No quarto ano do reinado de Jeoaquim, filho de Josias, rei de Judá, depois que Baruque, filho de Nerias, escreveu num rolo as palavras ditadas por Jeremias, este lhe disse: "Assim diz o SENHOR, o Deus de Israel, a você, Baruque: ‘Você disse, "Ai de mim! O SENHOR acrescentou tristeza ao meu sofrimento. Estou exausto de tanto gemer, e não encontro descanso" ‘. "Mas o SENHOR manda-me dizer-lhe: ‘Assim diz o SENHOR: Destruirei o que edifiquei e arrancarei o que plantei em toda esta terra. E então? Você deveria buscar coisas especiais para você? Não as busque, pois trarei desgraça sobre toda a humanidade’, diz o SENHOR, ‘mas eu o deixarei escapar com vida onde quer que você vá’ ". Jeremias 45.1-5

Este foi o texto bíblico que o fundador da revista Ultimato, Rev. Elben César, pregou nesta manhã. Meditando sobre o diálogo entre o profeta Baruque e Deus, o pregador mostrou a exaustão emocional, física e espiritual do profeta. Baruque precisava pregar a mensagem do Senhor para um povo desobediente, mas as consequências desta desobediência seriam muito trágicas.

“A crise de Baruque o levou à oração. O levou a um tipo maravilhoso de oração, a oração do desabafo. O desabafo é o ralo por onde escoa as lágrimas”, disse Elben.

Algumas das razões do choro de Baruque foram o risco de morte e a percepção clara da condição espiritual do povo.

Em um momento Baruque pediu a Deus para ser tratado de maneira especial. “Essa também é a nossa tentação. Tentação complicada”, comentou Elben. Deus consolou Baruque com o seu cuidado, mas não deixou de anunciar que o seu cálice de ira estava cheio.

O Rev. Elben terminou sua pregação com as seguintes palavras:

“Vamos aproveitar este Encontro de Amigos. Somos mais amigos agora, porque nos conhecemos pessoalmente. Tenho a impressão de que Deus está nos abençoando muitíssimo. Deus está nos falando. Quem sabe através de vocês Deus não vai falar à igreja brasileira? Vamos ter mais intimidade com Deus. Que ele nos abençoe. Amém!”

Por Lissânder Dias

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *