A literatura imaginativa de Cervantes e Monteiro Lobato pode dialogar com as obras de C. S. Lewis? Vamos descobrir   Por Gabriele Greggersen   Recentemente tive o privilégio de lançar dois livros. Um é resultado de uma reivindicação de vários leitores e estudiosos de Lewis, que reclamavam do esgotamento do livro Antropologia Filosófica de C.S. […]

Continue lendo →

Introdução ao De Incarnatione, de Santo Atanásio [ou Sobre Livros Antigos] Por C. S. Lewis Tradução: William C.Cruz Há uma ideia estranha por aí segundo a qual os livros antigos devem ser lidos apenas por profissionais, e o leitor amador deve contentar-se com os livros modernos. Assim, como professor de Literatura Inglesa, tenho constatado que […]

Continue lendo →

“Uma conversa noturna com Tolkien: setembro de 1931″. ALISTER McGRATH O capítulo final de Surpreendido pela alegria fala de forma breve e atormentadora sobre a transição de Lewis do teísmo “puro e simples” para o cristianismo. Lewis se esforça para deixar claro que essa conversão não teve nada a ver com desejo ou anseio… A […]

Continue lendo →