Por conta da visita de Serguem, nosso café foi realizado no jardim, debaixo das árvores

Na manhã desta quinta-feira, recebemos a visita de Serguem Jessui Machado da Silva. Ele é o novo representante no Brasil da Tearfund, uma ONG cristã que fomenta o desenvolvimento integral no mundo. Serguem é um experiente líder cristão, que durante décadas estimula a responsabilidade social da igreja evangélica.

Graças à parceria com a Tearfund, a Editora Ultimato desenvolve, entre outros projetos, o Paralelo 10 – uma ação de fortalecimento de líderes evangélicos do Norte e do Nordeste.

Serguem compartilhou sua reflexão pessoal a respeito da jornada cristã. Comparando com a história de Ulisses, famoso personagem fictício de Homero, que trilhou uma longa jornada de volta ao seu reino, Ítaca, ele destacou que a caminhada cristã é longa e árdua, mas também cheia de aventuras e alegrias. No entanto, para continuar a jornada é preciso “não tirar Ítaca da mente”.

Também nos lembrou os “heróis da fé” de Hebreus 11 e disse que eles enfrentaram a dureza da vida, mas “viveram pela fé, e morreram sem receber o que tinha sido prometido; viram-no de longe e de longe o saudaram, reconhecendo que eram estrangeiros e peregrinos na terra” (Hb 11.13).

Ao final, Serguem recitou o poema “Ítaca” de Constantino Kavafis (1863-1933), que você lê abaixo:

 

Ítaca

Constantino Kavatis

Se partires um dia rumo à Ítaca

Faz votos de que o caminho seja longo
repleto de aventuras, repleto de saber.
Nem lestrigões, nem ciclopes,
nem o colérico Posidon te intimidem!
Eles no teu caminho jamais encontrarás
Se altivo for teu pensamento
Se sutil emoção o teu corpo e o teu espírito. tocar
Nem lestrigões, nem ciclopes
Nem o bravio Posidon hás de ver
Se tu mesmo não os levares dentro da alma
Se tua alma não os puser dentro de ti.
Faz votos de que o caminho seja longo.
Numerosas serão as manhãs de verão
Nas quais com que prazer, com que alegria
Tu hás de entrar pela primeira vez um porto
Para correr as lojas dos fenícios
e belas mercancias adquirir.
Madrepérolas, corais, âmbares, ébanos
E perfumes sensuais de toda espécie
Quanto houver de aromas deleitosos.
A muitas cidades do Egito peregrinas
Para aprender, para aprender dos doutos.
Tem todo o tempo ítaca na mente.
Estás predestinado a ali chegar.
Mas, não apresses a viagem nunca.
Melhor muitos anos levares de jornada
E fundeares na ilha velho enfim.
Rico de quanto ganhaste no caminho
Sem esperar riquezas que Ítaca te desse.
Uma bela viagem deu-te Ítaca.
Sem ela não te ponhas a caminho.
Mais do que isso não lhe cumpre dar-te.
Ítaca não te iludiu
Se a achas pobre.
Tu te tornaste sábio, um homem de experiência.
E, agora, sabes o que significam Ítacas.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *