Justiça: unindo a caridade e a defesa de direitos

Série “Viva com Justiça” | Estudo 3

“Não devemos ser simplesmente bandagens para as feridas das vítimas sob a roda da injustiça. Devemos lutar contra a roda em si.”

– Dietrich Bonhoeffer

“A caridade não é nenhuma substituta para a justiça negada.”

– Santo Agostinho

Texto base: Êxodo 3 – Moisés e a Sarça Ardente

 

Perguntas para discussão

  1. Se Moisés fosse chamado para ajudar aqueles que se encontram na escravidão nos dias de hoje, o que será que a igreja acharia da estratégia dele?
  2. Você conhece algum exemplo em que cristãos bem-intencionados estejam tentando combater a injustiça apenas através da caridade? A iniciativa tem libertado pessoas?
  3. Considere a questão da fome. De que formas podemos responder a fome, não apenas doando alimentos, mas também afrouxando as correntes da injustiça?
  4. O que Deus está lhe dizendo, e como você vai responder?

Trabalho em grupo

Em grupo, escolham uma questão específica de justiça (ex.: fome, tráfico de seres humanos, HIV e AIDS). Seguindo o método de “tempestade de ideias”, discutam como as pessoas se envolveriam com a questão escolhida se juntássemos a caridade e a defesa de direitos em nossa busca por justiça.

Em seguida, reflitam sobre como vocês estão envolvidos com uma questão de justiça pela qual vocês tem muito interesse. Conversem sobre qual abordagem vocês tendem a adotar: uma resposta caritativa, uma resposta de defesa de direitos ou uma combinação das duas? Como vocês se sentem desafiados a se envolverem de uma nova maneira com a questão que lhes interessa muito?

Trabalho individual

Pense em uma questão de justiça que a sua comunidade enfrente. Identifique o problema e procure descobrir a sua causa fundamental, fazendo-se a seguinte pergunta: “Por quê?”.

Em seguida, considere como outras pessoas já estão respondendo ao problema. Elas estão tratando os sintomas, as causas ou ambos?

Continue trabalhando em sua expressão criativa.

Oração

Senhor, ajuda-me a enxergar as estruturas e os sistemas que perpetuam a injustiça. Ajuda-me também a ver as necessidades imediatas das pessoas oprimidas, e que eu nunca busque a justiça em detrimento da caridade. Dá-me coragem para exigir que os meus líderes prestem contas pelas decisões que tomam e afetam as pessoas vulneráveis.


PARA SABER MAIS

 

Definições

Socorro: Assistência, geralmente prestada uma só vez ou por pouco tempo, na forma de alimento, vestuário ou dinheiro doado as pessoas em crise. 

Caridade: Um ato ou doação feitos voluntariamente aos que estão passando necessidades, motivados pela compaixão ou amor. 

Justiça Bíblica: A condição e ação necessárias para o estado de plenitude e florescimento devido a toda a criação de Deus. 

Injustiça Estrutural: O pecado que infecta os sistemas que governam a sociedade, tais como políticas econômicas e públicas.


Motoristas de Ambulância ou Construtores de Túnel

Por Ron Sider

Um grupo de cristãos devotos vivia em um pequeno vilarejo ao pé de uma montanha. Uma estrada sinuosa e escorregadia, com curvas fechadas e ladeando abruptos precipícios, desprovidas de cercas de proteção, serpenteava subindo a montanha de um lado e descendo do outro. Acidentes fatais eram frequentes. Profundamente entristecidos ao verem as pessoas feridas sendo retiradas de dentro dos destroços dos carros, os cristãos das três igrejas do vilarejo decidiram agir. Eles juntaram recursos e compraram uma ambulância. Ao longo dos anos, eles salvaram muitas vidas, apesar de que várias vítimas ficaram aleijadas pelo resto da vida.

Certo dia, chegou um visitante a cidade. Perplexo, ele perguntou por que não fecharam a estrada que atravessa a montanha e, em vez dela, construíram um túnel. Inicialmente surpresos, os voluntários da ambulância logo se puseram a explicar que tal solução, embora tecnicamente bastante viável, não era realista e nem mesmo aconselhável. Afinal, a estreita estrada de montanha já estava ali há muito tempo. Além disso, o prefeito da cidade iria se opor fortemente a ideia. Ele era dono de um grande restaurante e posto de gasolina localizado mais ou menos no meio da subida.

O visitante ficou chocado com o fato de aqueles cristãos se importarem mais com os interesses econômicos do prefeito do que com as numerosas vítimas dos acidentes. Um tanto hesitante, ele sugeriu que talvez as igrejas devessem falar com o prefeito. Talvez devessem até eleger outro prefeito, caso ele se mostrasse inflexível e indiferente. Agora os cristãos é que ficaram chocados. Com crescente indignação e convictos de que estavam certos, eles informaram ao jovem radical que a igreja não devia se meter em política. A igreja é chamada a pregar o evangelho e a dar um copo de água fria, disseram eles. Sua missão não consiste em se envolver em questões mundanas, tais como estruturas sociais e políticas.

Perplexo e ressentido, o visitante foi embora. Enquanto saia, uma pergunta martelava a sua mente confusa. É realmente mais espiritual, ele se perguntou, manter em funcionamento as ambulâncias que socorrem as ensanguentadas vítimas de estruturas sociais destrutivas do que tentar transformar as próprias estruturas sociais?


>> Acesse mais recursos aqui e aqui.

>> Para acessar todos os estudos da série, clique aqui.

>>> Estudo bíblico retirado da Sessão Três do livro Viva com Justiça, de Tearfund e Desafio Miqueias. Reproduzido com permissão.

Print Friendly, PDF & Email

Tags: , , ,

Trackbacks/Pingbacks

  1. Justiça e oração: mudando o mundo através da oração | Estudos Bíblicos - 6 de setembro de 2018

    […] >> Confira o estudo 3 – Unindo a caridade e a defesa de direitos. […]

Deixe um comentário