Qual revista você acompanha desde a adolescência? Edgard Alves conheceu Ultimato aos 17 anos, quando ainda era jornal, e é assinante até hoje, sem ter perdido uma edição sequer.

Ele gosta de Ultimato e não abandona porque…

… porque fortifica e amplia a força do Discípulo, para ajudar a fazer novos Discípulos de Jesus, de forma contextual e prática na vida brasileira.

 

Uso em quase todos os momentos, pessoal, em família, reuniões, encontros de grupos pequenos e maiores. Sempre ouço resultados animadores.

 

Recentemente um Juiz de Direito me agradeceu por ter usado um dos artigos, que o ajudou muito num parecer de um processo que fez sobre pessoalidade, individualidade e posições coletivas e comunitárias.

 

Do jornal para a revista e aos livros: nada poderia ser melhor. O serviço a favor do novo Reino fica muito mais sensitivo, vendo a grande luta e a intenção de todos de Ultimato.

 

– Edgard F. Alves, 63 anos

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *