas aguas e os filhos tambem vai para a igreja quando que, e me diz que tenho se ser su missa e pedir .Posso ir para a Igreja pois depois q casei nao posso fa er o q quero.CUIDADO IRMAS O CORAÇÃO E ENGANOSO O DIABO VEM BONITO E BOM DEPOIS TIRA A Mascara.Peco ajuda e oracao pois nao tenho mas vontade de orar para dar certo ralvez nem quera q de tenho muita raiva e magoa dele mesmo orando e indo para a igreja nao consigo perdoa-lo

  18. iara 11 de abril de 2016 at 6:40 #

    Nao nao se agrada do divorcio.Mas sera q Deus se agrada de violencia domestica?de humilhacao, de falta de perdao e amor? Se ele os deu a Graca tenho muitas duvidas sobre o divircio?

    • ela 16 de junho de 2016 at 12:28 #

      claro que nao. obviamente o que se tornou costume consolidado é mandar ficar em qualquer situaçao. Verdade que Deus odeia o divo’rcio, mais…que tipo de divorcio? essa é a pergunta a fazer. com certeza Deus nao quere que a mulher fique com homem be’bedo chegando em casa espancando a fami’lia. até um dia esterminar a todo mundo. no meu pai’s de ori’gem acontece quase diariamente (sou estrangeira, por isso meu teclado nao tem as letras e pontuaçoes portuguesas), ha’ uma mulher assassinada pelo marido quase diariamente. mandar ficar? esperando o estermi’nio? o certo é denunciar e processar o cara. claro que Deus odeia o divo’rcio fu’til. o divo’rcio por razoes corriqueiras. existem tambe’m casos mais se’rios que podem ser consertados, mais è preciso o arrependimento do culpado e o caminho dele em novidade de vida. o caso acima exposto esta’ bem longe de ser futil ou corriqueiro. e no caso de traiçao, se nem Jesus mesmo obriga a ficar, nao tem sentido que os homens mandem ficar. o pastor da igreja do meu pai’s de ori’gem fala que deve-se discernir entre perdoar e reconciliar-se. nao sao sino’nimos (menos de a falta de reconciliaçao dependa de falta de perdao). ha’ casos recupera’veis e casos que nao. exemplo, se o conjuge teve filho de uma relaçao adulterina, nao pode-se obrigar o inocente a lidar com essa situaçao, obrigando-o a viver numa fami’lia assim acrescida (lembramos que o filho nascido de um relacionamento desse nao pode ser abandonado, nao è possi’vel voltar ao lar antecedente esquecendo da criatura, o que por consequencia acarreta a obrigaçao para quem traiu de passar algum tempo com a mae/pai do menino. o conjuge inocente, mesmo perdoando, pode como nao pode querer ser obrigado a lidar com isso). o casamento nao è pura teoria e hipo’teses, mais questao de praticidade. que Deus nos esclareça o caminho, afinal a u’ltima palavra è dEle

  19. Rose 15 de abril de 2016 at 14:05 #

    Minha dificuldade é, meu esposo é crente mas não gosta de estudar a bíblia, nunca pegou pra ler, e não gosta de culto doméstico. Queria muito que ele aprendesse algo para passar para nossos filhos, que ainda não temos, mas já penso nisso. Já falei, chamei pra estudarmos a bíblia juntos mas ele não vem. Só fica jogando no computador. Não sei o que fazer para ele começar gostar das coisas de Deus…

  20. Suzi 6 de maio de 2016 at 21:17 #

    Olha estou buscando hoje aqui Pq não aguento mais ,tenho luta toda semana ……Meu marido é Católico e não aceita minha fé em Cristo desde que me converti há 9 anos .Yemos dois filhos pequenos ,estão adoecendo com problemas emocionais por tanto desajustes desse homem.Ele não me permite ia à igreja ,estudar a Bíblia ……Hoje é um dia de muita luta pra mim ???…..Ele já até me traiu pelo face com ex por intolerância a minha fé e de todos da minha família que tb se converteu ….É muito difícil

  21. Cristina 10 de maio de 2016 at 12:38 #

    Sou cristã a 4 anos minha conversão foi através do meu marido que já era evangélico, mas também estava um pouco afastado
    Nos conhecemos pela net e logo celamos nossa união, confiei plenamente, pois falava como homem temente a Deus, e era tudo que eu sonhava.mas com o passar dos meses descobri que ele era viciado em internete pornografia e pior mim traia com outras mulheres pela net, tentei mim separar dele, mas ele prometeu que ia deixar e eu perdoei. Passou mas um tempo e ele voltou e eu sempre perdoando, ja se passaram 5 anos que estamos juntos e eu sempre orando por ele, e sempre acabo descobrindo que ele continua fazendo a mesma coisa, ja estou cansada e não aguento mais, já vivo amargurada nem sei se amo mais e tivemos uma filha ela ainda é pequena, ele é um bom pai, e um bom marido, fora esse problema, e também prega a palavra de Deus, so que não quero mais viver de aparência, preciso de uma orientação, porque não sei mais o que fazer, sempre oro pela nossa família, mas já estou cansada e triste ….. e minha vida espiritual está sendo afetada por causa disso, devo muito a ele, pois ele já mim ajudou muito e mim deu muita força, ja enfretamos muita coisa juntos, mas eu não aceito esta vida dupla que ele vive, se diz profeta de Deus, e depois vai pra net viver na prostituição, tendo uma esposa, dedicada e fiel em casa. Por favor mim ajudem com uma palavra de orientação.

    • Thamires de Lima Gonçalves 19 de maio de 2016 at 10:34 #

      Cristina, não sei como falar isso, mas eu estive lendo um livro chamado “uma mulher sábia” da Erin Thielli, e lá diz que não devemos procurar ajuda externa para nós ajudarem em nossos casamentos, passei e passo por coisas ruins em meu casamento por ele ser descrente (ele vai a igreja comigo mas ainda tem princípios mundanos).
      Talvez o seu marido precise de ajuda psicológica, nesse vicio pois isso é errado aos olhos de Deus, continue orando pela vida dele, e não se preocupe se ele está vendo ou não pornografia, esse é o ensinamento que aprendi nesse livro. Não se preocupe com o pecado de seu marido, o inimigo não é ele e sim o Diabo, ele faz isso para fazer vc desistir de orar para ele.
      Não faça igual a Pedro que quando Jesus pediu para ele andar sobre as aguas do mar turbulento, Pedro olhou para o mar revolto e o vento, ou seja, desviou o olhar de Jesus para a situação! Não faça mais isso!
      Eu estou vivendo situações com meu marido que voltou para a casa que se eu olhar para o que ele faz (usado pelo inimigo) eu não estaria com ele!
      Mas a salvação é individual, tenha isso em mente.
      Mas ore pela conversão do coração de seu marido, não olhe para o pecado dele, seja paciente e confie em Deus…todas passamos por lutas.
      Veja esse video: https://www.youtube.com/watch?v=FliTlAWr_aI
      A sua fé em Deus é que fará a diferença. Não seja como o apostolo Tiago diz, não tenha uma fé que é igual as ondas do mar, que bate na areia e volta.
      Procure o site ajuda matrimonial, peça a Deus uma pessoa que te ajude em oração. Estou orando por você Cristina.
      Desculpe se falei algo ruim pra vc, mas Deus pôs isso no meu coração para vc.
      Coragem e fé.

  22. Daiane 27 de maio de 2016 at 10:04 #

    Affs tb não sei mais oque fazer .meu marido não é cristão.nao estou mas tendo força para continuar com este casamento ele não me respeita não vi ele assistindo pornografia me senti um lixo um nada porque faz tanto tempo que não temos mas uma vida de casal ele fala que me ama mas eu não sinto mais isso nele eu estou aponto de pedir o divórcio

  23. Crislaine 30 de maio de 2016 at 9:10 #

    Gostei muito do estudo, mais meu caso é muito complicado sou casada com uma pessoa que,acha que tudo tem que ser do jeito dele, ele é muito nervoso, quando eu falo que vou pra igreja ele ja muda o semblante pensa que eu estou traindo.sou cristã no começo ele me apoiava mais agora ele manda eu ficar com a biblia. So fica em casa. Ele se isola de todo mundo. Em sua volta nem na casa dos pais ele nao vai. Oque devo faser?

  24. Dulce 8 de junho de 2016 at 21:33 #

    Sou crista e meu marido não, estou casada a 22 anos, não tenho conflito com meu marido, ele ate gosta que vou na igreja e levo os meus filhos, os dois mais velhos são batizado.
    O meu conflito é com a igreja, sei que eles tem razão, mas para não ter conflito com meu marido eu o acompanho em festas, são poucas ele não é muito de ir em festas, mas agora por exemplo estamos em época de festas juninas, eu falo com ele que é idolatria mas ele fala que não esta indo pelo santo mas para come um lancho e ver os amigos, ele não é de bebe, como ele que que eu e os filhos o acompanhe a igreja não nos aceita, mas continuamos indo mesmo assim, mas mas pregação eles nus humilha, o meu marido não tem devoção a nem um santo, só que sair um pouco ele fala que não vê nada demais nisso.
    Para evitar que ele cria conflito em eu ir para a igreja eu o acompanho, não sei se estou certa se Deus concorda com minha atitude, e não falo nada com ele sobre a atitude dos lideres da igreja.será que estou errada?

    • Ana 27 de junho de 2017 at 14:04 #

      Oh minha querida! Quanto a igreja peca nessa situação. Tb vivo uma situação mto parecida com a de todos. Sou evangélica e vivo a 13 anos amasiada com meu marido. Sim, podem falar que por não serkos casados é apenas meu companheiro. Mas no meu coração não. É meu marido. Enfim, vivemos felizes…Lógico que temos conflitos, mas Deus tem me dado sabedoria. Tenho buscado a Deus. Lido a Palavra. Orado diariamente. Sou batizada e tomo a Santa Ceia. Quando fui falar com o meu pastor ele perguntou qual era a minha posição, eu falei que não queria viver no pecado. E que só não havia casado ainda, pois meu marido só queri casar se fosse na igreja católica. Ele é inflexível quanto a isso. Não o recrimino e entendo, e tenho colocado nas mãos de Deus e sei que Ele irá no tempo Dele agir. O que quero te dizer e que vou a festas com ele, se me oede vou à missa, não participo de nenhum ritual e fico todo o tempo em oração e só para vc ter ideia já até falei de Deus ali para uma senhora. Temos que ser submissas aos nossos maridos e honra-los. Vc pode até desagradar aos corações do homem, mas agrada a Deus. Eu sempre oro a Deus quanfo ele me convida e peço a Deus que se for da bontade Dele que eu vá que Ele traga tranquilidade ao meu coração. Creio que a igreja que frequenta está perdendo uma ótima oportunidade de falar do amor de Deus. Deus é amor. Peça a Deus que te dirwcione e fale com vc:na Palavra, use alguém ou em sonhos. Te dê uma resposta para seua dilemas. Fique na paz!

  25. Aline Cristina 13 de junho de 2016 at 19:10 #

    Quer saber, o grande fato é que a mulher que tem um homem, que a ame acima dele mesmo, ela sim é feliz, o resto dos casamentos que não são assim são todos ruins, homem na maioria do tempo só pensam neles, não tão nem ai se vcs estão sofrendo por eles, vc vai ficar orando 5, 10 ou 15 anos e pode até ser q ele mude, mas e os anos q vc perdeu, e as magoas q ele fez vc passar, no fim das contas vc sempre vai estar errada, pq ele tem q te amar mais do q ele msm.
    Minha vontade é de dar uma de doida isso sim…

  26. ela 16 de junho de 2016 at 13:47 #

    http://tolovehonorandvacuum.com/2015/03/emotionally-destructive-marriages-10-truths
    http://tolovehonorandvacuum.com/2015/03/marriage-advice-no-black-and-white

    links so’ em ingle’s, para quem conheca o idioma acharia bom dar uma lida

  27. régia Simone soares 3 de julho de 2016 at 14:37 #

    Eu não sou casada .moro com companheiro …voltei para igreja ele não quer …e isto Est me causando muitos problemas e eu ñ sei o que fazer…preciso de ajuda….

  28. Erica S 8 de julho de 2016 at 22:33 #

    Oi me chamo Erica tenho 20 anos nasci no berço evangélico, sou casada com um DQ
    são 22:21 en uma sexta feira.
    Eu me cazei a 1 ano . Não sabia que ele usava droga me disse que era cristão ia as vezes numa igreja de outro ministério . Eu me encantei com ele e estamos a 3 anos juntos. Mais depois do casamento ele teve comportamentos estranho começou a mentir pra mim sumir sem dar satisfação achei que fosse apenas bebida mais não era o que eu nunca esperava
    aí foi que começou meu desespero sinto afrisao toda vez que sai nos finais de semana e não volta
    quando chega Vinge que nada aconteceu e pedi desculpas e depois faz de novo.
    eu vivo sozinha só somos nós dois com tudo isso me afastei da igreja meu trabalho tomou meu tempo a vaidade só almentou por causa dele
    Agora eu só sei chorar e vivo infeliz. Eu sei que estou pagando por ter me afastado de Deus mais isso é demais pra mim ….

  29. Vilma Afonso Miranda 11 de setembro de 2016 at 23:38 #

    Boa noite, tenho 64 anos, 44 casada com um homem que nunca me respeitou, nunca me amou, adultera com mulheres que até conheço. Jesus me resgatou daí comecei a orar por meu casamento durante 23 anos, fui sábia, dedicada, fiel, e etc…Sempre tive cuidado para ganha- lo pra Jesus sem palavras. A família dele quase toda se converteu, mas ele realmente não mudou, continuou adulterando, com uma mulher ele ficou o tempo que eu tenho de crente, agora ele está com uma amante há 6 anos. Pronto, não quero continuar minha vida nesse tormento, acredito que não é esse tipo de vida que Deus reserva pra mim. Estamos separados de corpos fazem + ou- 2 anos, ele insiste em continuar em casa, diante de Deus eu posso pedir o divórcio e diante da lei estou coberta.Não quero casar novamente, só não quero esse jugo pra mim, fiz um voto a Deus, dedicar minha vida exclusivamente as coisas de Deus. Estou em pecado? Não quero mais orar por esse casamento que nunca existiu de verdade.

  30. Prissila 22 de setembro de 2016 at 22:22 #

    Me separei do meu esposo por que ele bebe muito e fica agressivo..mais eu o amo… estou orando por ele sera que ele vai ser tranformado e voltaremos a viver juntos em cristo jesus… obs.. ele nao eh convrtido

  31. Sidinha 6 de outubro de 2016 at 22:07 #

    Oi boa noite, sou cristã, casada e sabado faco 6 anos de casamento e hj as vésperas o meu esposo está em algum bar bebendo, eu me converti através dele, ele está afastado, quando o conheci eu era de centro e pela misericórdia Deus me salvou, eu voltei pra Jesus tem 10 meses, e tenho buscado pelo meu esposo pra q ele se converta, eu estou passando por um momento que as vezes nao consigo nem orar sa be, pq a muito tempo eu ja vou a igreja so, é triste vermos as famílias la é vc sempre com seus filhos ou sozinha, por mais q eu esteja assim eu creio na conversão do meu esposo sabe, porém é difícil a luta é grande, não quero e em nome de Jesus não vou desistir, já pensei muitas vezes em desistir, Deus conhece meu coração e tenho muitas coisas pra mudar ainda eu sei disso, tenho q orar mais jejuar mais buscar mais a presença de Deus, não conseguiremos ganhar nenhuma batalha sem lutar somos as colunas espirituais de nossas famílias nano podemos desistir é horrível esperar mais é necessário então que o Senhor nos dê força pra aguentar tudo, que sejamos sabia que sejamos mulheres de Deus e que nunca venhamos desistir primeiramente de Cristo!!! Deus é poderoso e o impossível pra nós é Possível pra Deus, ele sabe de todas as coisas, por mais triste q eu esteja hj, não irei desistir um dia vai um dia Deus faz, muitas vezes nao estamos vendo nada, mas espiritualmente Deus ta trabalhando a nosso favor, Deus vai fazer o melhor na vida de cada uma eu creio, que eu e vcs venhamos buscar cada dia mais ao Senhor pq as vezes Deus ainda não fez por culpa nossa, pq não colocamos literalmente o Senhor no caminho das nossas vidas, Deus não quer cuidar de nos pela metade, ele quer estar literalmente no centro de nossas vidas!!! Que ele seja o primeiro e único na direção da nossa vida!!! Amém! Orem mulheres e não desistam das suas famílias!!!!!

  32. patricia jesus da luz 14 de novembro de 2016 at 18:10 #

    Meu marido e eu,já namoramos a 15 anos;e moramos juntos a 3 anos e temos uma filhinha, q tem exatamente a idade do tempo que moramos juntos;enfim, pois viemos morar juntosozinho depois do nascimento dela;e eu depois de tudo isto;me converti:só q ainda não me batizei;pq em minha congregação,tenho que ser casada para isto;mas meu marido,não fala de casamento e nunca falou;ele diz que pretendo fazer uma união estável comigo;e então,como me batizar?,devo procurar uma igreja que não tem este tipo de doutrina?

  33. patricia jesus da luz 14 de novembro de 2016 at 18:15 #

    Como fazer para me batizar sendo que vivo com meu marido;-porém,samos amigados;ele não fala de casamento. Devo procurar outra congregação q possa me batizar?

    • etianni de Lima 27 de março de 2017 at 16:19 #

      OLA, PATRICIA NA VERDADE.. vc teria que se casar minha amiga, viver apenas juntos, sem casamento é fornicação !!! não adianta você querer procurar uma igreja que não tenha essa doutrina primeiro se ela não tiver essa doutrina ela já é uma igreja errada na bíblia fala quando você aceita a jesus você tem que se batizar, para tomar ceia e participar do ministério.. mesmo você fzendo esse papel estável com seu marido, e entrar em uma igreja que apenas aceite esse documento ,está pecando igual irmã, porque aos olhos do senhor você está em fornicação …eu já sou Batizada me batizei na minha adolescência, depois uns anos me afstei de Deus e conheci meu marido =( só que estou amigada apenas,estou orando para Deus me confirmar se é ele mesmo o homem de Deus para mim ,pois estamos juntos a 7 anos e ele não quer saber de Deus nada… é triste você ver, as pessoas no ministério, tomando ceia e você não poder participar ore amada Busque jejue para que Deus faça a obra na vida de seu marido e que vocês venham a casar …. Não desista Ore !!! persevere !!!

  34. SUEDNA NUNES DE OLIVEIRA FREITAS 6 de dezembro de 2016 at 17:26 #

    Boa noite tenho sofrido muito com traição…meu esposo se envolveu com uma mulher q se dizia minha amiga..ela dizia ter um namorado casado e contava histórias e fui dando corda até ver onde ia as histórias era todas do meu esposo …perdi a confiança nele vivemos brigando estamos sobre carregados….temho orado jejuando ah algum tempo pra o senhor ter misericórdia não queria desistir dele mas minhas forças estão se acabando. Só o senhor para me ajudar.

  35. luciene dos reis silva 13 de dezembro de 2016 at 10:35 #

    E incrivel como as mulheres, não se ponha em primeiro lugar. seguindo mandamentos de homens, são aconselhadas a ora o que não vai adiantar em nada, so te manter na situação. e incrivel o tanto de norma pra mulher,. e muitas acha normal, ser ser submisa em tudo,obedecer, ou seja se anular para o outro,pois submissão nao e sobre a mesma missão. submissão e obedecer acatar as ordens de alguém, como se ele fosse seu patrão, ele da sempre a aultima palavra, eles colocam a mulher em sugundo plano, e muitas aceitam o plano deles, deram certinho lamentavel.

  36. Rosangela Gomes 17 de dezembro de 2016 at 22:50 #

    Oi tou em dúvida aqui vc aconselha coisa que eu queria que fosse particular.

  37. He 26 de dezembro de 2016 at 20:28 #

    Olá, meu nome é Hellen,tenho 21 anos e me casei aos 19.
    Preciso de uma ajuda.
    Com disse sou casada.
    Eu e ele namoramos durnate 7 meses e depois decidimos casar.
    Dirante o namoro ele se mostrava alguém de temor, obediencia, submissao e amor a Deus.
    Mas depois do casamento tudo isso mudou, ele mostrou quem ele realmente era.
    Um não cristão.
    Não sei se ele se fez crente para estar comigo, pq sabia que eu era.
    Hoje por causa dessa reviravolta de personalidade eu me sinto triste e enganada.
    Preciso saber como lidar com a situação.
    Me ajude por favor. Agradeço, a paz do Senhor.

  38. heloisa 12 de janeiro de 2017 at 23:23 #

    sou evangelica meu marido nao e credente e bestemia tanto, no dia 04 de Janeiro foi o nosso aniversario de matrimonio 21 anos de casada meu marido me disse hoje quero minha liberdade , e foi embora de casa sem maiores esplicacoes tenho 3 filhos de 18 17 13 anos que estao em estado de chock tanto eles quanto eu o que eu devo fazer? de vez em quando vem na minha casa faz ginastica e vai embora, eu estou sofrendo muito estou desesperada falo pra ele voltar que amamos muito ele mas parece que tenho um muro na frente ele diz tenta me odiar por favor porque estou muito bem sozinho nao me interessa nada por favor nao quero familia quero ficar sozinho me perdoe mas parece ate macumba parece uma outra pessoa sem sentimentos estou desesperada por favor me ajude eu perdi o chao

    • Thaís 20 de janeiro de 2017 at 9:53 #

      A paz do Senhor Heloísa!

      Minha irmã macumba não funciona em crente que está com Deus, o inimigo é sujo e nossa carne é má, com certeza foi algum laço, tenho pouca idade mas lhe dou um conselho: ore, confie e espere em Deus !!! Parece difícil esperar, mas o nosso Deus nunca perdeu nenhuma batalha, principalmente contra satanás. Minha irmã, chame irmãs e guerreiras de oração para pelejarem ao seu lado. Recomendo que você assista o filme “O quarto de guerra”, tem dublado completo na internet, e você não precisa pagar nada para ver. Esse filme te dará dicas, tem o livro também, esse filme transmite grandes valores e princípios que devemos seguir quando nos vemos em aflição seja em qual área de nossas vidas for. Um abraço, estarei orando por você e sua família, e pedirei as irmãs que estejam orando pelo seu casamento.

      Deus a abençoe,

  39. ana 17 de janeiro de 2017 at 15:31 #

    É muito difícil quando partilhamos de uma fé e nossos maridos… parece que eles não partilham de nada, estão ali para nos afrontar, nos fazer desistir.
    Tenho observado que o casamento deixa de ser casamento e virá um ringue. A mulher cheia da palavra que tenta fazer o marido virar crente… falo pq foi assim comigo. Já são 6 anos de luta… acho que na verdade 6 anos de aprendizado… Quando você esta sensível a voz do Espirito Santo, ele mesmo te conduz, te diz o que fazer, quando vc errou… O tenho visto é que Deus tem forjado meu carater através de tudo que venho passando. O que eu posso dizer a vocês… Seja SUBMISSAS, e sejam SABIAS… Haverá o tempo certo de falar e o tempo de calar… bjs

  40. Helena 18 de janeiro de 2017 at 12:12 #

    Meu marido e católico e eu sou evangélica mas ele não deixa eu ir pra igreja e nem ouvir música gospel me sinto tristo por isso bRiga por tudo em casa e diz que a culpa é minha pq não sigo ele

  41. ALINE 19 de janeiro de 2017 at 14:21 #

    Sou evangélica e meu marido católico, ele tem muitos amigos descrentes, e sempre o chamam para ir em barzinhos e em outros lugares que não agradam a Deus, o que fazer nessas situações? Deixo ele ir sozinho ou vou com ele, proibir não vai adiantar, pq ele fará do jeito que ele acha que tem que fazer..infelizmente 🙁
    É uma situação difícil, estou pedindo para Deus salvá-lo, porém é tudo no tempo de DEUS, eu creio que ele irá ser salvo.
    Me ajudem!
    Obrigada.

    • etianni de Lima 27 de março de 2017 at 16:31 #

      aline mostre que você é uma mulher De Deus !!!! se ele sair para uma balada algo assim não va junto (lembre-se servo de deus não se mistura no mundo !!!! , não é fácil aline , vai p/ joelho peça a Deus o quanto vc quer servi-lo e o quanto teme em buscar a Deus.. peça ao senhor para mostrar se ele é realmente o homem de Deus de verdade p/ vc porque se ele for Deus vai muda-lo.. mude suas atitudes como cristã não grite Não perca a paciência seja mansa calma, não vai ser fácil o inimigo vai lutar aline… eu estou lutando assim muitas lagrimas virão´, Deus vai fazer um reboliço se vc se entregar de corpo e alma para o senhor só que tem uma coisa… se ele não for de Deus para vc, mascaras cairão…. as vezes pode ser um baque ,vc não vai entender ainda mais se o ama mas apenas la na frente você vai entender o que Deus fez ..entregue a Deus amiga ore, jejue ,clame ao senhor !!!!! busque a Deus só ele pode te dar resposta !! a paz

  42. maria 12 de fevereiro de 2017 at 20:48 #

    O que fazer quando a mulher é 100% honesta correta trabalhadeira se cuida e o marido fica o tempo todo desmerecendo _a?

  43. Meire 16 de fevereiro de 2017 at 9:00 #

    Hoje, ao entrar em desespero por causa do meu casamento, procurei algum consolo na Internet, e pra honra e Glória de Deus encontrei este site… vi o um relacionamento há 11 anos, tenho um marido autoritário, materialista, grosseiro e por último resolveu sair com mulheres sem compromisso. Parece que a ficha caiu e está quieto em casa, com certeza por causa da minha busca constante em Deus. Tenho cobrado afeto, carinho.. o que fazer?

  44. MEIRE 16 de fevereiro de 2017 at 10:11 #

    Continuando… Apesar de tudo, parece que ele espera que apenas eu tenho que reconstruir nossa historia, e se irrita porque tenho ficado sem fazer muito esforço esperando uma atitude dele, mas vejo que não estou tendo sucesso e isso só está piorando a relação, inclusive diz que vai sair de casa porque não sou uma mulher sábia… sinceramente nao sei como me comportar como uma mulher sábia neste caso.

    • Clis 18 de fevereiro de 2017 at 9:58 #

      Olá. Peça a Deus para ter da sabedoria e direcionamento antes de tomar qualquer atitude. A mudança primeiro tem que vir de nós, e parece que você está buscando essa mudança. Então eu te aconselho a orar a Deus para que te mostre alguém de confiança para se orar e se aconselhar. Não tome decisões precipitadas, coloque nas mãos de Deus. Espere e Confia. Deus sempre faz o melhor para nós. E enquanto isso vai fazendo o seu melhor, independente de qualquer situação. Faça sempre o seu melhor. Abraços… Fique na paz do Senhor…

  45. Kellen 1 de março de 2017 at 15:04 #

    Olá Amandas, me chamo Kellen tenho 20 anos e me case com 17.
    Estou passando por uma situação complicada como todas aqui estão, nasci em lar evangélico e quando comecei a querer namorar, meu pai se enfureceu e saiu me difamando para as pessoas da igreja, com isso me afastei e casei com o rapaz que eu namorava na época. No inicio quando ele bebia me agredia, já me arremessou contra a parede e me deu uma mordida no queixo, e já puxou meus cabelos na rua enfim na época eu só não me separei pois não tinha pra onde ir e por ser de menor piorou ainda mais a situação, eu propôs pra ele que só iria ficar com ele se ele parasse de beber e fosse pra igreja, ele se mostrou arrependido e me prometeu. Já faz 2 anos e meio que essa promessa foi feita e ele nunca cumpriu, pouco tempo depois disso tudo, voltou a beber e se foi 6 vezes pra igreja foi muito. Final do ano passado decidi me reconciliar, e firmar com Deus, mas ele vem me chateando demais, praticamente eu que sustento a casa, e pago as contas dele, o salario dele não da pra nada, e ela acha que esta ótimo, moramos de aluguel, e pra ele ta bom, não pensa em ter sua própria casa e nem junta dinheiro pra isso, todos os planos que faz é mexer na moto, trocar isso ou aquilo, ele pode não ter nada dentro de casa, mas se estiver com a moto arrumada e limpa já esta perfeito. Eu to cansada demais, já nem sei se amo, ou se amei ele algum dia, eu recebi uma proposta de trabalho melhor no meu serviço, mas pra isso precisava da ajuda dele, ele nem se despôs, e por pouco eu perco a oportunidade. Resumindo a historia, eu que faço o papel de homem e casa, pagando as coisas e não deixando nada faltar, e ele trabalha e cuida de sua moto, não tenho filhos, porque não tenho onde morar e muito menos condições, a minha única vontade nesse momento é que ele vá embora, e me deixe em paz, pois nem seu papel de marido ele cumpre, eu consigo me sustentar e viver sozinha muito bem. Só estou desabafando mesmo, pois sei muito bem que a saída é oração e campanha, nunca imaginei que existisse esse tipo de homem que não é homem em nada, enfim, to muito triste 🙁

  46. LUCIANA MEDEIROS 4 de março de 2017 at 9:56 #

    A paz do senhor a todas, estou casada a 13 anos com um homem que se diz crente (pastor) ele nunca foi convertido, já perdoei várias traição inclusive uma delas gerou um filho(fruto desse adultério) obs: ele era pastor da igreja e a mulhere era membro da mesma… após isso ainda estou com, ele passou por uma cadeia por 4 anos por outros crimes que avisa cometido antes de “vivar crente”que eu não sabia o real motivo, ele sempre mentiu pra mim, enfim… após todas essas traições; mentiras; brigas e ainda 4 anos de cadeia e muito mais coisas….eu permaneci com
    ele (inacreditável) acreditando em sua conversão… hoje ele continua na igreja ( só não está exercendo a função de pastor) em partes…continua a ser um mentiroso, cheios de vícios e uma vida totalmente de engano, como sempre foi e etc etc…. não sei mas o que fazer como fazer, é tão difícil pra mim que as vezes acho que Deus não me ouve mais,,,, por favor alguém aí, me diga algo de Deus que me faça renovar minhas forças, pois preciso prosseguir por mim e pelo meu filho, em nome de Jesus me ajudem…

    • etianni de Lima 27 de março de 2017 at 16:48 #

      a paz Luciana..Bom o que Dizer todas aqui com os mesmos problemas !!!!! irmã.. não sei como é sua vida ,mas como vc disse ele mentiu para vc a vida inteira, traições tudo !!! irmã se entregue para Deus de verdade não lamente mais para ninguém irmã, vai p/ joelho na madrugada, jejue ore !! se a irmã aturou tudo isso a vida toda é porque o ama ainda, e é serva de Deus !!! lu Deus conhece cada coração ele sabe o que se passa ,tudo na nossa vida é consequência de nossos atos não estou aqui para julgar capaz, mas irmã se realmente a irmã ve que Deus vai fazer algo pela sua vida e sua família não sei se vc tem filhos !!! está na hora de entrar numa guerra contra o Diabo irmã, se coloca de joelhos la, ora,clama,Busca irma a primeira coisa que Deus vai fazer é desmascarar ele, porque Deus odeia a hipocrisia do homem que se diz crente !!!! ou ele se converte ou Deus bota um fim nisso…. çembre se de ana irmã ela orou mais de 20 anos por um filho irmã.. se espelhe nela …. ore, e Não Deus não esqueceu de você irmã, nos esquecemos de Deus muitas vezes quando a luta vem comecamos a murumurar contar se lamentar para os outros dizendo Deus nos esqueceu.. mas ele não esquece os teus !!!! seja sabia lu.. o satanás veio para matar roubar e destruir e e isso que ele quer ver as famílias destruídas ,vencidas pelo cansaço…. Deus vai fazer uma Obra ai irmã.. mas VOCÊ PRECISA PERSEVERAR EM ORAÇÃO ADORAÇÃO JEJUM E CLAMOR !!!! SE DESISTIR DE ORAR VAI SER PÍOR !! LEMBRE SE SEMPRE QUANTO MAIOS A LUTA MAIOR SERA A VITÓRIA !!!! para sermos usadas pelo senhor precisamos passar no deserto ,eu não sei o que Deus para vc, para cada um ele tem um propósito ,irmã mas se ele não é De Deus o senhor vai tirar ,vc sabe disso…….. Deus não quer o servo dele perecendo na mão do inimigo !!!!lute mais um pouquinho irmã, se não consegue de pé se ajoelhe se não consegue de joelhos se arraste, mas MARCHE !!!!! MARCHE.. a paz do senhor Deus abençoe…

  47. Léia 19 de março de 2017 at 20:55 #

    Oi
    Nasci em berço católico e namorei meu esposo por 2 anos, quando o conheci era envolvido com misticismo,daí assumi ele como uma missão pra eu para converte-lo.
    Casamos a 12 anos atrás desde então minha luta é constante.

  48. Léia 19 de março de 2017 at 20:56 #

    Ate que ele tentou fazendo encontro de casais,indo as mudas aos domingos, mas segundo ele nunca sentiu Deis, diz pra mim que isso é teatro e que nunca sentiu a presença de Deus

  49. Léia 19 de março de 2017 at 20:57 #

    Hoje temos 2 filhos e tenho muito medo delês seguirem o mesmo caminho
    Hoje ele não acredita em mais nada nem em misticismo
    Vou a igreja e sempre oro por ele mas vivo angustiada

  50. RVM 20 de março de 2017 at 22:51 #

    Alguem pode me ajudar, depois de 14 anos de casada após passar por alguns altos e baixo na vida pois não conseguia me firmar com Deus, tomei a decisão de seguir os caminhos de Deus e me converti.antes já estava passando por algumas dificuldades em meu casamento, mas depois que me converti meu esposo arrumou uma amante . ele estava fora de casa mas estavamos restauranto nosso casamento quando tomei esta decisão . e hj ele me ajuda muito mas fica usando situações e a amante para testar minhas atitudes para ver como reajo e diz que não volta por que eu preciso mudar e que eu não mudo, faco o que posso para agradar mas ele as vezes parece não enxergar . procuro me manter firme ate pq hj sou educadora biblica .Sei que há um mal nos meus caminhos pois nosso casamento sempre foi muito invejado eu to na luta mas as vezes parece diificil suportar . sos.

  51. Carolina 21 de março de 2017 at 11:00 #

    Meu marido é nascido e criado dentro evangelho de Jesus Igreja Evangélica certo eu quando conheci era católica hoje em dia sou evangélica Meu casamento é um mar e brigas sou muito ciumenta e ele sabe e eu não sei mas parece que ele fica fazendo certas coisas de propósito finjo que não vê já tem dois meses que eu tô fazendo isso fingindo não ligar dói porque eu amo e eu não sei se é só coisa da minha cabeça ou se é realmente ele de propósito eu resolvi não ligar mais fingir não ligar enfim dói mas tô tentando eu não tenho amigos não converso muito com ninguém é na igreja tem alguns conhecidos sim mas não sou de ficar falando da minha vida para ninguém mas toda vez que alguém vem me orar sempre tem uma pessoa que vem falar comigo falar da minha angústia que eu tô triste que eu tô desanimado e realmente eu não preciso nem falar que Deus sabe mas enfim meu marido diz que ele não precisa tá na igreja se ele tem Deus no coração mas mesmo antes da igreja católica como na igreja evangélica as duas me ensinaram que nós temos que ir à casa do Senhor e ele não acha que é certo isso Lembrando que ele foi criado na igreja evangélica O que eu faço meu marido bebe xinga muito palavrão é super estressado mas ele é trabalhador ele é atencioso quando ele quer e eu amo muito acho às vezes até errado eu amava tanto porque tudo eu faço por ele literalmente eu sou Submissa Minha mãe não gosta fala que eu tenho que ser dependente e eu fico sem saber exatamente o que fazer tenho uma filha de 4 anos com ele o que eu faço?

  52. Emilia 21 de março de 2017 at 11:38 #

    Boa tarde , estou num momento de muita angustia, eu e meu marido iamos juntos a igreja antes do casamento e depois do casamento , derepente discobri que ele me traiu com uma mulher casada e que a mesma se diz ser crista, as nossas brigas piorarao ate chegou ao ponto de ele sair de casa por varias vezes alugou uma outra e se encontrava la com outras mulheres , as nossas brigas foram piorando dia pois dia e eu sofri muito por isso e estava gravida, o meu esposo ja me mandou pedir desculpas a essa mulher casada por eu ter falado com ela do porque ela andar com meu esposo ele me mandou pedir desculpas porque nao era verdade e eu o fiz e fui descobrir fotografias dela nua no celular dele , e ele ja nao se importava ate a minha frente ele falava com ela , por conta disso o meu casa mento nao anda bem ate hoje , ele diz pra nos nus separarmos mas quer que eu tome iniciativa , vive dizendo as pessoas que ja nao me quer , e que se ele nao mete ou nao se envolve com outras mulheres que tanto lhe desejam e por respeitar as pessoas de fora e nao a mim porque com migo ele nao tem nada a ver, irmas estou passando maus bocados , angustiada mas eu oro todos os dias e toda hora faco jejum e nem com isso , ele nao me respeita , nem em datas especias ele nao se lembra mas lembra de desejar as outras mulheres, e como se eu fosse um elemento neutro na vida dele

  53. Cariette 23 de março de 2017 at 6:44 #

    Vivo ha 21 anos com meu parceiro, não somos casados mas temos filhos, era cristã depois afastei-me, mas quando o conheci estava afastada de Deus, mas hoje estou novamente convertida e tem a cada dia que passa piorando minha situação, ja houve altura que ele saiu de casa por cerca de 2 anos, e desde que voltou nao é a mesma coisa, rompeu algo muito forte que existia entre nós e como se não bastasse ele esta a trabalhar em outra cidade, ele nao é cristão, nao concorda que eu frequente a igreja evangelica, quer que frequente a católica, mas é na evangelica que eu me sinto alimentada, ja não da dinheiro, nao liga para os filhos e sao adolescentes, há cerca de um ano perdi uma gestação de gemeos, depois disto foi o caus, até porque ele nao queria que os bebes nascecem, eu tive uma hemorragia e os perdi, nao quero culpá-lo mas fiquei muito magoada com a situação, ele agora consome alcool, se prostitui, da festas, la na cidade onde ele esta a trabalhar e a viver, apenas fomos para la uma única vez, ele não pernite que eu e os nossos filhos vamos para la, eu amo muito meu marido e quero ele devolta, nao apenas eu mas os nossos filhos, sei que deve existir alguma outra mulher na vida dele que lhe esta arrastar para estes vícios, me ajudem por favor. tenho orado muito por ele para que deus trabalhe em sua vida, sua mente, seu coração para que ele desperte enquanto é cedo, tempo de se arrepender e buscar a Deus.

  54. Rayane 27 de março de 2017 at 0:28 #

    A paz do senhor.
    Eu gostaria de sabre.
    Eu ainda ñ me casei qnto eu aceitei a Jesus eu ja esta junta mas quero me separa isso é pecado? Perante a bíblia e os mandamentos de Deus??

    • Etianni de Lima 28 de março de 2017 at 8:33 #

      Rayane a paz, irmã… primeiro ore para saber se ele é Realmente o homem de Deus para você, olhe tantos testemunhos aqui não queira tomar decisões precipitadas e lamentar no final… sempre em todas as decisões que for tomar coloque a Deus primeiro na frente .. peça ao senhor que seja a vontade dele em sua vida !! e outra perante Deus você ainda é solteira irmã, não é pecado você terminar esse relacionamento as vezes já é até o trabalhar de Deus ele sabe o que a espera la na frente se continuar (o sofrimento )não sei como vive sua vida com seu companheiro, então peça Direção de Deus …se não se sente Bem e enxerga que la na frente ira sofrer não continue amada.,você ainda é livre …também estou passando uma situação assim amada irmã, nasci num berço evangélico na minha adolescência me desviei dos caminhos me casei tive um filho e ele foi embora, 3 meses depois conheci meu companheiro de agora, estou a 7 anos com ele, já… mas apenas amigada a 5 anos voltei para o senhor mas de ali então passo uma luta ele não quer saber de Deus, é um ótimo marido mas não aceita ao senhor !! estou orando sei que colho o que eu plantei ,comecei uma vida toda errada fui rebelde em continuar sabe.. mas creio que o senhor esta com a providencia… irmã ore a Deus, e saia desse poço enquanto a tempo, se o seu coração está mandando…. lembre -se você ainda é solteira perante os mandamentos de Deus, porque estar ” amaziado” é fornicação… você só estará casada de verdade depois do casamento na igreja e o juramento perante Deus.. irmã estou orando também para Deus mudar a minha vida, se Deus voltar agora hoje ou amnha como fica a nossa vida perante ao senhor , e a nossa salvação …. a paz amada..Busque a Direção de Deus !!! forte abraço…

      • Pamela Camargo de Oliveira 4 de maio de 2017 at 14:22 #

        A Paz do Senhor irmã Etianni. Daonde tiramos que casamento para Deus é um contrato (sim, pq judicialmente é um contrato)? Antes de existir cartório no Brasil todos os crentes em Cristo sem o contrato são réus do inferno? O casamento biblico é o “deixará o homem seu pai e sua mãe e unirse-á a sua mulher e serão ambos uma só carne” Gn 2:24 Mc 2:17
        Na época de Jesus não existia cartório, a mulher era tomada por esposa e a carta de divórcio era dada como uma declaração justificando porque o marido repudiava a mulher, podia ser motivos fúteis como: queimar o arroz, não ser virgem, etc, etc. Adão e Eva não foram a cartórios, Rebecca e Isaque também não, Boaz tomou Rute por esposa e somente comunicou aquele povo que a partir daquele dia ela seria sua mulher. Os casamentos dentro da igreja evangélica vão mal porque em primeiro lugar NÃO sabemos o que é casamento bíblico, cremos que Deus “revela” casamento, baseamos casamento na tradição católica onde uma noiva entra de branco e recebe a benção do pastor ou padre, ou na autoridade de um tabelião ou juiz de paz.
        A biblia afirma “o que Deus uniu não separe o homem” Mc 10:9. Neste versículo eu vejo a importÂncia do homem lutar pelo seu casamento, se esforçar para que ele dê certo. Infelizmente eu vejo o desejo de lutar somente da parte das irmãs, os homens são inertes a isso. No seu caso minha amada seu esposo é um bom marido, por causa da tradição evangélica você pensa em se separar. Não abandone seu casamento se a palavra de Deus NÃO te condena.

        Graça e Paz
        Irmã Pamela
        (41) 99814-3895

  55. Eliane wilbert Inacio 22 de abril de 2017 at 18:50 #

    Meu marido se converteu antes que eu, depois de 4 anos de casamento, se entregou totalmente à Jesus, se batizou e o servia. Dois anos depois eu me converti. Mas uns anos depois ele começou a buscar algumas respostas no You Tube, lá no site onde ele escolheu para assistir deu uma versão totalmente destorcida da bíblia, e deixou de acreditar nas palavras de Deus que estão na bíblia, hoje ele busca ouvir através do You tube tudo que é destorcido, e eu continuo firme em Deus, mas sofrendo muito. Ele não deixou de ir à igreja, mas deixou de ser igreja e muitas vezes vai a igreja e fica criticando as pregações. Não sei mais o que fazer, pois estou sofrendo muito.

  56. keterly 11 de maio de 2017 at 13:13 #

    Boa tarde

    falando do assunto fui vê que não é só eu que vivo nessa situação o que nos mulheres de fe temos que fazer é dobrar o joelho e orar perante a Deus pedindo misericórdia para nos administrar o nosso lar e quem tiver filho ensinar no caminho certo que mais tarde não venha se desviar dos caminhos de Deus pai sei que não é fácil mais quando se tem um filho menino eles se espelham muito no pai….Mulheres peçam a Deus que cada dia ensine a lidar leem bastante a bíblia para ter argumento para ensinar o seu marido se tiver alguma duvida pessa para um servo de Deus ou um pastor da sua igreja….hoje vejo que nao consigo ficar sem a palavra de Deus e outra nao ensista para ir a igreja so coloca no caderno de oraçao q um dia ele vai….. falando no dom que Deus da para nos vamos usar ….o meu marido tem um Dom de cantar no louvor mas nada impossivel perante a deus tudo tem a sua hora cedo ou tarde quem sabe eles amolhecem o coraçao….estou orando para todas as mulheres q estao com dificuldade nessa situaçao vamos abraçar a causa e nao vamos desistir

    Deus em primeiro lugar depois o resto Ele provera.

  57. Margaridinha de Jesus 8 de junho de 2017 at 16:39 #

    Queridas irmãs, gostaria de encontrar mais canais de comunicação com mulheres que estão nessa situação de angústia, para nos comunicarmos e dar forças uma a outra. Alguém sabe de instagran, facebook que abordam esposas casadas com descrentes? Vira e mexe também passo por cada situação… Sou cristã e meu esposo espírita. Sim, jugo desigual… Entendo perfeitamente vcs… Ele frequenta a mesma igreja que eu aos domingos, gosta do pastor, da palavra, mas sempre diz que nunca deixará o espiritismos. Fui uma vez numa palestra que teve no grupo espírita que ele frequenta. Orei muito antes de ir, fiquei tão angustiada, me sentindo culpada e com dor de cabeça que nem lembro o que foi dito nessa palestra. Mas por fora eu era só sorrisos para ele achar que eu estava bem e entendendo tudo. Sempre arrumo uma desculpa para não acompanhá-lo. Hora digo que estou muito cansada, ou que preciso estudar, arrumar a casa e outras tantas desculpas. Tenho tanto medo de entristecer o Espirito Santo… Amanhã ele combinou com um casal de amigos de assistir uma palestra num Centro Espírita e depois sair para jantar. Meu Deus, não quero ir… mas se eu disser que não vou será uma tremenda discussão e nossa paz acabará. Já passei por isso tantas vezes… e como é ruim. Gostaria tanto de saber se irei entristecer o espirito santo se eu for só nessa palestra só para agradar meu esposo… Algém me ajuda?!

  58. Angelica 4 de setembro de 2017 at 14:51 #

    A paz!sei que não é nada fácil eu era casada 20 anos me separei e fiquei no mundo por um ano e pouco e me converti com 5 meses de convertida nos voltamos tenho filho de 18 e filha12 so que hj vi que achava ele integro honesto trabalhador mas nos dois bebiam e muito e hj vejo que ele nunca foi isto eu que era e não ele eu que agia tudo E hj tudo que eu o via não existe na verdade me sentia muito pequena e incapaz e na verdade mesmo sendo ele que trabalhava eu que controlava tudo hj nos voltamos e não quer assumidamente os compromisso da casa ele tem carro bom ganha bem e nunca tem um real paramim e as crianças com pouco tempo em quase 2 meses colocou meu nome duas vezes no spc eu conversei com ele e fala que eu estou errada onde ele trabalha da cesta básica e i qual estamos vivendo e nunca tem nada e eu trabalhava antes eu dava dinheiro a ele ganhando muito menos que ele e parecia que ganhava o dobro e hj estou desempregada tenho que ficar pedindo dinheiro para comprar as coisinhas para minha filha e mesmo assim não dar tenho que ficar esperando será possível cada os valores que ele tinha se acabou tudo…só Jesus…😢😢

  59. Islândia 20 de setembro de 2017 at 15:32 #

    Moro com meu marido , não sou casada , pois quando aceitei Jesus morada junto somente e ainda não oficiaizei, ja descobrir várias traições dele, recentemente descobrir que ele andava convidando minha irmã pra sair, como proceder nesses casos?
    Obs. temos uma filha de 3 anos.

  60. liliane 10 de outubro de 2017 at 23:23 #

    socorro. sou longe de perfeita, mas vivo com um homem há 27 anos, que a partir do momento que os filhos cresceram ,começou a me desprezar.
    se ele tivesse cometido adultério, eu certamente me divorciaria. mas nao tenho provas nehuma disso.
    sou professora de escola dominical em uma igreja presbiteriana, e nao consigo mais ficar casada com um homem misógino, manipulador, que o tempo todo me despreza. minha filha me disse para deixá-lo, ele nao vai mudar. prefere estar com a irma o tempo todo, me humilha com pequenas brincadeirinhas, o tempo todo.
    fui traduzir um missionário outro dia, e ele, sem saber de nada, falou exatamente o que estava acontecendo. disse que eu nao deveria largar meu marido, deveria orar por ele, e aguardar com paciencia.
    estou ficando doente. faço terapia há 4 anos só para convencer-me de que nao sou burra. ele citava isto o tempo todo. despreza minha profissão de professora. manipula. o que faço? aguardo no Senhor? ultimamente está difícil até de controlar minha raiva porque ele me despreza totalmente, age como se eu nao existisse. o que faço? se ao menos ele me traísse, eu certamenteo o largaria. nao aguento mais. agradeço ao senhor por tudo por tudo por tudo. mas tenho fixado por demasiado meus olhos nesse casamento e está minando minha alegria de viver. me ajudem

Deixe um comentário