MEDION DIGITAL CAMERAAmérica: Pai, ajuda-nos! Temos falhado na distribuição do pão e da água. Há em nosso continente muitos excessos. Excesso de riqueza e excesso de pobreza. Excesso de poder e excesso de exclusão. Excesso de promiscuidade e de corrupção. Excesso de espiritualismo e excesso de indiferença. Perdoa-nos e concede-nos uma cultura de paz.

Igreja: “pois os que em Cristo foram batizados, de Cristo se revestiram. Não há judeu nem grego, nem rico nem pobre, nem homem nem mulher; pois todos somos um em Cristo Jesus. E, se somos de Cristo, somos herdeiros segundo a promessa” (Gl 3.27-29). Que o Senhor Jesus conceda unidade na diversidade, que n’Ele tenhamos coragem para combater a injustiça social e que a Igreja seja uma evidência do amor de Deus por meio do acolhimento e da inclusão.

África: O sangue foi derramado. O sangue do meu irmão, o sangue do meu pai, o sangue de minha mãe. A guerra e suas mutilações se fizeram presentes e muitos se perderam no caminho. Os pequeninos sentiram medo, e muitos endureceram seus corações contra Ti, Senhor. Perdoa-nos e concede-nos coragem para devolver o mal com o bem, semeando a boa semente do teu Espírito em solo africano.

Igreja: O sangue de Cristo também foi derramado, e Ele nos trouxe o perdão de Deus e tornou-nos um com o Pai. Que o Senhor Jesus conceda o fruto do Espírito em sua Igreja na África. Que a Igreja venha a ser fonte de vida e reconciliação. Que brote a paz, pois “o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei” (Gl 5.22-25).

Europa: Senhor, por meio dos nossos antepassados, grandes descobertas foram feitas, mas também grandes atrocidades. Temos, em nossa história, nomes de pessoas extremamente piedosas e pessoas extremamente cruéis. Um dia, fomos berço de grandes avivamentos espirituais, mas hoje cultivamos o abandono massivo da fé. Perdoa a nossa ingratidão, de usarmos a liberdade para abandonarmos a fidelidade ao Senhor.

Igreja: “Foi para a liberdade que Cristo nos libertou. Portanto, permaneçam firmes e não se deixem submeter novamente a um jugo de escravidão. Vocês corriam bem. Quem os impediu de continuar obedecendo à verdade?” (Gl 5.1,7). Que o Senhor Jesus reavive a sua Igreja na Europa, que Ele derrame o seu Espírito para convencer do pecado, da justiça e do juízo. Que a sua Igreja seja fonte de esperança e salvação em um mundo de muitos vazios existenciais. Que Ele traga para perto de si os jovens, e assim haja renovo e salvação!

Ásia: Nas esquinas das ruas barulhentas, a sabedoria clama, mas ouço somente o barulho. São muitos deuses, Senhor, são muitas vozes e muitas evidências do mal. O cenário é de crianças famintas, algumas traficadas, campos de refugiados e desastres naturais assolando os litorais. Onde está a tua Igreja, Senhor? Debaixo das praças e nos becos secretos. Onde estão os teus profetas, Senhor? Estão no Livro não traduzido! Tem misericórdia de nós, concede-nos uma Igreja viva e atuante!

Igreja: “Quanto a mim, que eu jamais me glorie, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, por meio da qual o mundo foi crucificado para mim, e eu para o mundo” (Gl 6.14). Que o Senhor Jesus dê coragem em meio às perseguições. Que os seus discípulos se multipliquem a cem por um e a mil por um. Que haja, em toda a Igreja, um sentimento unânime do verdadeiro privilégio de sofrer por Cristo, pois se morremos em Cristo, nele também viveremos! Aleluia!

Oceania: Mestre, o mar se revolta! Somos um continente pequeno cercado por um mar revolto. Elevo meus olhos, de onde virá o socorro? Muitos dos nossos países estão apenas reconstruindo. O cansaço é um desafio a ser vencido diariamente, e há outros deuses se espalhando em cada ilha. Ajuda-nos a construirmos um continente forte somente em Ti.

Igreja: “Quem semeia para o Espírito, do Espírito colherá a vida eterna. E não nos cansemos de fazer o bem, pois no tempo próprio colheremos, se não desanimarmos” (Gl 6.8-9). Que o Senhor Jesus traga à memória aquilo que dá esperança. Que Ele renove as forças para a construção das cidades; e, em cada uma delas, um edifício que seja também um Corpo cuja cabeça é Cristo, para a glória de Deus Pai. Amém.

Cinco continentes: Amém.

 

_______

Texto: Liz Fagundes.
Conheça outros motivos de oração no hotsite A Missão de Interceder.

 

  1. Infelizmente, essa revista aprendeu, com a esquerda evangélica, a politizar a linguagem da fé evangélica. Acham que o dever dos cristãos é esse: pregar um EVANGELHO ecossocial. Hum… Espero que esse encanto não se arrefeça com o tempo que dirá a verdade sobre tudo…

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *