Entrevista com o fundador da primeira editora evangélica Afro-Americana

Tradução: Sara Tironi

Leia abaixo dois trechos da Entrevista. O conteúdo completo dela está disponível aqui.

Por que é importante para pessoas negras verem pessoas que se parecem com elas nos materiais bíblicos?

Quando eu me tornei adulto, toda a literatura da escola bíblica dominical era produzida por pessoas brancas e toda a redação era feita a partir da perspectiva branca. Todos os personagens bíblicos eram retratados como brancos. Comecei a me dar conta de que o material, tal como publicado, não era pertinente. Ele não falava da cultura vivida por afro-americanos e sobre como era seu culto. Isso acendeu meu desejo de produzir um material que fosse mais relevante para o contexto afro-americano.

O centro geográfico das Escrituras estendia-se do norte da África para o extremo sul da Europa; ainda assim, a literatura bíblica naquela época apresentava personagens com características do norte da Europa, de modo que buscamos oferecer representações bíblicas mais precisas.

Quais desafios você enfrentou quando começou a UMI?

Naquela época, Dr. Martin Luther King Jr. estava trabalhando para conquistar direitos civis para afro-americanos. Existia essa atitude de que nós da comunidade negra precisávamos fazer algo para impulsionar esse plano.

Ao mesmo tempo, havia essa noção sendo inculcada de que afro-americanos necessitavam tomar iniciativa, tomar o poder. Essas perspectivas dominaram a América negra durante os anos da década de 1960. A necessidade de igualdade e justiça social por um lado, e a necessidade de controle e poder afrocêntrico por outro. Assim que a UMI começou, enfrentamos a dificuldade de equilibrar essas perspectivas nos materiais que produzíamos.

+ Leia a entrevista completa: http://www.ultimato.com.br/conteudo/melvin-banks-tinha-um-sonho

+ Acesse o site da Urban Ministries Inc.: https://urbanministries.com/

+ Leia também: O Cristianismo não é uma religião branca e ocidental

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>