Viçosa é uma terra de muitas acolhidas e de muitas despedidas. Ultimato, aqui presente, não fica fora dessa. No final de junho foi hora de dizer até logo ao Phelipe Reis, o amazonense que veio se preparar no Centro Evangélico de Missões para o campo missionário e que conosco atuou como jornalista, contribuindo na revista, no portal, no blog Paralelo 10 e fazendo belos registros audiovisuais dos nossos momentos de comunhão.

Na despedida, Phelipe compartilhou conosco, na hora do café, algumas palavras sobre seu período na editora Ultimato e sobre sua saída. E agora as compartilhamos com você também. Ao final está o link com informações sobre o projeto missionário ao qual ele e a família vão se dedicar na volta ao Amazonas:

Com pesar escrevo essas palavras, mas também com o coração encharcado de gratidão e alegria.

 

Pesar porque estou me despedindo de Ultimato: uma casa, uma família. Apesar do pouco tempo, essa casa é daquelas que não permite nascer em nós a vontade de ir embora. Mas o que mais me entristece mesmo é saber que não comerei mais as tortas e os pães caseiros da Lucinéa.

 

Mas me despeço com Gratidão a Deus por ter sido acolhido com tanta consideração na redação da editora Ultimato, desde março de 2015, quando me mudei com minha família do Amazonas para Viçosa. Gratidão por ter aprendido tanto, não apenas sobre minha vocação, sobre missão e comunicação, mas sobre como ter uma vida que em tudo glorifique à Deus. Gratidão por fazer parte de um projeto tão significativo, ao lado de pessoas tão humildes, tão capacitadas e tão queridas.

 

E avanço com alegria… Alegria por ter tido o privilégio de fazer parte da família Ultimato. Alegria por saber que, junto com minha família, estamos nos despedindo de Viçosa para dar um passo de fé e obediência à direção de Deus para nossas vidas. Alegria por saber que, mesmo que não entendamos ou saibamos os detalhes da caminhada, aquele que nos chamou conhece todo o percurso e sabe o que é melhor para os seus.

 

Nesta sexta-feira, 29/06, me desligo voluntariamente do quadro de funcionários da editora Ultimato. Eu e minha família estamos nos despedindo de Viçosa e retornando ao Amazonas para assumir novos projetos. Vamos com o coração cheio de alegria e ardente desejo para testemunhar o evangelho e servir entre os indígenas que vivem em contexto urbano, junto à nossa igreja em Parintins. Ficaria contente em compartilhar um pouco mais sobre essa nova etapa que se inicia. Você pode ver o nosso projeto clicando aqui.

 

Me despeço com gratidão e esperança,

 

  • Phelipe Reis, o curumim sonhador do Amazonas, casado com Luíze, pai da Elis e do Joaquim ou da Clara, que ainda está pequeninho/a na barriga da mãe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>