[500 Anos da Reforma]
Por Martinho Lutero

Quando os homens do lugar lhe perguntaram sobre a sua mulher, ele disse: “Ela é minha irmã”. Teve medo de dizer que era sua mulher, pois pensou: “Os homens deste lugar podem matar-me por causa de Rebeca, por ser ela tão bonita”. [Gênesis 26.7]

Os teólogos discutem se Isaque pecou ao dizer que Rebeca era sua irmã. Em sua fraqueza, ele pensou: “Eu direi que ela é minha irmã, ou eles me matarão”. Isso soa quase como: “Vá em frente. Pegue minha esposa e a desonre, desde que eu não seja prejudicado. Se eu disser que ela é minha esposa, você sentirá que não pode tê-la a menos que me mate primeiro”. Essa não é uma atitude tola, boba e indigna para um homem tão importante? Não seria melhor se ele apenas dissesse: “Ela é minha esposa. Eu não me importo se você me matar ou não”? Entretanto, a passagem diz que Isaque estava com medo. Que vergonha alguém tão importante quanto ele ter tanto medo da morte!

Essa história foi escrita para confortar o povo de Deus. Ela mostra quão misericordioso e bondoso Deus realmente é. Apesar de sermos pecadores e fracos, o Senhor é paciente com nossa fraqueza, desde que permaneçamos longe daqueles que negam, odeiam ou amaldiçoam a Deus. Diferentemente de algumas pessoas, não desejo inocentar os nossos ancestrais na fé. É confortante saber que até pessoas boas na Bíblia escorregaram e agiram mal. Não elogio suas ações como se elas fossem boas, da mesma forma que eu não justifico Pedro por negar a Jesus, nem os apóstolos por o abandonarem ou por qualquer outra coisa insensata que fizeram.

Entre o pequeno rebanho de Jesus, existem algumas almas pobres, miseráveis e fracas. Jesus é o rei tanto dos fracos como dos fortes. Ele odeia as pessoas arrogantes e se opõe aos teimosos. Ele pune os hipócritas e aqueles que confiam demais em si mesmos. Contudo, ele não quer desencorajar ou oprimir aqueles que estão temerosos, tristes ou preocupados. Ele não quer apagar o pavio fumegante (Is 42.3).

Em 2017, Ultimato vai relembrar e celebrar os 500 anos da Reforma Protestante. O Blog publica, sempre às segundas-feiras, uma devocional do reformador Martinho Lutero, retirado do seu Somente a Fé – Um Ano com Lutero.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>