Este livro trata do dia-a-dia da igreja onde congrego. Encravada numa cidade moderna, lutando para encontrar modos e meios de manter vivo o “testemunho do Cordeiro”. Há momentos em que o “front” dessa batalha se encontra fora dos portões. É tempo, então, de missões. Noutros, o “front” está dentro dos portões, e as lutas assumem uma conotação surda e intestina, de resolver as esquizofrenias que o mundo impõe à mente do crente, que acaba tendo a tendência de ser duas pessoas: uma “lá fora”, e outra “aqui dentro”. É o fenômeno “cavalo de Tróia” a que me refiro no livro Icabode. A propósito, este livro busca respostas ao desafio do Pão e do Cálice, apresentado no Icabode.

  1. Este livro foi crucial em um momento em que considero mais difícil da minha vida, as palavras do Rubem me levaram ao novo entendimento, uma nova leitura da fé em Cristo, enxerguei então que os maiores conflitos que enfrentava era de origem religiosa, me ajudou a continuar no ministério que me foi confiado. Parabéns por esta obra.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *