Quem disse que religião e política não se discute?

Terra Santa, povo nem tanto” é o título da Prateleira publicada hoje no portal. 

E, claro, o assunto é o lançamento de fevereiro, De Quem é a Terra Santa?, de Colin Chapman.

O conhecido e insistente conflito entre Israel e a Palestina é um prato cheio para discutir religião e política. Mas, o assunto é sério. Ali, religião e política estão completamente entrelaçadas.

O desafio de Chapman é fazer as perguntas corretas. Por onde começar? Como entender a história e a política de um lado e a Biblia e a teologia de outro?

De Quem é a Terra Santa começa com a história – para uma compreensão mínima da natureza do conflito – e, então, recorre à Bíblia para tentar encontrar sentido nos acontecimentos históricos. Para Gary M. Burge, escritor e professor do Wheaton College, trata-se do “principal livro para os cristãos que querem pensar de forma cristã o conflito Israel–Palestina”.

Uma amizade por uma causa

Elben César e René Padilla se conheceram em Quito, Equador, durante o Congresso Latino-americano de Evangelização (Clade III), em 1992. De lá, Elben convidou Padilla para escrever regularmente para a revista Ultimato. Hoje, é difícil encontrar tempo para escrever, confessa Padilla, mas ele se alegra muito em poder contribuir com seus textos para Ultimato, uma vez que ela carrega muitas das mesmas preocupações e interesses que estão no coração do ministério de teólogo equatoriano.

ASSISTA O VÍDEO A SEGUIR