BlogUlt_21_12_15_Ovelha

Lily Rosen / Freeimages.com

Pela porta do curral,
mal entra o pastor,
suas ovelhas o conhecem.
Reconhecem sua voz
quando as chama pelo nome,
e o seguem imediatamente.
Prudentemente, vai à frente
aos pastos verdejantes,
antes que tenham fome.

Se vem o lobo, não hesita,
– enfrenta e afugenta.
Se alguma se cansa,
carrega-a em seu braço;
e na hora do mormaço,
mansamente as conduz
às águas serenas.

Se há alguma “fujona”,
com sua vara a educa.
Se alguma se machuca,
com óleo a alivia.
Se alguma se extravia,
vai atrás, até que a traz
pra junto do conjunto.
Se alguma se emaranha
e se arranha num espinho,
com seu cajado a apanha
e põe de volta no caminho.

Por que como um pastor
Deus se retrata?
Pelo zelo com que trata
a cada um de nós,
que atende à Sua voz.
Por Sua identidade:
Deus é amor.

 

Oseas Heckert é consultor de empresas e “aprendiz de poeta, ainda que tarde”. Escreve para www.antropogogia.net

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *