É possível que algumas das informações do infográfico a seguir choquem os leitores. De fato, enaltecida na literatura, cantada na música, amada pelos pais, louvada pelos avós, é de se surpreender que a criança viva num mundo tão hostil.
Esta hostilidade se revela de diferentes maneiras e atinge crianças e adolescentes de formas e intensidades diversas. […]

Continue lendo →

Chegamos aos 50 anos. Em janeiro de 2018 celebramos meio século de publicação da revista Ultimato.
Data não menos importante e também celebrativa, aconteceu em 2008, entre os dias 31 de julho e 2 de agosto, que chamamos “Ultimato 40 anos — Encontro de Amigos”, em Viçosa, MG. Logo depois, na edição 315, de novembro e dezembro […]

Continue lendo →

As pinturas de Hyatt Moore e Anderson Goes, que ilustraram a matéria de capa da Ultimato 368, também vão embelezar o topo do nosso boletim Últimas, em novembro. Assinando o Últimas você recebe semanalmente em seu e-mail as notícias, artigos e reflexões mais recentes do Portal do Ultimato. Para assinar, clique aqui.

Continue lendo →

Você sabia no tempo da Idade Média as pessoas comuns não cantavam durante as celebrações religiosas? Isso acontecia porque as músicas eram em latim e só o clero sabia ler e falar o latim.
Como a Reforma Protestante mudou isso? Como eram as músicas litúrgicas no tempo da Reforma? De onde vieram os hinos? A igreja […]

Continue lendo →

Em mais uma edição do Nossa Música Brasileira (NMB), dessa vez a 11ª, o Acampamento Jovens da Verdade, em Arujá (SP), foi palco de um final de semana de boa música cristã, conexão entre pessoas e discussão de assuntos atuais.
O som ficou por conta Gladir Cabral, João Alexandre, Paulo Nazareth, Carta Sonora, Estêvão Queiroga, Roberto […]

Continue lendo →

Conteúdo extra oferecido aos leitores da revista Ultimato, na edição 367.

Observar e fotografar as plantas do Cerrado se tornou um ritual de contemplação, encantamento e reverência pela beleza e mistério da vida. Hoje posso reconhecer pelo nome cerca de mil espécies. O que é importante porque, para nós, o que não tem nome não existe. […]

Continue lendo →