Hoje, dia 26 de fevereiro, completa-se exatos 5 anos da morte do professor e bispo anglicano Robinson Cavalcanti (1944-2012). É forçoso lembrar mais uma vez sua pena afiada para tempos difíceis e também seu apreço pela igreja.

Para celebrar o legado e a memória do nosso colunista por quase três décadas, Ultimato mantém o Memorial Robinson Cavalcanti e também publica na home do portal o artigo Amar a Cristo e a sua igreja.

Na foto, Paul Freston, Alderi Souza de Matos e Robinson Cavalcanti, com a palavra, na mesa do primeiro dia do Encontro de Amigos, celebrando os 40 anos da revista Ultimato, em 2008.

Gratidão em todo tempo

Neste mês de fevereiro o Portal Ultimato está desenvolvendo a campanha editorial “Em tudo dai graças” (1 Ts. 5.18), lembrando aos nossos leitores a importância do exercício da gratidão. Que tal levar o assunto para sua igreja? Pensando nisso compartilhamos uma liturgia para um culto de gratidão, preparada pela Igreja Presbiteriana Chácara Primavera. O modelo de liturgia traz preciosas sugestões de músicas, vídeos e leituras, todas relacionadas ao tema gratidão. Confira:

– Pré-Culto : Vídeo Give Thanks

– Saudação 

– Música: É Teu Povo – Elias Loureiro 

– Texto: Salmo 95.1-3, Salmo 18:31,2, Rm 11:33-36

Venham! Cantemos ao Senhor com alegria! Aclamemos a Rocha da nossa salvação.
Vamos à presença dele com ações de graças; vamos aclamá-lo com cânticos de louvor.
Pois o Senhor é o grande Deus, o grande Rei acima de todos os deuses.

Pois quem é Deus além do Senhor? E quem é rocha senão o nosso Deus?
O Senhor é a minha rocha, a minha fortaleza e o meu libertador;
O meu Deus é o meu rochedo, em quem me refugio.
Ele é o meu escudo e o poder que me salva, a minha torre alta.

Ó profundidade da riqueza da sabedoria e do conhecimento de Deus!
Quão insondáveis são os seus juízos, e inescrutáveis os seus caminhos!
“Quem conheceu a mente do Senhor? Ou quem foi seu conselheiro? ”
“Quem primeiro lhe deu, para que ele o recompense?”
Pois dele, por ele e para ele são todas as coisas. A ele seja a glória para sempre! Amém.

– Música: É de Coração – Geoff More e Steven Chapman – Versão: Gerson Borges

– Música: Até aqui – Paulo Nazareth

– Oração de Gratidão

Louvor a Deus por seus atributos.

– Texto: Salmos 50:23

“Quem me oferece sua gratidão como sacrifício honra-me, e eu mostrarei a salvação de Deus ao que anda nos meus caminhos.” Salmos 50:23 NVI
– Vídeo: Give thanks

– Solo: Meu Tributo – André Crouch

– Mensagem/Devocional

– Oração de Gratidão

Agradecimento a Deus pelo o que Ele fez, tem feito e pelas promessas que Ele fielmente cumprirá.

– Música: Eu Te Louvarei (Matt Redman). Versão: Sonia Agreste e Zelinda Consuelo

– Bênção

*****

Nota: Clique aqui e baixe em PDF o arquivo da liturgia do Culto de Gratidão.

Pelo terceiro ano consecutivo, a perseguição de cristãos ao redor do mundo atingiu um novo recorde. Aproximadamente 215 milhões de cristãos sofrem perseguição alta, muito alta ou extrema. Confira no infográfico abaixo com dados da Lista Mundial da Perseguição 2017, publicada pela organização Portas Abertas, em 11 de janeiro. Leia também a análise de Jeremy Weber, editor sênior de notícias de Christianity Today, sobre o que ele considerou como “o pior ano até hoje”.

 

Procurai a paz da cidade… e orai por ela ao SENHOR; porque na sua paz vós tereis paz. (Jeremias 29.7)

Hoje, 8 em cada 10 brasileiros vivem em cidades. A concentração de pessoas em centros urbanos nas últimas décadas, tornaram as palavras de Jeremias tão atuais quanto as manifestações de rua das últimas semanas.

A capa da edição 364 da revista Ultimato, a primeira de 2017, é um olhar sobre a cidade. Mais especificamente, um olhar de lamento do profeta Ezequiel. Trata-se de um cântico triste sobre uma cidade em situação de calamidade causada pelo pecado. Aliás, quem mais canta cânticos fúnebres na história do Antigo Testamento, por ordem expressa de Deus, é Ezequiel.

Para o autor da matéria, é tempo de reaprender a chorar. E não faltam motivos. Lamentos bíblicos e lamentos atuais sobre a nossa realidade podem nos ajudar a pedir a misericórdia de Deus e enxergar esperança.

Os assinantes já podem acessar a revista no Portal Ultimato. Para quem quer degustar, confira no SUMÁRIO tudo o que tem na primeira edição do ano:

 

[500 Anos da Reforma]

E disse [Sara] a Abraão: “Livre-se daquela escrava e do seu filho, porque ele jamais será herdeiro com o meu filho Isaque”. Isso perturbou demais Abraão, pois envolvia um filho seu.
— Gênesis 21.10-11

A vida familiar é um centro de treinamento para a fé, a esperança, o amor, a paciência e a oração. Sara e Abraão estavam discutindo sobre as promessas de Deus, mas faziam isso por temor e respeito a Deus.

Algumas pessoas desistem de seus lares e abandonam suas famílias, pensando estarem se devotando a Deus. Elas descartam o tipo de obediência e devoção que vemos nessa história, como se fossem meros esforços de amadores – algo que qualquer casal poderia fazer. Continue lendo →

[LIVRO DA SEMANA]

Por Colin Chapman

Todos os judeus religiosos baseiam seu direito à terra na Escritura, e todos os muçulmanos têm fortes razões islâmicas para reivindicar a terra, e especialmente Jerusalém, para os palestinos.

 
A política e a religião estarão sempre estreitamente ligadas

É difícil pensar em outra situação em qualquer lugar do mundo em que a política tenha se tornado tão estreitamente ligada à religião, e em que textos sagrados tenham um efeito tão profundo na ação política.

No entanto, por mais que a religião esteja amarrada com a política nesse conflito, problemas políticos requerem soluções políticas, e se as pessoas religiosas das três crenças não conseguem aprender a falar umas com as outras e a fazer concessões no mundo real com vistas à sobrevivência, paz e convivência, deve ser exigido que elas retirem-se para seus guetos e falem apenas com quem está dentro do seu círculo fechado. Continue lendo →

Jogue a palavra “gratidão” no Google e se surpreenda com as pouquíssimas fontes cristãs com referência ao assunto. Seja em livros, vídeos, artigos, etc, é incrível como nós, cristãos, falamos pouco sobre o assunto de maneira aprofundada. Em contrapartida, você se surpreenderá com o vasto conteúdo online sobre gratidão em sites e blogs de outras religiões, principalmente, espírita e espiritualidades esotéricas.

Quando o tema é gratidão, qual o último artigo ou livro que você leu? Qual o vídeo ou música mais recente que você apreciou? Está difícil lembrar? Será que isso revela que estamos muito aquém do que deveríamos, quando o assunto é agradecer? Será que os não cristãos são mais gratos que os cristãos? Claro que uma simples busca no Google não nos permite responder com precisão a essas perguntas. Mas, no mínimo, revela que nós, cristãos, não estamos sendo a referência para o mundo sobre “gratidão”. Continue lendo →