Uma Misericórdia Severa não pode ser resumido em frases. Aliás, segundo o jornal norte-americano Washington Post, nem mesmo uma resenha seria adequada: “Nenhuma crítica breve pode fazer justiça à profundidade humana de Uma Misericórdia Severa“.

Enfim, trata-se de um romance, que tem C. S. Lewis como cúmplice e também autor das 18 cartas reveladas por Sheldon Vanauken, que transformaram essa história de amor. 

No prefácio, Alister McGrath aponta algo ainda mais profundo na história: “Quando Vanauken percebe um amor enviado por Deus, muito antes de ele ou ela conhecê-lo”. Você não pode deixar de ler Uma Misericórdia Severa.

 

 

Leia mais: 
» Um roteiro, com os melhores momentos, para 2020
» Agostinho para Todos e a influência sobre os reformadores

  1. Tive a oportuindade de ler Um Misericordia Severa ainda na faculdade, nos anos 80. Um livro que literalmente não conseguia fechar…andando, comendo, indo dormir…isso tudo no meio de uma rotina pesada de trabalho em acampamento. Uma benção na minha vida. Além de rica e corajosamente escrito, uma linda história de amor e do Amor. Queria tê-lo traduzido. Recomendo muito.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *