Depois do jantar, começamos a programação noturna do segundo dia do Encontro de Amigos. Canções de esperança no Deus salvador formaram o repertório musical.

A primeira música “Menino” fala da situação de um menino em trajetória de rua e no desejo de que a realidade dele seja mudada. A segunda canção, com a participação de Rubem Amorese, trata de um “novo alento”, quando o choro pode durar a noite inteira, mas a alegria vem pela manhã. Amorese orou agradecendo a Deus pela fidelidade de Deus na vida do seu povo. “Se o nosso coração chora nesta noite, te pedimos que aceite nossa esperança no amanhã que há de vir contigo”.

O tempo de louvor e canção continuou com a canção “O dia da vitória”. A seguir um trecho da canção:
Assim como a noite aguarda o sol,
Como a brisa espera o dia soprar,
Como a terra seca espera a chuva
Como o rio anseia pelo mar,
Eu desejo tanto ver o dia chegar.
O dia da vitória em que virá meu Salvador.

Foram momentos preciosos de adoração ao Deus que renova nossa esperança.

Marcharemos com coragem
Esta é a promessa cantada nesta noite por todos os funcionários da Editora Ultimato e depois pelos parentes da família Elben César, pelos colaboradores e por todos os participantes do Encontro de Amigos.

A música foi entoada aos sons da bateria e do violão dos netos do Rev. Elben: Jônatas, Artur e Pedro.

Foi um “Momento Ultimato” de homenagem à equipe da editora e também a ex-funcionários.

Um trecho da música expressa bem o sentimento experimentado por todos:
Marcharemos cheios de coragem e seguiremos seja aonde for.
Embora a dor nos cerque na viagem marcharemos na coragem do Senhor.

A Editora Ultimato possui atualmente 30 funcionários, além dos estagiários.
O “Momento Ultimato” desta noite terminou com aplausos a toda a equipe.


Por Lissânder Dias

  1. Parabéns para toda a equipe de comunicação do Encontro de Amigos. É muito bom ler e ver na tela o que experimentamos nesses dias. Obrigado Fernanda, Paulo, Jair, Tábata, Lissânder e cia. Estou meio zonzo e não consigo raciocinar… Boa noite, aliás, bom dia.

  2. Melhor que muitos Clades, Comibans e outros. Realmente um excelente congresso de celebração em família com forte reconhecimento de onde tudo vem: Graça do Pai.
    Bom demais da conta.
    Do primeiro funcionário, fora da família aos 10 anos do Ultimato e pai da última estagiária aos 40 anos.
    Na celebração dos 80 anos vou contar a história da Administradora, do Editor e demais que tiverem vivos.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *