Com pesar recebi a notícia da partida do Pr. Elben César, fundador da Revista Ultimato. A última vez que o vi foi no Centro Evangélico de Missões (CEM), em Viçosa, MG. Tomamos café juntos e demos boas risadas. Gosto de ver a história do outro lado. E é pensando assim que resolvi imaginar como foi a partida do Reve, como era chamado carinhosamente por muita gente.

O Resgaste do Soldado Elben

Ouve-se uma ordem no céu:
– Meu Filho, vá buscar o seu irmão porque ele já mostra sinais de cansaço na batalha.
– Sim, Senhor! Posso ordenar a um grupo de anjos que o busquem agora?
– Não! Quero que você mesmo vá e o traga para mim.
– Sim, Senhor! Farei como ordenas e farei já.
– Miguel, sele meu cavalo branco. Prepare a escolta de honra para cavalgar comigo – disse o Filho.

Em pouco tempo, o barulho do galope se fazia ouvir no céu. Cavalos e cavaleiros prontos para cumprir a missão, provocavam faíscas nas ruas de ouro. Os grandes portões se abriram e a tropa alcançou a imensidão do universo. No comando da missão, Aquele que tem na sua coxa escrito Rei dos Reis e Senhor dos Senhores.

O soldado Elben estava ferido por causa de uma queda há dias. Muitas mensagens feitas em oração chegaram até o Pai, Comandante Supremo, pedindo que ele ficasse por mais um tempo em combate. O Pai resolveu dizer um sonoro não, por achar que estava na hora do soldado Elben entrar no seu merecido descanso. Além do mais, o Pai estava com saudades do seu filho. Ele o queria de volta em casa.

Uma hora da manhã de quinta feira, 6 de outubro de 2016. Chovia uma garoa fina. A cidade do mais Belo Horizonte estava escura e fria. A tropa cercou o hospital onde dormia o guerreiro ferido. O Irmão mais velho desceu da sua montaria e, silenciosamente, se aproximou da cama do soldado Elben. Ele o despertou com um abraço e o pegou no colo. Ainda sem entender muita coisa, o soldado Elben sentiu-se curado de todas as suas dores. Do lado de fora, ele sorriu ao reconhecer o seu irmão. Ambos montaram no mesmo cavalo e começaram a viagem de volta. Na saída, o tropel dos cavalos fez as folhas das árvores agitarem.

Na chegada aos céus, novamente os portões se abriram e a tropa de honra se postou para prestar continência ao soldado Elben. O Pai o recebeu com um longo e carinhoso abraço, enquanto ouviu do Filho:
– Missão dada, missão cumprida!

Agora, o soldado Elben descansa numa casa linda, cheia de livros, blocos e lápis. Ele dedica seu tempo para fazer entrevistas com outros soldados que voltaram antes dele. Nem bem chegou, Elben já está à procura de Paulo. Quer saber mais sobre a queda do cavalo. Seu plano é fundar uma revista. O nome provisório é “INAUGURATO”: a primeira revista no céu.

Do lado de fora da sua nova casa há uma placa: Residência do Soldado Mineiro Com Cara de Matuto.

• Marcelo Gualberto é pastor e diretor nacional da Mocidade Para Cristo (MPC).

Leia também
Convite para o enterro da morte
Hoje eu não celebro sua vida. Lamento sua morte
Minha última conversa com o pr. Elben César
A última declaração

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>