“Suave é minha canga e leve é o meu fardo”. Este é o versículo talhado em madeira na canga pendurada na entrada do Jardim de Oração da Editora Ultimato. A palavra “canga” bem que poderia ser uma das usadas para traduzir as palavras de Jesus em Mateus 11.30.

O Jardim de Oração (que fica nos fundos do quintal) existe desde junho de 2008 e foi reinaugurado na última quinta-feira (dia 08), com a presença dos colaboradores da Editora, convidados e o cantor e colunista da revista Ultimato, Carlinhos Veiga. Entre os convidados, estavam Osmar Ribeiro e José Cambraia, eles que são um dos primeiros evangélicos de Viçosa (MG), além de serem fieis apoiadores da Ultimato desde o início.

O pastor Elben César explicou que a escolha da canga como símbolo de entrada do jardim é muito acertada diante do convite de Jesus para que nos acheguemos a ele. De fato, um dos maiores desejos da Ultimato é criar uma “visão cristocêntrica” em todos os seus leitores, sejam não-cristãos, evangélicos ou católicos.

Veja abaixo a galeria de fotos da reinauguração do Jardim de Oração.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *