Compulsão é uma doença muito séria

O QUE É COMPULSÃO?

- De acordo com o Vocabulário de Psicanálise (Martins Fontes, 2001)
Clinicamente falando, compulsão é o tipo de conduta que o sujeito é levado a realizar por uma imposição interna. Um pensamento (obsessão), uma ação, uma operação defensiva, mesmo uma sequência complexa de comportamentos, são qualificados de compulsivos quando a sua não realização é sentida como tendo de acarretar um aumento de angústia (p. 86).

- De acordo com o Dicionário de Psicologia da Criança (Verbo, 1979)
A compulsão é uma tendência incoercível para realizar determinado número de atos, sob o efeito de uma coação interna. Esses atos, geralmente absurdos e inúteis, até por vezes ridículos, são efetuados após uma luta do sujeito consigo mesmo e o seu não cumprimento provoca uma angústia crescente (p. 94).

- De acordo com o Dicionário Técnico de Psicologia (Editora Cultrix, 2006)
[Compulsão é] ato ou impulso coercivo e repetido para agir de certas maneiras específicas. Os atos compulsivos são automatismos sobre os quais o indivíduo exerce escasso controle. A pessoa está cônscia de que faz ou do que é compelida a fazer. Reconhece ser um ato irracional, absurdo ou mesmo perigoso mas é incapaz de parar ou de livrar-se do impulso para executá-lo. O desempenho do ato permite ao indivíduo um certo alívio para a sua ansiedade neurótica (p. 66).

- De acordo com o Mini-dicionário de Psicopatologia (Editora Saraiva, 1992)
[Compulsão é] a execução de atos e rituais, a fim de minimizar os efeitos penosos da obsessão. Repetição obrigatória de certo ato, de base inconsciente. Anseio mórbido de realizar, de forma repetitiva, atos aparentemente sem razão de ser. Não se trata de atos volitivos (p. 18).

 

• Leia a matéria de capa da revista Ultimato 352: A Descoberta da Compulsão.

Fotomontagens de Edson Fassoni

Edson Fassoni é um fotógrafo criativo que mistura imagens, cenas e cores usando a técnica da fotomontagem. Mais do que registrar precisamente o real, valem as possibilidades. E, claro, a beleza que nasce delas.

As imagens de Edson Fassoni ilustram os boletins Últimas de novembro.