Dicas de como usar as devocionais do livreto:

1. Nos boletins de igrejas

2. Em programas de rádio

3. Em leituras públicas (liturgias) de cultos

4. Na introdução de aulas de escola dominical ou estudos de grupos pequenos.

5. Em cartões ou mensagens de natal aos amigos, vizinhos, membros de igrejas ou clientes

6. Em cartões que acompanham presentes de Natal

7. Em calendários promocionais da sua igreja, ministério ou empresa

8. Em leituras diárias com a família

9. Em sermões sobre o Natal

10. Em sites, blogs e redes sociais

Você pode imprimir, copiar e compartilhar quantas e quais devocionais desejar. Sua voz e sua participação serão muito importantes para anunciar um Natal simples, com Jesus Cristo no centro.

<< Baixe gratuitamente o livreto Era uma vez um Natal sem Papai Noel

  1. Tem uma Igreja em Recife que faz um evento evangelístico com o tema São João com Jesus e Sem João”; além da chamada de muito mau gosto, o conteúdo realmente se propõe a brincar o São João sem celebrar o nome daquele a quem Jesus chamou de “dos nascidos de mulher” João é o nome que deveria ser o mais respeitado em razão de Seu caráter e de Sua obediência ao chamado profético. Agora “Natal sem Papai Noel” é outra chamada de muito mau gosto. São Nicolau já foi deformado pela CocaCola, pintando suas vestes liúrgicas marrom, de vermelho e lhe dando uma função que não lhe cabe.
    Tenho profunda convicção de que ULTIMATO tem contribuido e continuará contribuindo para edificar a Igreja com suas publicações, E tenho certeza que as devocionais desta produção seria de grande impacto para nossa edficação; mas lamento o título, só reforça a intolerãncia com o bispo São Nicolau, num contexto onde os evangélicos nutrem verdadeiro ódio contra os cristãos ortodoxos, anglicanos, luteranos e romanos. Pena! Não posso adquirir este maravilhoso devocionário por causa do seu titulo. Ou posso comprá-lo e colocar uma outra capa com o título São Nicolau uma testemunha de Jesus. Vou pensar!

  2. Olá, escrevo para parabenizar a ULTIMATO pelo folheto ” Era uma vez um natal sem Papai Noel” e dizer com todo respeito ao Rev. Ivaldo Sales da Silva, que os evangélicos não nutrem verdadeiro ódio contra os cristãos ortodoxos, anglicanos, luteranos ou romanos, pelo contrário, Lutero foi o homem que quebrou uma doutrina católica caótica e sem total fundamento bíblico de que a fé poderia ser comprada, ela foi e sempre será gratuita, não vem de obras, nem por mãos humanas, mas pela fé em Cristo Jesus. Não sou luterana, conheci a Palavra na Igreja Presbiteriana do Brasil e aprendi que não é denominação religiosa que salva, somos predestinados antes mesmo de nascermos pelo Pai, nem obras, nem qualquer outra coisa é maior e melhor do que conhecer a Cristo, aprendi e aprendo até hoje com a Palavra, pois ela é a verdade que liberta e salva, que nos alimenta e nos capacita. O natal nada mais é que uma data na qual lembramos do nascimento do Salvador do mundo e de tudo que Ele já fez e faz em nossas vidas até hoje, é um momento de reflexão e não de Papai Noel, presentes, luzinhas e comilança, mas de amor, união. O verdadeiro sentido do natal é Cristo Jesus hoje, amanhã e sempre.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *