1. O maior desafio para o cristão contemporâneo é encontrar e viver o equilíbrio entre o que professa (sua fé) e o que faz (boas obras decorrentes de sua fé).

  2. Acredito que seja manter aceso, ou “aquecido” o nosso amor a Deus e às coisas do Seu Reino, suportando firme a avalanche de iniquidade, vindo de todas as direções, na qual estamos inseridos e olhando firmemento para o Autor e consumador da nossa fé, Jesus.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *