Não havendo sábia direção, o povo cai, mas, na multidão de conselheiros, há segurança. (Provérbios 11.14)

Prezados irmãos e prezadas irmãs,

Nós, pastores, pastoras e líderes evangélicos de organizações envolvidas com a agenda dos Direitos Humanos, escrevemos esta carta aberta para pedir sua intervenção nos recentes acontecimentos relacionados à nova composição da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara dos Deputados.

Constatamos, surpresos, que 12 dos 18 membros da Comissão são membros de Igrejas Evangélicas, o que representa grande responsabilidade para nós, pastores e líderes evangélicos envolvidos com esse tema. Entendemos que este momento representa uma oportunidade concreta para a promoção e a defesa dos direitos dos mais vulneráveis e das minorias. Nesse sentido, é preciso tanto uma postura de escuta a Deus e à sociedade, quanto a certeza de que os espaços de poder ocupados precisam ser utilizados principalmente como espaços de serviço.

No entanto, o quadro que assistimos no processo de eleição da presidência da Comissão foi desolador. Não se trata aqui de pré-julgar o presidente recém-eleito, mas não há como desconsiderar seus vários comentários públicos sobre negros, homossexuais e indígenas, declarações que inviabilizam a sustentação política de seu nome entre os que atuam e são sensíveis às temáticas dos Direitos Humanos.

A Igreja Evangélica brasileira experimenta um momento singular, com a enorme responsabilidade de ter vários parlamentares atuando na CDHM que foram apoiados oficialmente por diferentes denominações, situação que abre a possibilidade de que – caso haja mudanças na presidência da comissão e uma postura condizente com a função – seja dada uma importante contribuição ao campo dos Direitos Humanos no País. Para tanto, é fundamental que o clima de conflito e mobilizações contrárias à nova presidência seja dissipado. Por essa razão, redigimos esta carta como um apelo, na esperança de que os líderes das Igrejas considerem orientar seus fiéis que atuam como parlamentares – que elegeram a nova composição da Comissão -, para que atuem na resolução deste conflito.

O ano de 2013 pode trazer avanços nos trabalhos da CDHM e por isso fazemos este apelo aos líderes das igrejas que apoiaram os parlamentares evangélicos. Nosso pedido, aliás, se junta à conclamação de vários setores da sociedade e perpassa não somente aos movimentos ligados às lutas de minorias, mas também pela OAB e diferentes indivíduos e organizações. Cumpre discernir que não há uma perseguição aos evangélicos; há, sim, uma situação de conflito que precisa ser equacionada, especialmente porque, para nós, o compromisso do Evangelho com os mais pobres e vulneráveis é central. Ainda há tempo para a indicação de um novo ou nova parlamentar que, a despeito de suas convicções, traga pacificação e consenso à sociedade brasileira, presidindo a CDHM com a isenção esperada. É tempo para nova disposição, numa postura aberta, a fim de que seja viável a indicação pelo PSC de um outro nome, que não possua tamanha rejeição.

Urge que os irmãos, pelas posições que ocupam, façam um firme e público pronunciamento para a sociedade e para os fiéis de suas igrejas com relação à defesa dos direitos humanos e à importante contribuição que a comunidade evangélica pode oferecer a este tema. Nossa oração é que exemplos históricos como os do Pr. Martin Luther King Jr., do Rev. Jaime Wright e do Bispo Desmond Tutu possam inspirar e servir de referência para a atuação dos vários parlamentares evangélicos na CDHM, levando-os a se posicionar ao lado dos que sofrem injustiças.

Prezados irmãos, escrevemos aqui sob o temor ao nosso Deus e conscientes de que há um caminho de consenso para esta situação. A ninguém, muito menos aos direitos dos que sofrem, interessa que esta disputa entre posições extremas prossiga.

Em Cristo, despedimo-nos,

Adriano Trajano – Pastor Batista

Alessandro Rodrigues Rocha – Pastor Batista

Alexandre de Silva – Pastor Igreja do Nazareno

Aluísio Faria de Siqueira – Pastor Metodista

Alzira dos Reis Silva – Presbítera Presbiteriana Unida

Ana Elizabete Barreira Machado – Rede Fale Goiânia

Ana Paula Calixto – Irmã Igreja do Nosso Senhor Jesus Cristo – Ministério Profético

André Esteves – Pastor Presbiteriano

André Mello – Pastor Presbiteriano

André Sidnei Musskopf – Escola Superior de Teologia/EST

André Tadeu de Oliveira – Licenciado Presbiteriana Independente

Anivaldo Padilha – Koinonia

Anselmo Melo – Pastor Comunidade Apostólica Operação Resgate

Antonio Carlos Costa – Pastor Presbiteriano/Rio de Paz

Antônio Carlos Ribeiro – Pastor Luterano

Antonio Carlos Rosalino – Pastor Luterana Livre

Ariovaldo Ramos – Pastor Batista

Bruno dos Santos – Pastor Apostólica Vida Nova

Bruno Privatti – Pastor Batista

Bruno Santos Nascimento Dias – Rede FALE Rio

Caio Marçal – Missionário Rede Fale

Carlos Alberto Bezerra Junior – Pastor da Comunidade da Graça

Carlos Alberto Rodrigues Alves – Reverendo Presbiteriano

Carlos Augusto Lopes Pastor Assembleia de Deus Independente

Carlos Eduardo Calvani – Reverendo Episcopal Anglicana

Carlos Eduardo Fernandes – Rede Fale Marabá

Carlos Eduardo Mattos – Pastor Metodista

Carlos Jeremias Klein – Reverendo Presbiteriana Independente

Carlos Queiroz – Pastor da Igreja de Cristo

Christian Gillis – Pastor Batista

Cibele Kuss – Pastora Luterana

Clarise Holzschuh – Pastora Luterana

Claudemir Elias dos Santos – Missionário Casa de Oração

Cleber Diniz Torres – Reverendo Presbiteriana Independente

Clemir Fernandes Silva – Pastor Batista

Clovis Pinto de Castro – Pastor Metodista

Cristina Scherer – Pastora Luterana

Daniel Costa – Capelão Batista El Shadai

Daniel de Almeida e Souza Jr – Pastor Batista

Daniel Mário Alves de Paula – Pastor Assembléia de Deus

Daniel Rocha – Pastor Metodista

Daniel Souza – Rede Ecumênica da Juventude/REJU

Daniela Frozi – Aliança Bíblica Universitária do Brasil/ABUB

Daniela Zeidan – Seminarista Batista

Danila Cristiny de Araújo Moura – FALE Pernambuco

Décio Weber – Pastor Luterano

Djalma Torres – Pastor da Igreja Evangélica Antioquia

Domingos Amauri Massa – Pastor Batista

Douglas Rezende – Rede Fale Paraná

Éber Ferreira Silveira Lima – Ministro Presbiteriana Independente

Edson Fernando de Almeida – Pastor da Igreja Cristã de Ipanema

Edson Igre Insarraldi – Pastor Batista Aliança Bíblica

Eliana Aparecida Amancio Cerqueira – Ministério de Mulheres Batistas

Eliana Rolemberg – Coordenadoria Ecumênica de Serviço/CESE

Eliandro Viana – Pastor Batista

Eliel Amaral – Pastor Igreja Maanaim

Elizabeth de Almeida Silva – irmã na Comunidade Evangélica Recomeço

Ely Eser Barreto César – pastor metodista

Elza Zenkner – Revda. Metodista

Ênio Caldeira Pinto – Universidade Filadélfia/Unifil

Epifanio Mendes – Pastor da Unidos em Cristo

Érick Rodrigo da Silva – Assembléia de Deus Ministério de Madureira

Filadelfo Oliveira – Bispo Episcopal Anglicana

Flávio Conrado – Novos Diálogos

Francisco Cézar Fernandes Alves – Reverendo Episcopal Anglicana

Francisco Simão Neto – Pastor Assembléia de Deus

Francisco Thiago de Almeida – Pastor Metodista

Genilma Boehler – Pastora Metodista

Geter Borges de Sousa – Evangélicos Pela Justiça/EPJ

Gilberto Carmo dos Santos – Pastor CEEA

Giselle Gomes da Silva Prazeres Souza – Reverenda Episcopal Anglicana

Guilherme Schaper – Pastor Luterano

Gustavo Lima – Pastor Presbiteriano

Haroldo Mendes – Reverendo da Anglicana Betesda

Hélio Sales Rios – Pastor Presbiteriano

Herminio Garcez – Pastor Batista

Inailda Bicudo – Presbitera Presbiteriana Independente

Isabelle Ludovico da Silva – Comunidade de Jesus

Ismar do Amaral – Pastor Presbiteriano

Israel Mazzacorati – Faculdade Latino Americana de Teologia Integral

Israel Viana – Ministro Batista Nacional Nova Vida

Jane Maria Vilas Bôas – Presbiteriana do Planalto

Jefferson Ramalho – Instituto Cristão de Estudos Contemporâneos

Jefferson Silva – Pastor Batista

Joanildo Burity – Espiscopal Anglicana

Joaquim Xavier de Souza Neto – Rede FALE Triângulo Mineiro

Joel Zeferino – Pastor Batista

Johannes Wille – Pastor Luterano

John Medcraft – Pastor da Ação Evangélica

Jônatas Souza de Abreu – Rede Fale Campina Grande

Jonathan Menezes – Pastor Presbiteriano

Jony Wagner de Almeida – Pastor Presbiteriano

Jorge Eduardo Diniz – Reverendo Presbiteriana Unida

Jorge L. D. Oliveira – Pastor Igreja do Avivamento Getsêmani

Jose Antonio Gonçalves – Pastor Presbiteriana independente

José Carlos Silva – Pastor Batista Nacional

José do Carmo da Silva – Reverendo Metodista

José do Nascimento – Instituto de Direitos Humanos do Mato Grosso do Sul (IDHMS)

Jose Romulo de Magalhaes Filho – Pastor Presbiteriana Independente

José Wendel Cavalcante Ferreira – Rede FALE Fortaleza

Josias de Souza Novais – Pastor Batista

Jovane Borlini da Silva – Pastor Batista

Juliano Fabricio – Sal da Terra

Julio Paulo Tavares Zabatiero – Faculdade Unida de Vitória

Karen Aquino Rangel da Costa – Rede FALE Juiz de Fora

Karin Kepler Wondracek – Escola Superior de Teologia/EST

Kathlen Luana de Oliveira- Escola Superior de Teologia/EST

Keiny Moreira da Cunha – Pastor Batista

Lays Gonçalves da Silva – Rede FALE Paraná

Léa Cordeiro – Pastora Metodista

Leomar Erlei Fenner – Pastor Luterano

Leonara Almeida – Rede Fale São Paulo

Leonardo Rodrigues – Pastor do Minstério Nova Unção

Levi Araújo – Pastor Batista

Lirian Angélica Rezende de Moraes – Rede FALE BH

Louraini Christmann – Pastora Luterana

Luciano José de Lima – Reverendo Metodista

Luiz Caetano Grecco Teixeira – Rev. Episcopal Anglicana

Luiz Carlos Gabas – Reverendo Episcopal Anglicana

Luiz de Jesus – Pastor Batista Boas Novas

Luiz Mattos – Instituto Anima

Lyndon Araujo – Pastor Congregacional

Manoel Ribeiro de Moraes Junior – Pastor Batista

Marcelo Gualberto da Silva – Pastor Presbiteriano

Marco Aurélio Alves Vicente – Pastor Assembléia de Deus – Catedral da Família

Marco Davi de Oliveira

Marcos Custódio – CADI-Origem

Marcos Fellipe Marques – Pastor Comunidade de Jesus

Marcos Machado – Pastor Batista

Marcos Monteiro – Pastor Comunidade de Jesus em Feira de Santana

Marcos Viana – Pastor Comunidade Cristã em Amsterdam

Marcus Vinicius Matos – Rede Fale Coordenação Nacional

Mardes Silva – Pastor Igreja Betesda do Ceará

Mauricio Andrade – Bispo da Episcopal Anglicana

Mauro Ferreira – Reverendo Presbiteriano

Mersia Lisboa Costa – Missionária Batista

Miguel Ângelo – Presbítero Igreja de Cristo

Moisés Abdon Coppe – Pastor Metodista

Morgana Boostel – Rede FALE

Mozart João de Noronha Melo – Reverendo Luterano

Nancy Cardoso Pereira – Pastora Metodista

Nello Pulcinelli – Pastor Batista

Nelson Gervoni – Pastor Batista

Neusa Butzlaff – Pastora Luterana

Neusa Tetzner – Pastora Luterana

Octavio A. S. Filho – Pastor Metodista

Odja Barros – Pastora Aliança de Batistas do Brasil

Orivaldo Lopes Junior – Pastor Batista

Orvandil Moreira Brabosa – Bispo Igreja Anglicana Tradicional do Brasil

Ozenildo Santos Xavier da Rocha – Pastor Batista

Paltiel de Souza Ferreira – Bispo Comunidade Evangélica Cristã

Patrick Timmer – Missionário da Aliança Bíblica Universitária do Brasil/ABUB

Paulo Ayres Mattos – Bispo Metodista

Paulo Cesar Garcia – Pastor Comunidade Milícia

Paulo César Sousa Marçal – Rede Fale Sobral

Paulo Saraiva – Pastor Batista

Pericles Gonzaga de Souza – Pastor Presbiteriana Unida

Rafael Lira – Juventude Batista do Estado de SP

Raul Matamala Seminarista Batista

Regis Augusto Domingues – Reverendo Episcopal Anglicana

Reinaldo Castro – Pastor Comunidade Cristã Novo Nascimento

Renan Nery Porto – Fale Uberaba

Ricardo Bitun – Pastor da Igreja Manaim

Ricardo Matense – Evangélicos Pela Justiça/EPJ

Robson Gomes – Pastor da Igreja Missional

Rodrigo Guimarães Pinheiro – Pastor Batista

Romi Becker – Pastora Luterana

Ronny Clayton – Pastor Batista

Rosilea Maria Roldi Wille – Luterana

Rubens Rodrigues de Lima Comunidade Evangelica Apostolica Restauração

Sandro Amadeu Cerveira – Reverendo Presbiteriana Unida

Sérgio Andrade – Deão Episcopal Anglicana

Serguem Jessui Machado da Silva – Tearfund

Simei Marcondes de Carvalho – O Brasil para Cristo

Suelen Cristina – Ministério Tudo Pelo Reino

Thomaz Werneck – Seminarista Congregacional

Valdir Steuernagel – Pastor Luterano

Valmir Paze – Pastor da Ig Nazareno/Mov. Evangélico Progressista/MEP

Vanda Aparecida Fernandes Massa – Capelã Batista

Vilma Petsch – Diácona Luterana

Vitor Louredo de Souza – Grupo de Ações Evangelísticas – Missões Urbanas

Wagner Lemos Junior – Movimento pela Ética Evangélica Brasileira

Waldir Benevides- Reverendo Presbiteriano

Wanderson Campos – Seminarista Metodista

Welinton Pereira – Pastor Metodista

Wellerson de Almeida – Reverendo Anglicano

Wellington Santos – Pastor Batista

Wellington Vieira – Pastor Federação das Comunidades Terapêuticas Evangélicas do Brasil/FETEB

Wellison Magalhães Paula – Pastor Batista

Werner Fuchs – Pastor Luterano

Wertson Brasil – Presbítero Presbiteriana Unida

Wilson de Oliveira – Pastor Batista

Yokimi Yuaça – Pastora da Igreja Holiness

Ziel Machado – Pastor Metodista Livre

Zwinglio Mota Dias – Pastor Presbiteriana Unida

 

__________
Publicado em 11/03/2013.
Atualizado em 12/03/2013.

 

  1. http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,pastor-e-eleito-presidente-da-comissao-de-direitos-humanos-da-camara,1005618,0.htm

    O deputado federal Marco Feliciano foi eleito membro da COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS da Câmara dos Deputados. Aqui pode-se ter uma ideia do nível desse pastor http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=Pyhw4-qVxCI, retirado do ar justamente por ser altamente incriminatório contra ele.

    Feliciano está sendo processado no Supremo Tribunal Federal por estelionato.

    Oposicionistas de a base aliada do governo federal colocaram-no lá.

    Teve ajuda de governistas e oposicionistas.

    1. O PT ocupava a presidência da Comissão.
    2. Resolveu trocar com outro partido o cargo (PMDB) e cedeu ao partido do deputado Feliciano as suas duas vagas de titular e duas de suplente.
    3. O PSDB fez a mesma coisa, e cedeu mais duas..
    4. O PP de Paulo Maluf, idem.
    5. O PTB cedeu seu suplente.

    Conclusão, com maioria, o PSC de Feliciano, cuja maioria é de evangélicos, aprovou a sua eleição para presidente.

    O que é que esse apelo aqui faz? Tirar Feliciano? Sob qual alegação? de que evangélicos têm que ser o que são?

    Pois é, o abaixo assinado de voces é espúrio, Feliciano é a pior coisa que poderia acontecer, e a maioria dos membros dessa Comissão são… evangélicos!

    Estão pedindo oração, é?
    Precisam ter mesmo é pudor para não confiar em políticos vendilhões travestidos de evangélicos.

      • Veja como são as coisas, Luiz Carlos.

        Feliciano fez declarações contra negros e homossexuais, dizem seus críticos (a propósito, o pai adotivo de Luciano é negro!).

        Digo eu: sou a favor do casamento gay. Feliciano é contra e o Papa também.

        Acho que o STF errou feio quanto à interpretação do Art. 226 da CF/88. Sou advogado, e por conta disso vou desobedecer uma decisão do Supremo Tribunal Federal porque não gostei?

        Agora eu vou ficar referindo ao Feliciano e ao Papa como aqueles que são contra o casamento dos gays? Ora, os dois podem ter opinião que desejarem a respeito do tamanho do rabo do capeta e e eu a opinião de que capeta, diabo, tranca-rua, etc., não existe! Ora bolas, é opinião minha e fim de papo.

        Um bocó (aliás, dois) escreveram sobre casamento como se fosse uma instituição criada (inventada) por Deus. Eu digo o meu casamento não tem nada a ver com direito divino, direito natural, e não passa de uma construção social com um acordo feito em cartório. E daí? Por conta disso serei execrado?

        O Art. 5, XLII) da nossa Carta Magna declara, explicitamente, “A prática do racismo constitui crime inafiançável e imprescritível, sujeito à pena de reclusão, nos termos da lei”.

        Ora, se o Feliciano achar que cor escura da pele tem a ver com maldição sobre filhos de Noé no Velho Testamento ele estará proclamado a sua ignorância total e absoluta que vai do bíblico a qualquer outra forma conhecida de ciência.

        Mas será a opinião do Feliciano, tanto quanto daqueles que acham que a Bíblia em português (ou a versão de King James) é a palavra de Deus que jamais poderá ser mudada! Conheci uma senhora que ficou com a sua colocada na cabeça enquanto durou a cirurgia da filha. E olha que a dita cuja não era nenhuma doméstica!

        Esse abaixo-assinado é mais do que opinião daqueles ilustres senhores, pastores, pastoras, bispos, etc. Eles simplesmente não gostaram da opinião do Feliciano, como são daqueles que facilmente se cooptam e coonestam, se apresentaram como uma manada obediente ao ‘pastor’ que daqui para frente (podem esperar para ver!) conduzirá aquele rebanho ideológico a tudo o que achar conveniente!

        Para mim, conhecendo algumas figuras ali, não me admiro nem um pouco. O choque foi ULTIMATO ter servido de capacho para essa turma e entrado de gaiato nessa confusão toda!

  2. (deixando completamente de lado as declarações do presidente nomeado pela referida comissão) Se é aceitação e consenso que os parlamentares evangélicos procuram, terão que ceder a qualquer reivindicação que a minoria conhecida como comunidade GLBTT fizer, pois boa parte da sociedade já é favorável aos “direitos” desta minoria especifica.

    • “… pois boa parte da sociedade já é favorável aos “direitos” desta minoria especifica.”

      Discordo educadamente de voce, Eric. A sociedade brasileira é francamente aberta e pluralista, mas ela é fundamentalmente conservadora. Tanto é que ULTIMATO que se apresenta como uma revista aberta, tem entre seus leitores a maior parte deles conservadores.

      Como diz um amigo meu, também advogado, que gosta de uma balada com a esposa, fuma e bebe moderadamente, curte a vida moderna, mora em condomínio fechado como eu, mas quando o colégio do filho dele inventou de colocar um professor tido e reconhecido como gay para ensinar história, ele esculhambou a direção da escola. O tal professor não durou uma semana.

      Direitos, se voce perguntar a ele, dirá, “fulano pode ir para cama e morar com quem ele quiser, aprovo e concordo, mas ensinar meu filho, não!”.

    • http://cinenegocioseimoveis.blogspot.com.br/2013/03/silas-malafaia-denuncia-pastores.html

      Pois é, ULTIMATO que não tinha nada a ver com a turma que assina a carta e que anda pecando meio para o lado da esquerda, agora vai ter que ouvir críticas que começa ficar ‘viral’ com o Silas Malafaia botando para quebrar.

      Ano que vem teremos eleições para presidente da república, ULTIMATO, cujo tesouro moral é imbatível, servi de SEDEX para essa turma. Quando essa turma que assina tiver que ser pau mandado do Planalto, vai ficar difícil ULTIMATO se safar. Vendeu o ouro antes da hora!

      Carecia uma CARTA RESPOSTA da revista, não? Vir a público para esclarecer melhor a posição que tomou, infeliz, por sinal.

  3. Só para ficar bem claro amados irmãos, no trecho em que voces afirmam não existir uma perseguição aos evangélicos, voces se declaram grandes mentirosos, pois a fala do senhor Wilhans deixa claro que para ele todos nós somos doentes e homofobicos, temo que o proximo passo neste pais de medrosos e pessoas como voces que nada entende, e teme pelo que um dia mais cedo ou mais tarde virá a tona, os mesmos ativistas de hoje resolvam queimar a biblia sagrada acusando-a de ser um livro homofobico, ou então inventem uma lei que
    obrigatoriamente não poderemos mais usar abiblia como noso unico manual de regra e fé.
    Por isso conclamos a que sejais corajosos deixando de ser omisso a uma realidade que esta diante de nossos olhos e se coloquem sim em defesa da menoria com cautela lembrando que o nosso adverssario o diabo é expert em desfarçar suas investidas.
    Pr. Kepler.

  4. Concordo, mas desde que ele (Feliciano) saia – Faltou com o respeito a todos os direitos humanos referentes às atribuições dessa pasta (CDHM), cidadãos homossexuais, indígenas, negros, mulheres, democracia brasileira e até mesmo as próprias igrejas evangélicas foram através dele, envergonhadas. Na verdade o que fez foi incitar a violência entre irmãos, pois, queira-se ou não, aos olhos de Deus somos todos irmãos e sobreviventes perdidos da mesma Arca de Noé.
    Merecia uma impugnação de seu mandato político.
    Para um líder religioso, infelizmente só revelou (a evangélicos ou não) os traços de um sadismo político que não deve nunca mais ser editado no Brasil. Fiquem todos com Deus.

  5. Muito me admira que cristãos, especialmente pastores, prejulguem um irmão de fé. E me admira mais ainda encontrar esta carta aberta, na revista Ultimato, que tanto prezo. Vejam aí a resposta à vossa carta aberta:

    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/negro-e-racista-desta-vez-a-patrulha-quebrou-a-cara-nao-foi-por-falta-de-aviso-ne/?utm_source=twitterfeed&utm_medium=facebook
    Eu não sabia, é evidente, que o padrasto e a mãe de Feliciano são negros. Creio que ele não os considere, e a si mesmo, amaldiçoados, não é? Quando afirmei que aquele seu tuíte não era expressão de racismo, eu o fiz com base apenas no seu conteúdo e na referência bíblica. Agora, diante desse fato, a acusação fica ainda mais ridícula. Já tinham quebrado a cara, nesse particular, com Bolsonaro. Ele também seria um racista militante… Até que se descobriu que sua mulher é o que a própria militância chama “negra”.

    É preciso parar com essa prática asquerosa de criminalizar a divergência. Se o sujeito é contra a PLC 122, que estabelece discriminações inaceitáveis, então é “homofóbico”; se é contra cotas, então é “racista”; se é contra qualquer forma de censura à imprensa, então defende a “mídia golpista”; se é crítico da forma como se dá o Bolsa Família, então é “contra os pobres”. ESSA GENTE NÃO QUER DEBATER IDEIAS. QUER É CALAR O OPONENTE, ELIMINÁ-LO SE POSSÍVEL.

    Poucos sabiam da existência de Feliciano até outro dia. Agora, tornou-se uma personagem nacionalmente conhecida. E sou capaz de jurar que conquistou novos admiradores, em vez de perdê-los. A turma das passeatas e dos protestos já não votaria nele mesmo, certo?

    A intolerância dos que se querem bons está criando um novo “paladino da família”. Tente, no entanto, advertir esses fanáticos da patrulha de que isso não é uma coisa muito inteligente… As acusações acabam se voltando contra você.

    Parabéns, gênios! Vão lá, agora, tentar ensinar a Feliciano como é ter uma mãe negra, um padrasto negro…

    Por Reinaldo Azevedo

    • Concordo plenamente com o você, e o mais grave para nós Cristãos é que estamos a beira de um preconceito ainda maior que é a: CRISTOFOBIA (aversão aos Cristãos) e como nos ensina a Bíblia ..”devemos ser quentes ou frios, pois os mornos Deus vomita…” ou será que os ativistas evangélicos de Direitos Humanos mudaram a Bíblia?

  6. Eu não consigo entender está carta, eu particularmente não gosto do jeito do Pr Marco Feliciano, mas como parlamentar aprovo o trabalho dele, também como o Dep Marcelo Aguiar e outros da bancada evangélica, agora vocês vem com esta carta, pelo amor de Deus vocês vem e falam de ((Pr. Martin Luther King)) e outros mas esquecessem que estes mesmo sofreram atentados e rejeição de muitos (( pastores )) aonde vocês estão com a cabeça, retirem isto o mais rápido possível ou vocês lutam em favor do reino de DEUS ou reino de homens

  7. A revista Ultimato, os subscritores desta carta, não representam os crentes brasileiros. Nas entrelinhas desta carta podemos ler idéias esquerdistas, socialistas e contrárias a mensagem da Santa Palavra de Deus. O que intenciona as idéias desta carta é que na Comissão esteja um evangélico que aceite as propostas GLBTs. Não apoio esta carta de jeito nenhum.
    Acordem Sres da Ultimato para a santidade que Deus nos exige. Fora gestapogay, aborto, idéias socializantes!
    Pr André
    Barretos SP

  8. COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS E MINORIAS

    Olha o “E” aí que voces comeram!

    O Feliciano é um lixo, como pastor e deputado.

    Mas onde estavam voces, sim, essa lista enorme de ‘conselheiros’ que rapidamente fazem citação de textos bíblicos quando outros deputados deitaram e rolaram na Comissão acima? Onde estavam quando figuras condenadas pelo STF fazem parte da Comissão de Ética da Câmara?

    Sorrateiramente voces estão acusando o Feliciano e pedindo a substituição dele pela vida indireta por ser racista e homofóbico por causa de suas declarações? Cuidado para com esse apelo que tem todas as características de verdade soar exatamente o que vocês condenam: preconceito antirreligioso.

  9. Eu gostaria que esses senhores mencionassem quais seriam as tão graves acusações que Feliciano fez contra negros e indígenas. Até o momento, só vi GRAVES distorções de suas palavras.

    Se a crítica fosse direcionada à incompetência do pastor para assumir tal cargo, eu assinaria embaixo. Mas MENTIR para fazer valer a vontade de umas minorias influentes não é comigo. Repito: todos os que subscrevem a esta carta estão endossando uma MENTIRA.

  10. “Eu não consigo entender está carta…”

    Eu consigo, André Luiz. São os ‘progressistas’, gente da esquerda festiva que silenciaram quando o PT enlameou-se e ficaram caladinhos quando quatro já condenados, e dois deles, fazem parte de comissões de JUSTIÇA e ÉTICA da Câmara dos Deputados.

    Onde essa turma que assina o abaixo assinado andava? Agora que os evangélicos (não concordo, não apoio, e acho as opiniões do Feliciano um lixo), mas ele está fazendo tudo conforme o figurino da Câmara e por ter opiniões que eu não concordo não se deve tirar o direito que todos os partidos naquela comissão passaram ao PSC por julgarem maiore$ as chance$ em outra$.

    Agora aparece esse grupo de tronchos pedindo oração dos irmãos e citando textos bíblicos.

    Uma vergonha!

  11. Fico feliz em não ter identificado nenhum ministro da IPB na lista. Não porque goste ou apoie a permanencia de Feliciano lá. Muito pelo contrário acho que nem deputado deveria ser.
    Mas essa iniciativa me parece extremamente oportunista para dar uma resposta simpática a um movimento que em nada tem sido honesto e simpático em sua movimentação, mesmo que o propósito seja algo que eu comungue na ideia. Não vi até hoje nenhum movimento desse tipo por exemplo para exigir o fim da corrupção deslavada que grassa em nosso meio político e não apenas com esse pseudo pastor de ovelhas, pseudo pelo menos na visão bíblica do pastorado.
    As igrejas em sua grande maioria tem se comportado como cãezinhos adestrados em relação a sandices cometidas pelo governo nos últimos anos. Não tenho a certeza do porque, mas não é difícil imaginar que de alguma forma alguns o façam por estarem se beneficiando e outros por pura covardia mesmo.

  12. Penso que esta carta é desnecessária. Deve-se deixar o Deputado Marco Feliciano trabalhar primeiro como presidente desta comissão para somente depois podermos jultá-lo pelos seus frutos – se deve sair ou continuar. As acusações contra ele são exageradas e fora de contexto.

  13. Vejo que ninguém tem o direito de denegrir outrem, pois todo ser humano tem seus direitos garantidos pela Constituição, ainda que muitos são privados dos mesmo em detrimento dos poderosos. Vejo que os evangélicos, como cidadãos desse país têm o direito de ser contra a prática homossexual, deixo bem claro que nós somos contra a prática e não contra a pessoa dos homossexual, pois toda e qualquer violência seja contra qualquer tipo de pessoa é um ato horrendo e criminoso. Vejo também que nem pastor ou seja quem for tem o direito de dizer tais coisas contra qualquer tipo de pessoa, mas nenhuma minoria seja ele quem for tem o direito de querer tirar o nosso direito resguardado pela Constituição de nos manisfestar o nosso pensamento, é lógico que resguardando o respeito e a dignidade humana.
    A defesa dos evangélicos pela manutenção da família mono-somática não está fundamentada em ideologias humana ou pressupostos, mas na autentica Palavra de Deus que é infalível e tem as normas para o viver digno e puro diante de Deus.

  14. Leio e dou muita credibilidade ä revista Ultimato. Por esse motivo, uma vez publicada essa carta, acredito que é interessante e necessário publicar também algo que fundamente, argumente e ratifique as acusações que a originou.

    Publicar a somente a carta, parcializa muito a questão.

  15. Fiquei confuso…não entendi se estão apoiando ou refutando o atual presidente….podiam ser mais claros na carta….na realidade a pessoa tem que se decidir ou é Pastor ou é Politico…ele não pode levar pra política o temo pastor esse é meu pensamento…

  16. O Ministro Gilberto Carvalho não havia dito que “em 2013 o bicho vai pegar?”. Há começou a ‘pegar’. Primeiro foi com a jornalista e blogueira Yoani Sánchez conivente com o embaixador Cubano.

    Depois lá em Porto Alegre ele havia dito que disputaria e influência com os evangélicos. Pois é exatamente isso que ele e o PT estão fazendo.

    Lideranças petistas estão procurando representantes dessas correntes religiosas para desqualificar Feliciano e para demonstrar que ele não tem o apoio nem dos fiéis de denominações similares à sua.

    Acho as ideias de Feliciano ridículas, mas isso nada tem a ver com a acusação contra ele e mais, todos esses que vieram aqui em ULTIMATO, são coniventes, direta ou indiretamente com o que o PT e o Ministro estão fazendo.

  17. Vocês são hipócritas. Se levantam contra a indicação do Marco Feliciano para a CDHM da Câmara, mas se calaram diante dos maiores escândalos que esse país já presenciou, tais com mensalão, kit gay, PL 122/06. Vejo que aqui estão os verdadeiros falsos profetas.

  18. O pastor Luiz Antonio, que profetizou sua própria morte e faleceu em 2007 no acidente do avião da TAM em São Paulo, afirma no vídeo que Marco Feliciano seria bem-sucedido em seu ministério: “Deus levantou esse moço para abalar o reino de satanás em muitas nações deste mundo. Marco chegará onde muitos de nós nunca iremos chegar. Deus vai levá-lo, porque Deus o levantou”, diz o pastor, antes de complementar: “Deus vai levar este moço a pisar em terras que nunca um pregador brasileiro até hoje pisou. Deus o escolheu para isso”.http://noticias.gospelmais.com.br/video-profecia-marco-feliciano-previu-ataques-contra-ministerio-50958.html

  19. Voces venderam a alma para o comunismo,nao representam os cristaos,de maneira alguma,criem consciencia de que isto é uma guerra entre o cristianismo e o humanismo ateista esquerdista.Abram os olhos em quanto a tempo.

    • Queridos Jesus Cristo foi o que mais se preocupou em ensinar a amar o próximo. E que é o nosso próximo? O homossexual, o comunista, o banqueiro… todos! Hipocrisia é travar uma guerra contra pessoas. O Brasil não tem muitos cristão. O crescimento da igreja evangélica brasileira não é sólido. Como podemos ser tão numerosos e influenciar tão pouco a nossa sociedade? A bancada de evangélicos no congresso nacional não é exemplo de transparência e honestidade. Quando tivermos CRISTÃOS VERDADEIRAMENTE seremos uma sociedade melhor.

  20. Tenho vergonha alheia para estes senhores signatários desta carta infeliz. “trazer consenso e pacificar a sociedade”… ??? É mesmo? Qual sociedade está fora de consenso e em guerra ? Vocês deveriam ser pelo menos honestos. Quem está tumultuando é o PT através de seus Deputados e seus rabichos ongueiros na sociedade.Deixa eu ver: Dutra(Deputado petista), Erica Cokai(Deputada petista), Jean Willis(Deputado psolista) são os tumultuadores.Perderam a eleição no voto e sairam gritando:”Facista!!! Homofóbico!!!” E vocês vão comendo com farinha. Vocês signinatários desta carta imbecil provavelmente viam muito consenso aí, não é mesmo ? Por que vocês não fazem uma cartinha para que os Deputados mensaleiros condenados a prisão deixem a CCJ da Câmara ? Sabem por quê ? Porque o PT os colocou lá, e contra eles o PT não atiça a “sociedade”, e então vocês não conseguem ver. Envergonhem-se por serem instrumentos de um Partido político para fazer o jogo sujo de fuzilamento dos seus desafetos. Acho que os Deputados evangélicos precisam acordar e tomar vergonha na cara, de na próxima eleição parar de vender seus rebanhos a preço de banana para o projeto petista de dominação total. Espro que eles acordem a tempo, e ano que vem joguem a estrela vermelha no lixo.

  21. Sou assinante de Ultimato e tenho que concordar que esta se deixou levar por discursos inflamados daqueles que querem nos proibir de ler e estudar a Palavra de Deus: GLBTS e outras minorias que se não forem barradas se tornarão em maioria em pouco tempo.

  22. Ao autor e a todos que assinam esta carta.

    Tenham a bondande; leiam Eclesiastes e Provérbios. Se após a leitura acharem que ainda devem manter este texto on-line, que assim seja.
    Graça e paz à todos.

  23. O mais grave para nós Cristãos é que estamos à beira de um preconceito ainda maior que é a: CRISTOFOBIA (aversão aos Cristãos). Essa é a sensação que temos quando manifestamos publicamente nossa opinião contrária aos interesses de “alguns grupos” e a mídia em geral.
    A questão é de fato contra a Igreja que cresce a cada dia e, tem influenciado diretamente no crescimento socioeconômico do país com sua fé e otimismo, assim como, com suas obras de ressocialização de pessoas verdadeiramente excluídas pelos seus vícios, traumas e depressões, frutos de famílias mosaicos, pobreza material, violência e etc.).
    Esses “grupos” aproveitam falhas de líderes como Silas, o Feliciano, Edir Macedo, R.R. Soares, Rodovalho, Estevão ou qualquer um de vocês que subscreveram essa carta, para denegrirem a imagem dos Cristãos brasileiros e nos intimidarem.
    Pastores, o que é bom para o mundo não é bom para nós, vamos refletir no que nos ensina a Palavra de Deus quanto a “sermos quentes ou frios, pois o morno Deus vomita…” (Apocalipse 03: 15-16), ou será, que os ativistas evangélicos de Direitos Humanos mudaram a Bíblia? De fato as profecias bíblicas escatológicas estão sendo cumpridas nos nossos dias. Que o Senhor Jesus Cristo nos abençoe nos dando o discernimento necessário para sobrevivermos nesses dias difíceis que se anunciam até a sua volta.

    • Perfeito Sérgio.
      Sugiro uma carta condenando a presença do Ministro Gilberto Carvalho na ALIANÇA.
      Idem para essa turma vir a público condenar a presença de petistas condenados pelo STF na Comissão de Constituição e Justiça.
      Carta apoiando o STF pela condenação de quase 40 ladrões.

  24. Ariovaldo Ramos – Pastor Batista

    Valdir Steuernagel – Pastor Luterano

    Lyndon de Araújo Santos – Pastor Congregacional

    (escreveu artigo na ULTIMATO elogiando Hobsbawm. O brilhante jornalista da BBC http://www.dicta.com.br/hobsbawm-e-o-preco-da-utopia/#more-5743, David Pryce-Jones, certa feita encontrou Hobsbawn na casa de um amigo e conversando com ele sobre a Guerra Fria este declarou que o certo seria jogar uma bomba atômica sobre Israel; e isso por uma simples questão de matemática. Afinal, melhor matar 5 milhões de Judeus do que ver uma superpotência nuclear matar 200 milhões de pessoas. O próprio Hobsbawn era um Judeu renegado!)

  25. Isso é falta de sabedoria, não tem nada haver com comissão de direitos humanos, isso tem haver com contrariedade de doutrinas de igrejas, gay, umbandista, maçom, espíritas podem ser presidente da comissão, evangélicos não podem ser?

  26. Identifiquei vários ministros da IPB, nomes conhecidos, progressistas, eleitores de carteirinha do.PT, pessoas que se omitiram em relação aos mensalão… Tudo bem. Tem o direito de expressar suas opiniões. Também acho que esse Pastor não tem perfil: quer aparecer! Mas fico feliz por ver que a Igreja evangélica é plural, mas deve ser una e mais coerente e menos movida por partidarismos. Será que esses irmãos fariam uma carta aberta para protestar caso o Jean Willis tivesse feito a firula com esse governo abjeto que copta essa sigla de aluguel,o PSC. e e conseguisse, por incrível que pareça, coptar o PSOL caso esse partido fosse de aluguel, o que não é, pois somente é um partido de esquerda radical? Bem vamos marcar esses nomes e cobrar mais responsabilidade!

  27. Acima, a Ilca escreveu: “Muito me admira que cristãos, especialmente pastores, prejulguem um irmão de fé. E me admira mais ainda encontrar esta carta aberta, na revista Ultimato, que tanto prezo.”

    Ilca, eu não me admiro nem um pouco, pois essa atitude é de se esperar tanto da parte da maioria desses pastores como da revista Ultimato (revista que, da minha parte, tanto DESprezo), pois tanto a maioria desses pastores como a revista estão mais comprometidos com agendas esquerdistas do que com a Palavra de Deus.

    Para constar, discordo da teologia de Feliciano, e não coloco a mão no fogo por sua ética, mas creio que a presença dele no governo nos envergonha menos do que cristãos que trocaram o cristianismo pelo marxismo.

  28. Dou certa credibilidade a esta carta. Parece que alguns aqui sequer leram a carta, inclusive pedindo provas de acusações. Triste. Em nenhum momento a carta ataca, por vezes aparece na defensiva.
    Essas palavras são muito sábias: “Cumpre discernir que não há uma perseguição aos evangélicos; há, sim, uma situação de conflito que precisa ser equacionada, especialmente porque, para nós, o compromisso do Evangelho com os mais pobres e vulneráveis é central.”
    Política e religião não dão certo. A História já mostrou.
    Independente da capacidade como presidente ou pastor do senhor Marco Feliciano, ele tem sido, sim, muito infeliz em suas declarações, não há nada que prove o contrário.
    Justificou-se de seus tweets dizendo que “só brincava”.
    Isso não condiz com o Evangelho. Isso não é Palavra de Deus. Deus não é chacota.
    Seus vídeos acerca do dízimo são nojentos.
    O Diabo é astuto, o Diabo também profetiza. O Diabo também tem poder pra dominar.
    Pode ser até um bom parlamentar, como pastor é nota 0.
    “Porque o amor do dinheiro é raiz de todos os males; e alguns, nessa cobiça, se desviaram da fé e a si mesmos se atormentaram com muitas dores.” (I Timóteo 6:10)
    “Como o louco que lança fogo, flechas e morte,
    assim é o homem que engana a seu próximo e diz: Fiz isso por brincadeira.” (Proverbios 26:18,19)

  29. Prezados irmãos, amigos e colegas,
    Diante de tudo o que vem, estar e vai acontecer, precisamos nos unir em oração, buscando melhor discernimento sobre que posição devemos tomar…
    Um principio a ser verificado é o da competencia. Se Marcos Feliciano não tem competencia para tal função, que seja esse o ponto de partida…
    Sobre as afirmações que ele andou fazendo em tempos passados, sem dúvida, deixou-se levar pela euforia emocional da época, quando deveria ter buscado a direção do Espirito Santo de Deus…
    Não sei se já ouve alguma explicação sobre o porque de tais afirmações por parte de Feliciano, todavia, frente a todos os comentários a seu respeito seguido de rejeição de uma grande massa, ele tem a oprtunidade para buscar em Deus uma posição sábia, e quem sabe, Deus pode ter misericordia dele (e de todos nós) e lhe conceder outras oportunidades que supere tudo o que estar acontecendo… É momento de viver ná prática o princípio da humildade…!

  30. O deputado Marco Feliciano fica na Comissão de DIREITOS HUMANOS E MINORIAS. Recebeu o apoio unânime do PSC, seu partido.

