Entre os dias 12 e 16 de fevereiro de 2014, A Rocha Brasil esteve novamente no Bairro da Serra, Município de Iporanga, São Paulo, para começar as atividades sobre a implantação de um viveiro de mudas comunitário no Projeto Betari (projeto de conservação da Mata Atlântica e desenvolvimento comunitário). O projeto é uma parceria com a Igreja Batista de Água Branca (IBAB).

Além de reunião com a comunidade e com o gestor do PETAR (Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira), foi realizado um breve estudo etnobotânico* junto aos moradores do bairro com o objetivo de levantar informações sobre espécies conhecidas e utilizadas pela população. Esta atividade contou com a participação de voluntários vindos de Florianópolis, SC (A Rocha Brasil) e Registro, SP (Bola de Neve Sustentável). Em três dias, debaixo de muita chuva, foi possível conversar com 25 moradores com idades entre 21 e 88 anos, levantar informações sobre uso e coletar espécimes de dezenas de espécies cultivadas e nativas da Mata Atlântica, inclusive algumas endêmicas desta região. Este levantamento poderá servir como base para a seleção de espécies para o viveiro de mudas comunitário, bem como para informar o planejamento e implementação de atividades futuras dentro do Projeto Betari.

O estudo no bairro da Serra foi conduzido pelo biólogo e etnobotânico Thiago Gomes, membro do Conselho Científico d’A Rocha Brasil.

*Etnobotânica é a ciência que estuda as relações entre pessoas e plantas. Reúne o termo etno, que se refere a povos e culturas, e à botânica, que é o estudo das plantas. A etnobotânica está interessada no estudo das plantas utilizadas por populações humanas, quais seus usos (alimento, medicinal, artesanal entre outros), como estas plantas são cultivadas e manejadas, e qual a relação destes recursos com as pessoas que os utilizam e vice-versa. Frequentemente, estudos etnobotânicos estão relacionados à conservação da biodiversidade junto a populações tradicionais.

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *