O número não é exagero e as contas estão certas.

Se cada exemplar de Ultimato pesava em torno de 113 gramas e enviamos 23 mil exemplares da revista para grupos específicos, alvo de atenção das ações ministeriais da Editora, concluímos que nada mais nada menos do que 2.600 de quilos [ou, se você preferir, quase 3 toneladas] de Ultimato foram distribuídos Brasil afora, em 2018.

O resultado é grande e a nossa alegria também.

Ficamos contentes por conseguir manter de pé o compromisso com tantos presos, paróquias católicas, líderes do Norte e Nordeste do Brasil [projeto Paralelo 10], casas de recuperação e missionários que recebem bimestralmente a revista Ultimato em seu endereço.

E o mais importante: Ultimato não fez isso sozinha. As assinaturas que permitem o envio das revistas são patrocinadas por assinantes que aceitaram o convite de renovar a sua própria assinatura e patrocinar outra(s) tornando-se parte das ações ministeriais de Ultimato conosco. A cada um deles nosso “Muito obrigado!”.

Selecionamos abaixo trechos de cartas enviadas por missionários contando sobre a importância de Ultimato em seu ministério. São palavras animadoras!

Que Deus nos abençoe e nos ajude a seguir em frente com as ações ministeriais em 2019.

Equipe Ultimato

Quer saber como ser um patrocinador? Clique aqui.

 

A revista Ultimato tem sido um instrumento de conhecimento e devocional e ajudado no preparo de estudos para reuniões e discipulado. Ela também coopera para a atualização dos missionários que vivem em regiões mais distantes.

Jandira Almeida, responsável pelo setor de comunicação da Missão Evangélica de Assistência aos Pescadores e Ribeirinhos (MEAP), que atua nos Estados São Paulo, Paraná, Bahia, Piauí, Amapá, Pará, Maranhão e Amazonas.

 

Ultimato tem contribuído para inspirar e animar-nos na realização de nosso trabalho e testemunho.

Everaldo Fraga, Projeto Tairu – Missões Indígenas, com atuação entre povos indígenas do Brasil

 

Ultimato me ajuda a manter o vínculo com o Brasil e a saber o que tem acontecido no país a partir de uma perspectiva cristã reformada e muito saudável. É uma revista bastante séria e com conteúdo edificante.

Cláudia Costa, missionária da Operação Mobilização (OM) que atua em países da América Latina, América do Norte, Europa, África e Ásia

 

Os temas de Ultimato são profundos, atuais e ajudam a refletir sobre como sermos cristãos autênticos em uma sociedade cada vez mais distorcida, sem valores éticos e morais.

Gilceia, secretária da WEC Brasil – Missão AMEM que atua nas Américas, África, Ásia, Europa e Oceania

 

Com a ajuda de Ultimato, somos atualizados sobre assuntos que não vemos por meio da TV local, nem sabemos por telefone ou internet, aos quais não temos acesso nas comunidades em que vivemos.

Renan Olimpio, missionário da Missão Seara – Serviço de Evangelismo e Assistência aos Ribeirinhos da Amazônia

 

Ultimato contribui para o nosso ministério por casa da diversidade dos temas abordados – relacionados não somente à fé cristã, como também às problemáticas da sociedade contemporânea. Por meio dela, temos recursos espiritual e intelectual para argumentar sobre assuntos complexos como política, suicídio, inclusão, tecnologia, perseguição religiosa etc.

Tiago e Camila Lenart, missionários da Associação Missionária Proclamando ao Mundo (PAM) que atua na América, Europa, África, Ásia e Oceania

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *