#verbete por Antonia Leonora van der Meer

Missão é a tarefa delegada por Jesus à igreja, que se tornou um grande desafio. O assunto desperta interesse, resistência, adesão apaixonada, compromisso radical. Leva pessoas a servir em lugares difíceis, a se dar em amor.

Missiologia é a parte teórica, mas não uma teoria do gabinete, distante da realidade. A missiologia reflete sobre os desafios, as barreiras que devem ser vencidas, a maneira de se preparar para poder servir bem em outra cultura, como se adaptar e integrar num contexto muito diferente, como lidar com os riscos, como entender e respeitar a religião e cultura dos outros sem negar nosso compromisso sério com Jesus como o único Salvador e Senhor para todos os povos e línguas. Os verdadeiros missiólogos devem ser também missionários para entender bem esse campo. São o que chamamos de “pensadores praticantes”.

Muitos teólogos, igrejas e seminários ainda não descobriram a beleza e a necessidade da missiologia. Mas estão surgindo entre nós pensadores e bons escritores que comunicam esse desafio e essa riqueza de conteúdo, como Ronaldo Lidório, Valdir Steuernagel, Timóteo Carriker, Analzira Nascimento, Jairo de Oliveira e outros. Líderes evangélicos internacionais de destaque como John Stott, Chris Wright, René Padilla e Samuel Escobar são teólogos e missiólogos.

Jovens brasileiros que participaram do Encontro de Líderes Jovens do Movimento de Lausanne, ocorrido em Jacarta (Indonésia) em agosto de 2016, lançaram um site com textos missiológicos ricos do movimento Lausanne. Você pode acessar e conhecer o material no site além de segui-lo e conhecer os textos traduzidos na fanpage do Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>