Desfrutar do que você tem

quinta-feira
quinta-feira

Melhor é contentar-se com o que os olhos veem do que sonhar com o que se deseja. Isso também não faz sentido; é correr atrás do vento. [Eclesiastes 6.9]

DELEITAR-SE com o que você tem atualmente é melhor do que deixar que o seu coração vagueie. Você deve fazer uso do que está na sua frente, em vez de perambular por aí, cheio de desejos. Isto foi o que o cachorro dos escritos de Esopo fez quando perseguiu o reflexo na água, o que fez com que ele perdesse a carne que tinha na boca. Você deve usar o que Deus colocou diante de você e ficar satisfeito com isso. Você não deve tentar satisfazer os seus próprios desejos, porque eles nunca serão totalmente satisfeitos. Em vez disso, você deve usar tudo o que Deus tem colocado diante de você. Tudo isso é muito bom (Gn 1.31).

Pessoas fiéis são contentes com o que têm e consideram tudo como um presente de Deus. Os incrédulos, porém, agem de forma diferente. Tudo o que vêm na sua frente não passa de um estorvo. Eles não usam esses presentes nem os apreciam. Ao contrário, permitem que seus corações andem sempre descontentes. Se eles têm dinheiro, não encontram prazer nem desfrutam dele. Eles sempre querem algo diferente. Se eles têm um cônjuge, querem uma outra pessoa. Se adquirem um reino, não ficam satisfeitos com apenas um. Alexandre, o Grande, por exemplo, queria outro mundo para conquistar.

Devemos fixar nossos olhos no que já temos à nossa frente. Devemos nos agradar com tudo isso. Devemos ter prazer nisso e agradecer a Deus por cada coisa. Deus não quer que os nossos corações vagueiem pensando em outras coisas. Essa passagem nos mostra que devemos fazer uso do que temos no presente. Deixar que nossos corações vagueiem cheios de desejos não faz sentido.

>> Retirado de Somente a Fé – Um Ano com Lutero. Editora Ultimato.

Print Friendly

2 Comentários para “Desfrutar do que você tem”

  1. Daniela Felix agosto, 3 at 8:16 #

    Essa devocional serve para reflertirmos bastante. É muito forte. Gostei! Abraço a toda equipe Ultimato

    • Paulo agosto, 3 at 19:32 #

      Verdade. Bem forte.
      Como diz certa música:”Não há contentamento sem a Graça conhecer”

Deixe um comentário