    Agora a turma do abaixo-assinado a serviço de interesses políticos escusos, sobretudo do Ministro Gilberto Carvalho, poderão voltar às suas atividades normais de ‘pulpiteiros’ e palpiteiros!

    Há muito tempo não lia em ULTIMATO online tanta oposição, crítica pesada e pessoas realmente protestando com veemência por essa atitude insana da direção do portal em servir de luva de pelica a serviço de politicagem barata.

  31. coitadinhos dos gays, vamos defender os direitos deles!
    Que palhaçada esta carta!!!!Precisamos de profetas ,que denunciem o pecado,HOMOSEXUALISMO É PECADO!!!!
    E PECADO TRAZ CONSIGO A REPROVAÇÂO DE DEUS e MALDIÇÃO!!!!Deus é amor mas também é JUSTIÇA.Romanos 1:18-32 para os teólogos dos “direitos humanos”

  32. Vários clérigos elencados na lista, são de igrejas que tornaram o ensino teológico liberal, aceitando e apoiando o movimento homossexual. Independente de quem seja o M. Feliciano, ele está lutando pela ortodoxia da familia. Acredito que pastores que se prezem devem no minimo incentivar suas comunidades para orarem por ele para que Deus o capacite para este grande negócio.

  33. Sinceramente, vejo aqui um bando de desinformados, não leram notícias nesse últimos dias, Feliciano fez declarações preconceituosas em suas próprias redes sociais. Aqui vejo comentários de pessoas que são como eles, preconceituosas!! pelo amo de Deus, porque não aceitar como as pessoas são, desde que elas não prejudiquem ninguém! As minorias também são envangélicos, ou vocês acham que não tem evangélico homossexual? A minoria merece respeito ao ter quem acredita e se comprometa com luta desses.


  34. Vocês concordam com isso??
    Muitos pastores ficam sugando o dinheiro as vezes de quem não tem nem o necessário para viver, enquanto os próprios se enriquecem.
    Não deveriam os pastores também viver uma vida mais humilde e dar seus bens para os pobres, ou para caridade, ou para a igreja?? Pois o que eu vejo é pastor com o último carro do ano, jóias de ouro tudo as custas dos fiéis??

  35. Concordo tambem com o Sr Anderson, acho que os Evangelicos literalmente viraram uma Torre de Babel, ninguem se entende, todos egoistas querendo se aparecer mais do que os outros, ja diz a Biblia “Um reino se é dividido não prospera…” queria ver se fosse pastor da Batista lá o que iriam dizer? A luz precisa brilhar mesmo no meio das trevas, temos que mostrar nossa cara denunciar o pecado NAO se compactuar com o homossexualismo, enfim precisamos voltar as origens do PROTESTANTISMO e deixa a Xuxa, Globo e o Diabo falar mal e importante é sermos fiel a PALAVRA DE DEUS

  36. Tenho muito respeito e admiração pelo pastor marco embora não o conheça pessoalmente e tenho a dizer que para os que crêem, sabe que a palavra de Deus se discerne espiritualmente. Talvez o pastor errou em falar a verdade para uma geração incrédula até mesmo para aqueles que se dizem pastores evangélicos que não entenderam a mensagem. Sou negra porque assim Deus me fez como criador de tudo que existe, sei que o pastor, assim como os servos verdadeiros de Deus ama a todos em Cristo, lembrando que Deus ama a todos só não ama o pecado e o que a biblia diz que é pecado é pecado, podem chamar de preconceito de homofobia o que quiserem que não deixa de ser. Mas cada um seja o que quiser não prestaremos conta a homens, sim ao Grande Juiz que é Deus pode-se falar a verdade mas não se obriga ninguém.Que Deus abençoe grandemente o pr. Marco em mais este desafio lhe dando sabedoria e discernimento livrando-o das ciladas do inimigo e capacitando-o para fazer o melhor para toda a população é para isso que ele está lá àquele que mais for dado mais será cobrado. Devemos orar por ele ao invés de criticá-lo. Em nome de Jesus.

  37. Sr. Kepler. Seu texto é infantil. Evangélicos e seus pastores, declaradamente, são contrários aos direitos das minorias. Presidir, pois, um contrário aos interesses da Comissão é o que em matemática se denomina “Redução ao absurdo”. Em outras palavras: É o mesmo que nomear um pastor para presidir comissão de criminosos ou nomear um definitivo e useiro e veseiro ladão, para tomar conta dos pertences de um grupo de pessoas abastadas. A eleição foi um simulacro total. Existindo a obrigatoriedade da multiplicidade de partidos, a oposição – que é uma minoria, renunciou em peso, à favor do Partido do Pastor viciando a eleição, com o propósito presumível da promoção de oposição ao governo. Esta manobra é corriqueira nos partidos sem idoneidade moral, mas no caso, apenas interesse religioso, num país laico.

  38. Lamentável a Ultimato apoiar os que se juntaram a iníquos para atacar um irmão em Cristo.
    Recentemente renovei minha assinatura, mas estou pensando seriamente se o farei de novo como tenho feito nos últimos 20 anos.

    Não! Não sou da igreja do Feliciano e tenho sérias divergências teológicas com ele. Mas jamais me juntarei a gente do naipe de Jean Wyllys para acusar erradamente um irmão em cristo de Racista e homofóbico.

  39. PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR

    “… não custa perguntar aos manifestantes [da carta] por que só agora lhes bateu a ideia de sair às ruas [publicando em ULTIMATO online] com um nariz de palhaço, cartazes [pedidos aqui cheios de menções bíblicas] com inscrições indignadas e a expressão transida de horror [e hipocrisias]. Feliciano merece. Mas há gente que merece isso tudo e muito mais.” (Augusto Nunes, com destaques meus).

    ULTIMATO online entrou de gaiato ou propositalmente assinou embaixo.

  40. Sou a favor da carta mas antes de dar a minha Opinião gostaria dever os ROSTINHOS ANÔNIMOS, de quem se tece comentários a sombra covarde do anonimato! Que comecemos com Hombridade PRIMEIRAMENTE!

    E vc vai o que com o seu anonimato? Qual o problema? Desde quando a revista pede que todos coloquem CPF aqui com foto e tudo mais? Conhece IP? Se alguém se julgar ofendido, recorra!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *