O mais antigo livro impresso mecanicamente é o livro mais vendido e mais amplamente distribuído em todo o mundo: são mais de 5 bilhões de exemplares impressos da Bíblia Sagrada, segundo o Guinness World Records. O texto sagrado completo já foi traduzido para 349 idiomas e mais de 2 mil línguas têm pelo menos um livro da Bíblia em sua língua.

Disponível em tantos idiomas, versões e formatos, a Bíblia ainda é útil para os nossos dias? Ela tem algo a dizer sobre os problemas contemporâneos? Como relacionar seus ensinamentos com o dia-a-dia? Afinal, a Bíblia ainda fala? Essa é a questão que conduz a matéria de capa da edição nº371 da revista Ultimato, de maio/julho, que já está na gráfica.

A Carta ao Leitor da próxima revista explica: “A matéria de capa desta edição é um convite a uma redescoberta semelhante. Embora hoje a Bíblia seja acessível para a grande maioria das pessoas […], não parece que esteja sendo lida como deveria e, por consequência, exercendo a influência que deveria exercer. Precisamos reencontrar o Livro e “encher as entranhas” com a Palavra de Deus (Ez 3.3). A promessa de Deus continua válida: “A minha palavra fará o que me apraz, ela não voltará vazia” (Is 55.11)”.

E como fazer uma capa atual que retrate a Bíblia com criatividade? O designer Rick Szuecs, responsável pela criação das capas da revista Ultimato há quase quatro anos, encarou mais esse desafio. Com fotos cedidas gentilmente por Márcia Foizer, tiradas durante o Som do Céu 2018, Rick preparou três sugestões. Qual delas será a capa da próxima Ultimato?

  1. Achei as capas sensacionais!!! Mas se for possível eu opinar e dar uma sugestão….. gostei mto da capa com a menina sentada lendo! Achei sensacional!
    Valeu!! Sou fã da revista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>