“Bom dia com alegria, desejo para você um belo dia” — logo de manhã, as crianças já estavam cantando em suas salas. O Encontro Mirim reúne crianças de dois a seis anos para brincar, ouvir histórias e se conhecer. Entusiasmadas com os dias que estão passando em Viçosa, não se cansam de contar sobre a escolinha da sua igreja, a família e os animais de estimação que possuem.

Depois das conversas, orações, versículos citados, o que elas queriam mesmo era cantar a música do sabão. Dessa forma se levantaram, imaginaram um sabão em suas mãos e começaram: “o sabão lava o meu rostinho, lava o meu pezinho e lava a minha mão…”.

Para a história dessa manhã uma amiguinha apareceu. A ovelha Béé. Toda peluda e branquinha, fazia as crianças rirem contando a parábola da ovelha perdida. Depois de toda essa animação, elas saborearam um lanchinho super especial com suco, biscoito e o famoso pão-de-queijo.

Crianças também fazem amigos
Para aproveitar o sol da manhã, as crianças com idade de sete a doze anos, se reuniram nas escadas próximas ao salão social da Igreja Presbiteriana. Com suas gírias e sotaques distintos, elas tentavam interagir jogando Uno — um jogo de cartas. Cada uma trazia regras diferentes, e juntamente com a monitora, decidiram como fariam para saber qual regra valeria.

Eduardo Bittencourt era o mais animado. Sabia todas as regras e ajudava os novos amigos a entenderem melhor o jogo. “Alemão”, como é chamado, veio de São Gabriel, cidade do Rio Grande do Sul. Acompanhado do pai, assinante da revista Ultimato, saíram para a viagem até Viçosa na sexta-feira, com o objetivo de aproveitar o passeio para conhecerem as cidades por onde passariam. Frio? Que nada. Eduardo está achando o clima de Viçosa bem quente. Imagina então se esse encontro fosse realizado em janeiro…

Por Ariádine Morgan

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *