Blog

hamas

Israel X Hamas

Eu decidi fazer este post  para tentar acrescentar perspectiva sobre mais um  assunto “batata-quente”. Como a minha especialidade não é história ou política internacional, não vou comentar sobre este assunto. Vou me ater a falar da visão de mundo dos dois governos. Visão de mundo é sempre um assunto fundamental porque tem implicações em todas as decisões que tomamos. Seja Israel, ou o Hamas agem de uma maneira ou outra por causa da forma em que a suas respectivas culturas ensinou seus governantes a verem o mundo.

Vamos discutir primeiro o que é um estado? Será que podemos chamar o pseudo Mais >

frase

Nivelados em Nome de Deus?

Li esta frase de meu amigo Ariovaldo e  ela  me incomodou profundamente. Não me interprete mal Ari, gosto de você, mas esta frase não me caiu bem… A frase tem milhares de likes e mais de 1,200 shares no facebook. Pra quem anda pelo face sabe que este é um feito e tanto. Como todas as frases esta daí precisa de contexto, e pode ser que com o contexto apropriado, provido por Ari ela perca a ambiguidade que me incomodou.

A frase: “Avivamento é o nivelamento dos santos pelo retorno à condição de servos.”

Para fins didáticos vou avalia-la aqui isoladamente. Afinal, Mais >

Sexualidadismo e o desenvolvimento de um todo-poderoso homo eroticus

Sim, não errei não. Sexualidadismo ou sexualidadeismo é um novo termo cunhado por um professor de Harvard, e usado agora extensamente na cena de discussão das políticas públicas americanas. O termo define  a cultura do erotismo obrigatório que se acampou no ocidente nos últimos 50-60 anos. Devagar o homo eroticus ocupou o lugar do homo sapiens, ocupou o lugar do homem de família, do homem adorador, do homem que inventa, do homem que trabalha.

 

Quando a cultura centraliza a felicidade humana na sexualidade ela reduz o ser humano a seus genitais. Não sou mais eu, completa, com cérebro com alma, passo Mais >

alvin-plantinga

O Ateísmo É Irracional?

No meio de tanta notícias ruins e de uma espécie de embrutecimento generalizado da mídia, onde tudo o que se lê são clichés, dois artigos recentes foram como água em terra seca. O primeiro foi o artigo da Christianity Today americana que me abriu o mundo da pesquisa interessantíssima de Robert Woodberry a quem mencionei um post anterior. O outro é esta entrevista com o filósofo Alvin Plantinga no New York Times sobre as incongruências do ateísmo.

Muitos de nós cristãos leigos, despidos de ferramentas intelectuais de peso, olhamos para celebridades como Richard Dawkins , o guro do ateísmo “cult” e Mais >