Mais de 300 missionários brasileiros (a maioria servindo em outros países) recebem a revista Ultimato gratuitamente. A publicação é enviada a eles por intermédio de suas agências missionárias. É difícil medir o impacto dessa ação, mas vez ou outra temos a grata surpresa de receber a visita de alguns destes leitores em nossa “casa”.

Na segunda-feira, um casal que trabalha no Egito veio tomar café conosco e expressou a gratidão por ter acesso às edições da Ultimato. “Quando não lemos a revista impressa, lemos o conteúdo no site. Agradecemos muito o trabalho de vocês, por meio do qual ficamos sabendo como estão as coisas no Brasil”.Esse casal (que prefere manter os nomes em sigilo devido à perseguição religiosa) trabalha com refugiados sudaneses que chegam ao país.

Na última quinta-feira, 14 de julho, outro casal missionário residente no Senegal também compartilhou a alegria que é receber Ultimato em sua casa.

Para nós da Ultimato, também é uma alegria saber que colaboramos para a edificação de cristãos não só dentro do contexto brasileiro, mas, de certa forma, para o corpo de Cristo no mundo todo.

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *