O objetivo do presente trabalho é abordar alguns aspectos religiosos judaico-cristãos encontrados na obra As Crônicas de Nárnia: O Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupa, do autor inglês Clive Staples Lewis. Para investigar esta intertextualidade bíblica, usaremos as bases teóricas de Alister McGrath, Déborah Silva Stafussi, Raquel Lima Botelho, entre outras. Serão abordados alguns pontos por nós considerados relevantes dentro da obra em questão, a fim de que possamos observar com clareza a influência e mesmo as referências dentro dela ao texto bíblico. Logo, neste trabalho faremos o seguinte percurso: 1) Apresentaremos a obra, objeto de nosso estudo; 2) Investigaremos os seres mitológicos ficcionais presentes na obra. 3) Analisaremos como acontece a narrativa em U, que se dá em três picos: acontecimentos felizes, declínio e desfecho e 4) Observaremos qual a relação de Cristo com Aslam, personagem do livro.

Continue lendo →

Este artigo trata dos conceitos literários de J. R. R. Tolkien de estórias de fadas, fantasia,
subcriação e eucatástrofe. Através do poema Mythopoieia (1930), do ensaio Beowulf: The
Monsters and the Critics (1936) e do ensaio On Fairy-Stories (1939) podemos tecer uma teoria
literária que entende sua fi nalidade como uma expressão religiosa, buscando similitudes com
o pensamento de santo Agostinho, especifi camente nas quatro virtudes cardeais, expressas nos
livros A cidade de Deus (426) e O livre-arbítrio (388), assim como a gloria das nações pagãs e
a presença de virtudes que justifi cassem elementos da verdade em povo pagãos. Assim como
antigas virtudes romanas poderiam ser exemplos para os cristãos, também nos mitos escandinavos,
como Beowulf, poderiam ser encontradas virtudes pertinentes à revelação cristã. Por fi m,
também as estórias de fadas, subcriadas, podem e devem ecoar elementos do Evangelho cristão.
Palavras-chave: Literatura, cristianismo, virtudes.

Continue lendo →

A amizade e diálogo mantidos entre Tolkien e Lewis provam que a interdisciplinaridade, esta palavra da moda nos meios educacionais, acontece antes de tudo entre pessoas que se relacionam em um nível de profundidade e honestidade como Lewis e Tolkien. O diálogo entre eles abriu oportunidades concretas para o combate a diversos preconceitos e articulação de campos fragmentários do conhecimento na modernidade, inclusive contra Terra Média.

Continue lendo →

Um dos maiores escritores cristãos da contemporaneidade fala sobre a atualidade e forma de entender as Crônicas de Nárnia, de C.S. Lewis, em comparação a outro sucesso dos cinemas: J.K. Rowling e a serie Harry Potter.

Continue lendo →