No último dia 24 aconteceu na comunidade da Serra (Iporanga, SP) a oficina do SEBRAE sobre “Oportunidades de negócios no turismo”.  Esta foi a primeira realizada em parceria com A Rocha e esperamos que seja a primeira de muitas.

Bairro da Serra encontra-se no entorno do Parque PETAR (Parque Estadual Turístico do Alto do Ribeira) e por causa de sua localização apresenta naturalmente um enorme potencial turístico. O PETAR faz parte do maior remanescente contínuo de Mata Atlântica no Vale do Ribeira (região sul do Estado de São Paulo) e, além da mata conservada, é conhecido também por suas incríveis cavernas. Apesar de sua riqueza em biodiversidade, sócio e economicamente a região do Vale é considerada pobre e pouco desenvolvida, apresentando baixos Índices de Desenvolvimento Humano (IDH), além da ocorrência de conflitos entre comunidades rurais e as Unidades de Conservação (60% da porção paulista do Vale constitui-se de Unidades de Conservação). No bairro da Serra há menos de 200 casas e em torno de 600 moradores, há também pousadas, agências de turismo de aventura e campings. A principal fonte de renda local é o turismo de aventura.

Desde 2012 A Rocha tem atuado no bairro da Serra em parceria com os próprios moradores para conservar a biodiversidade local e beneficiar seu desenvolvimento comunitário. Por concentrar as atividades turísticas ligadas ao PETAR, há no bairro uma grande demanda por capacitação na área do empreendedorismo. Levando em consideração esta necessidade da comunidade, A Rocha fez uma parceria com o SEBRAE-SP (Escritório Regional Vale do Ribeira) e na noite da última segunda-feira mais de trinta moradores compareceram à primeira oficina do SEBRAE. Entre os presentes haviam homens e mulheres (jovens, adultos e idosos) de distintas ocupações: monitores ambientais, proprietários e funcionários de pousada, proprietários e funcionários de comércio, proprietários e funcionários de agência de turismo, apicultor, quituteiros. SEBRAE compartilhou dados importantes sobre o perfil do turista paulista, coletou dados de cada participante da oficina para traçar seu perfil empreendedor, facilitou a construção de um diagnóstico sobre a realidade do bairro (fortalezas, fraquezas, oportunidades e ameaças) e, principalmente, mostrou a todos que o desenvolvimento local deve ser um projeto coletivo e que tanto o SEBRAE como A Rocha são apenas apoiadores e facilitadores deste desenvolvimento. SEBRAE e A Rocha reconhecem e acreditam no potencial da região do Vale do Ribeira, do bairro da Serra e de seus moradores.

Álbum com as fotos da oficina aqui.

*SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas)

** Projeto Betari é apoiado pela Rede IBAB Solidária (IBAB)

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *