Confira os destaques da seção ULTIMATOONLINE publicados na edição 375 da revista Ultimato.

Para encontrar mais conteúdo, com atualização diária, acesse portal Ultimatoonline ou a loja virtual com os lançamentos e tudo sobre os nossos livros. Conheça também o acervo digital da revista Ultimato.

 

ARTIGOS – ALGUNS DOS MAIS LIDOS

» A romantização do cuidado [Leonora Ciribelli]

» Hannah More: uma mulher de extraordinária convicção [Marcelle Vieira Salles e Isabella Passos]

» Como a igreja pode ajudar na causa dos que sofrem com doenças mentais [Maria Aparecida Antão]

» A diversidade partidária dos discípulos de Jesus [William Lane]

 

LIVROS – ALGUNS DOS MAIS VISTOS

» Ontem Esponja, Amanhã Peneira – Marcos Botelho e Victor Fontana

» Dê Outra Chance à Igreja – Todd Hunter

» Tem Alguém Aí em Cima? – Bráulia Ribeiro

» A Missão Invertida – Paul Bendor-Samuel

» Máscaras da Melancolia – John White

 

BÍBLIA COMO LITERATURA?

Afirmar a “Bíblia como literatura” não é defini-la como uma ficção ou como um romance. E também não é minar a sua autoridade ou dizer que a Bíblia não é verdadeira. Aliás, se a literatura produz prazer, espanto, reflexão, a Bíblia, de forma geral, busca reação e ação. Em dois artigos sobre o tema, o professor João Leonel mostra o valor da abordagem literária e aponta alguns exemplos para a relevância da leitura literária da Bíblia. O autor analisa alguns aspectos da estratégia do narrador e da construção de personagens como José, esposo de Maria, e José do Egito. Para ele, a hermenêutica e a crítica bíblica reconhecem vários processos literários.

 

QUEM PRECISA DE UM ESTUDO BÍBLICO? 

Socorro em meio à crise 

Estamos em crise. Desemprego, corrupção e o aumento da incredulidade. E, nas crises, experimentamos instabilidade e incerteza. Somos induzidos a escolhas e decisões nem sempre acertadas.

O livro de Juízes mostra uma época também de grande crise em Israel e de crescimento da impiedade. O estudo bíblico mostra como Deus agiu, os métodos e os instrumentos usados por ele. Como sair da crise? A quem buscamos e o que pedir a Deus?

Excelente material para estudo individual ou em grupo. Confira no blog Estudos Bíblicos.

 

UMA DEVOCIONAL PARA CHAMAR DE SUA 

O cuidado de Deus
Elben César
Em nenhuma passagem das Escrituras, encontramos fundamento para esperar uma existência sem sofrimento. Ao contrário, a Palavra de Deus nos faz saber dos percalços da vida.

Cristianismo é Cristo
John Stott
É incrível como muitas pessoas pensam que a essência do cristianismo é crer no credo, viver uma vida reta ou ir à igreja. Todas essas coisas são importantes, mas não representam a centralidade de Cristo.

Palavras e obras
Eugene Peterson
Podemos aceitar o significado das palavras de Jesus ou podemos observar a evidência de suas obras. Tanto as palavras como as obras levam à mesma conclusão: Jesus revela-nos Deus.

A vitória de Cristo
Martim Lutero
Precisamos aprender a trazer à memória a vitória de Cristo. Nele nós já temos tudo de que necessitamos. Nós vivemos apenas para levar a mensagem da vitória que Cristo nos deu e garantiu.
– – –
A cada dia um autor; a cada dia uma nova leitura e meditação, com os mais conhecidos e apreciados autores da Editora Ultimato. Confira no blog Devocional Diária.

 

EXPLORE ULTIMATO

/editoraultimato
Mais de 86 mil pessoas já “curtiram” a página da Editora Ultimato no Facebook. Junte-se a nós!

@ultimato
Quer saber o que a Editora Ultimato e seus blogueiros estão falando? Simples. Siga-nos no Twitter. Mais de 35 mil já são nossos seguidores.

@editora.ultimato
Acompanhe o dia a dia, os bastidores e as promoções da Editora Ultimato no Instagram. Mais de 45 mil pessoas já nos seguem.

 

DOSSIÊ ULTIMATO

C. S. Lewis – 120 anos
120 anos de C. S. Lewis: uma entrevista com o autor | Gabriele Greggersen
Para celebrar seu importante legado, fizemos uma entrevista “virtual”, onde falamos da vida e obra do autor.

Poucas e boas razões para ler C. S. Lewis | Carlos Caldas
Motivos que devem servir de estímulo para iniciar leitores na literatura lewisiana.

O que aprendi com C. S. Lewis e os clássicos | Maurício Avoletta Júnior
Todo leitor deve ler os livros contemporâneos, mas, em hipótese alguma, deve abandonar os clássicos.

Surpreendido por C. S. Lewis | Paulo Ribeiro
A honestidade, criatividade e consistência com que Lewis escreveu produziram um interesse que não diminuiu até hoje.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *