chriswright_fotoComeçou na noite de ontem a sétima edição do Congresso Brasileiro de Missões (CBM), em Águas de Lindoia, SP. Considerado o maior evento de missões do Brasil, o congresso reúne missionários, líderes de agências, pastores e preletores brasileiros e internacionais.

Na foto, Christopher Wright, autor de O Deus que eu não entendo e um dos preletores do CBM.

A abertura do evento foi feita pela Associação de Missões Transculturais Brasileiras (AMTB), que apresentou o seu novo presidente, Cassiano Luz, falando sobre a revisão do papel da AMTB.

Na sequência, o pastor Rocindes Corrêa, coordenador de um projeto de integração entre a universidade e a missão, incentivou os participantes a refletirem sobre as mudanças de paradigmas em missões e sobre a importância da formação da geração de jovens vocacionados. Ele citou o exemplo de um jovem Ticuna que, por meio de uma bolsa de estudos, se formou em enfermagem na Universidade Evangélica de Anápolis e agora é contratado pela FUNASA para trabalhar entre os seus.

Ronaldo Lidório foi o pregador da noite. Ele compartilhou uma mensagem baseada em Mateus 28.18-20, ressaltando a integralidade no texto: “Toda a autoridade” foi dada a Jesus, o que demonstra a singularidade e a centralidade de Cristo na missão; “todas as nações”; “todos os mandamentos”; e a presença de Jesus conosco “todos os dias”.

Alguns números aproximados do evento são: 15 preletores em plenárias;  46 preletores em oficinas, 65 estandes – representando editoras, agências, escolas e outras organizações missionárias.  Amanhã será confirmado o número total de participantes.

O evento está sendo transmitido ao vivo no canal www.portalaguaviva.com.br

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *