O lançamento de abril da Editora Ultimato, “A Espiritualidade, o Evangelho e a Igreja” (no prelo), do pastor Ricardo Barbosa, deixa claro, logo nas primeiras páginas que “a fé cristã nasce da revelação de Deus a nós. Não se trata de uma autodescoberta”.

A preocupação do autor é, entre outras coisas, com a “apatia espiritual, a falta de coerência entre nossas convicções e a vida [que levamos], e a distância entre a teologia e a oração”. Ao contrário da especulação teológica ou do “intimismo” narcisista, para o autor, “manter o foco numa espiritualidade cristã e bíblica, é reconhecer a centralidade da cruz”. É preciso “buscar uma espiritualidade que encontre nos evangelhos, na pessoa de Cristo e na presença do reino de Deus sua forma e seu conteúdo.

Veja, em primeira mão, a capa do nosso novo livro: