Não. Não me refiro ao presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama. Ele não é pastor. “Negro, pastor, herói” é o título do artigo publicado pela revista Ultimato, em 1988, por ocasião do 20º aniversário do assassinato do pastor e Prêmio Nobel da Paz Martin Luther King. Agora, 40 anos depois, acompanhamos o mesmo Rev. Jesse Jackson, que o acudiu naquela emboscada em Memphis, com lágrimas nos olhos ao ouvir o anúncio da vitória do senador negro Barack Obama.

Abaixo, parte do histórico discurso do Rev. Martin Luther King ("Eu tenho um sonho"). Os sonhos não envelhecem…

  1. Muito boa reflexão, Marcos.
    Esse acontecimento é um marco na história da humanidade.
    Como também, leva-nos, principalmente à nós, cristãos – evangélicos, protestantes, ou não – à uma importante meditação: como parte do povo de Deus, somos desafiados a sermos luzeiros neste mundo. Temos responsabilidades em plantar justiça nesta terra, assim como, Martin.

  2. João Evangelista Fiorini

    Barack Obama veio para mudar o mundo. Este é um homem predestinado para esta mudança porque sua presença no cenário atual está marcando e vai marcar época.
    Parabéns povo americano, vocês conquistaram o mundo!!!

  3. “Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra; Bem-aventurados os que têm fome e sede de justica, porque eles serão fartos”, disse Jesus em Mt 5.5,6. Quarenta anos após (uma geracão bíblica), vê-se o sonho e luta de um justo se cumprir, ou seja, a história ser mudada e um negro ascender ao cargo mais alto do planeta, a presidência dos EUA. Porém, não alimentemos esperanca demasiada nele (tambem sou negro), pois o quebra-cabeca de Deus está se cumprindo. O colapso do mundo é cumprimento profético, e eis que o Anticristo já está prestes a se revelar. Derrocada econômica, moral em baixa, pecado em alta, blocos econômicos em acão, a natureza gemendo, a fome, as doencas são alguns sinais da volta de Jesus e, com isso, o surgimento do iníquo, que por sinal, deve surgir do meio do bloco europeu. Ao único Rei, invisível, eterno, imortal, seja a Glória, o louvor, a honra, o domínio, para sempre.Amém.

  4. O racismo e a discriminação foram temas de luta presentes de forma concreta na expressão da espiritualidade do Pr. KIng. Quando a miséria, opressão, injustiça social, a violência, concentração de renda e terras, alienação, serão temas presentes de forma concreta na expressão da espiritualidade evangélica brasileira???
    …eu também tenho um sonho…

  5. Ainda não consigo ver Obama como parte consequência direta do que King acreditava. Simbolicamente ter um presidente negro em um país que há 40 anos atrás segregava as pessoas de cor em um apartheid muito parecido com o da África do Sul, é um avanço considerável. Porém se o seu maior desafio for apenas retomar o consumo da nação mais consumista do globo com as velhas táticas do partido único travestido em democratas e republicanos, o medo do silêncio de muitos continuará imperando.

  6. Pr. Habacuque Pimentel

    “Se um homem não descobriu algo por que morrer, ele não está preparado para viver.” (Rev. Martin L King).

    A existência deste homem, suas palavras, e, toda sua vida ativa em prol ao próximo, na luta contra as injustiças, buscando a igualdade entre os homens através do evangelho, me incomoda muito, chego as vezes, sentir vergonha de mim mesmo.
    DEUS requer muito mais de todos nós.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *