A nossa missão no mundo: Missão Integral

Série “Viva com Justiça” | Estudo 2

“Se ignorarmos o mundo, trairemos a Palavra de Deus, a qual nos envia para servir ao mundo. Se ignorarmos a Palavra de Deus, não teremos nada para oferecer ao mundo.”

– Declaração da Miqueias Global sobre Missão Integral

“O Jesus ressuscitado espera que a sua comunidade de discípulos, que está pregando as Boas Novas entre as nações, também esteja buscando a unidade cristã, compartilhando os seus recursos com as pessoas pobres e necessitadas, engajando-se em iniciativas dispendiosas de pacificação e sentindo fome e sede pela justiça de Deus.”

– Vinoth Ramachandra

Textos base: Mateus 22:34-40 e 28:16-20

Perguntas para discussão

  1. De acordo com a missão integral, qualquer trabalho da igreja que anuncie o Reino de Deus pode ser considerado missão. Você concorda com isso? Que atividades passam a ser “missões”, mas que não costumam ser consideradas como tal?
  2. Podemos cumprir a Grande Comissão sem buscar a justiça? Por quê? Por que não?
  3. Você já se sentiu compelido(a) por alguma pregação ou ensinamento sobre a Grande Comissão a buscar a justiça?
  4. O que Deus está lhe dizendo, e como você vai responder?

Trabalho em grupo

Façam duas colunas em uma folha de papel e escrevam as seguintes palavras na parte superior de cada uma: “Missão Integral” e “Missão Desconectada”. Descrevam as experiências de cada um de vocês com atividades missionárias – ex.: missões organizadas pela igreja, universidade ou escola, viagens missionárias de curta duração, semanas missionárias etc. Escrevam o nome e a experiência missionária de cada um na coluna mais adequada. O seu grupo tem mais experiências em uma categoria do que em outra? Conversem sobre as atividades que foram colocadas na coluna “Missão Desconectada”. Preparem uma lista de como vocês poderiam reformatar aquelas atividades para que sejam mais integrais.

Trabalho Individual

Comece a preparar uma expressão criativa2 do que você compreende por justiça e escolha também uma história, questão ou passagem bíblica que tenha influenciado a sua compreensão do que significa justiça. Pode ser uma poesia, frase, arte visual (pintura, desenho, fotografia), um conto ou qualquer outra coisa que desperte a sua criatividade! Você vai continuar a trabalhar nesta expressão criativa semanalmente, e compartilhá-la com os demais quando estiverem estudando a Sessão 10 (se estiverem à vontade para fazer isto).

Oração

Senhor, faze-me um instrumento do teu Reino. Ajuda-me a ser missional, até mesmo quando for desconfortável. Ajuda-me a desafiar os sistemas econômicos, políticos e sociais do nosso mundo que precisam de redenção. Ajuda-me a proclamar com coragem o evangelho ao meu próximo, esteja ele perto ou distante, e que muitos venham a conhecer-te e seguir-te.


PARA SABER MAIS

 

Definições

Missão Integral: Missão Integral é a igreja expressando e demonstrando a sua fé em Jesus Cristo em todos os aspectos da vida. Missão Integral é o trabalho da igreja no sentido de contribuir para a transformação positiva das pessoas no âmbito físico, espiritual, econômico, psicológico e social.

Igreja: O corpo de discípulos constituído por Jesus para expandir o Reino de Deus na terra através da pregação das Boas Novas e da formação de discípulos.

Reino de Deus: O lugar onde a justiça de Deus reina e onde o shalom é alcançado. Todas as coisas são reparadas. O Reino já está aqui, mas não em sua plenitude. Vemos apenas relances rápidos e provamos uma pequena porção do Reino até a volta de Cristo.


Missão Desconectada Vs. Missão Integral

Por Jason Fileta

Quando eu tinha quatorze anos de idade, fiz uma viagem missionária aos bairros centrais decadentes de Chicago. Devo enfatizar que não foi uma viagem missionária “integral”, mas sim uma viagem missionária “desarticulada”. Fomos pregar o evangelho para comunidades que estavam sofrendo. Cometemos uma série de erros ao longo do caminho: presumimos que as pessoas não conheciam o evangelho, que o Espírito de Deus não estava presente e vivo naqueles lugares e que pregar o evangelho significava simplesmente ganhar almas, convencendo ou fazendo as pessoas sentirem-se culpadas o suficiente para repetir “a oração do arrependimento”. Então, como foi a viagem?

Lembro-me de ter “ganho” algumas almas naquela viagem e de ter ficado orgulhoso por ter sido usado por Deus. Lembro-me do homem desabrigado que tinha cheiro de bebida e que consegui levar as lágrimas, fazendo-o sentir-se culpado pelos seus erros, e que em seguida foi restaurado através das orações fervorosas que fizemos de joelhos na calçada, a um quarteirão de um complexo urbano carente.

Entre todas as coisas boas que me lembro de ter feito, também lembro que senti que estava faltando algo. Não há dúvida de que aquele homem tenha feito a oração, mas ele foi sincero? Ele estava sóbrio? Quando lemos nas escrituras que Jesus perdoava pecados, muitas vezes ele também curava o corpo fisicamente – ele levava plenitude completa para as pessoas, para as famílias e, às vezes, para comunidades inteiras. Eu conseguiria fazer o mesmo em sessenta minutos, em uma esquina? Eu tinha convencido um homem embriagado a repetir uma oração, sem oferecer nenhum tipo de plenitude a fragilidade de seu corpo — sua fome, sua falta de uma moradia financeiramente acessível, seu vício em álcool etc.

Ele ia acordar no dia seguinte no mesmo estado de fragilidade do que no dia em que oramos juntos. Não devia ter acontecido algo mais? Eu tinha apenas quatorze anos, mas sabia que estava faltando alguma coisa.

Infelizmente, só quando li a Bíblia depois de quase cinco anos, percebi que quando proclamamos as Boas Novas sem nenhum tipo de demonstração (a qual requer um relacionamento autentico), não estamos realmente pregando as Boas Novas de Jesus Cristo. Nesse caso, pregamos uma versão modificada, que se parece com as Boas Novas, mas não são elas propriamente ditas.

Notas
1. Leia toda a Declaração da Miqueias Global sobre Missão Integral (pág. 134).
2. Visite livejust.ly/creative para ver alguns exemplos.

>> Acesse mais recursos aqui e aqui.

>> Para acessar todos os estudos da série, clique aqui.

>>> Estudo bíblico retirado da Sessão Dois do livro Viva com Justiça, de Tearfund e Desafio Miqueias. Reproduzido com permissão.

Print Friendly, PDF & Email

Tags: , ,

Trackbacks/Pingbacks

  1. Justiça: unindo a caridade e a defesa de direitos | Estudos Bíblicos - 28 de agosto de 2018

    […] >> Confira o estudo 2 – A nossa missão no mundo. […]

Deixe um comentário