No texto anterior, eu dizia que, pelos padrões vigentes em nossa sociedade ocidental (sempre sonhei usar essa frase), sou um vencedor. E que a aposentadoria não é o topo da escada, mas uma etapa bem alta. E que a subida continua. Só que, agora, com novos recursos, adquiridos ao longo da escalada.
Bem, suponho que, depois […]

Continue lendo →

Bem, está chegando a hora de me aposentar. É incrível a diversidade de pensamentos e preocupações que esse momento traz. A gente começa a ler a respeito, a conversar com amigos na mesma condição; começa a perguntar se é bom aos já aposentados; a se preocupar com o temível pijama (dizem […]

Continue lendo →

Se eu lhe confessar
O meu pecado e iniqüidade;
Se eu lhe falar da falsidade
Do meu andar…
Eu sei que tanto me calei,
E o coração fechei;
Deus sabe quanta escuridão,
Cansei, chorei, sem seu perdão.
Se eu lhe confessar
E derramar-lhe a ansiedade,
Sim, suplicar-lhe piedade,
Se eu confessar…
Eu sei que tudo vai mudar,
E a paz vou reencontrar;
Pois os meus ossos vão sarar,
Quando eu […]

Continue lendo →

Palavras de amor
Queremos dizer;
Canções de louvor
Viemos trazer.
Aceita, ó Senhor,
A nossa oração;
Recebe o ardor
Da nossa canção.
Chegamos aqui
Com vinho e com pão;
Erguemos a ti
Os olhos e as mãos.
Sabemos, porém,
Que amor, comunhão,
Provêm de tua mão,
Que a tudo sustém.
A nossa união
Recebe, Senhor;
Confirma, em amor,
O vinho e o pão.

Continue lendo →

Ó Senhor, quando será
Que a tua igreja provará
Restauração, restauração, restauração.
Porque hoje, o que acontece,
É que o teu povo padece
Desolação, desolação, desolação.
Quando o Senhor mudar
A sorte de Sião,
Nós ficaremos como quem sonha;
E a nossa boca cheia de riso,
De novo, de novo, de novo.
Ó Senhor, quando será
Que a tua igreja enfim terá
Consolação, consolação, consolação.

Continue lendo →