Satisfeito com sua vocação

domingo
domingo

Irmãos, cada um deve permanecer diante de Deus na condição em que foi chamado. (1 Coríntios 7.24)

Cada um tem uma vocação. Os cristãos servem a Deus quando, de todo o coração, cuidam de suas responsabilidades. Uma autoridade que governa bem serve a Deus, assim como uma mãe que cuida dos seus filhos, um pai que vai para o trabalho e um estudante que estuda diligentemente.

Muitos ignoram esse estilo de vida agradável a Deus porque o consideram muito simples, um insignificante trabalho cotidiano. Então eles procuram outro trabalho que pareça mais difícil e acabam se tornando desobedientes a Deus.

Fazer o que Deus exige é um sinal de sabedoria superior. Deus pede que os cristãos trabalhem duro naquilo em que foram vocacionados, sem se preocuparem com o que os outros estão fazendo. Porém são poucas as pessoas que fazem isso. Refletindo sobre como as pessoas são, um poeta disse certa vez: “O fazendeiro gostaria de ser um comerciante e o comerciante, um fazendeiro”. Como diz o ditado: “a grama do vizinho é sempre mais verde”.

Poucas pessoas estão satisfeitas com suas vidas. Quem está no banco da igreja gostaria de estar no púlpito. O estudante deseja ser o professor. O cidadão quer ser o prefeito. Poucas pessoas estão contentes com suas vocações. Entretanto, a única forma de servir a Deus é vivendo pela fé, se agarrando ao seu chamado e mantendo uma consciência limpa.

>> Retirado de Somente a Fé – Um Ano com Lutero. Editora Ultimato.

Print Friendly, PDF & Email

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário