Procuro elaborar uma relação entre as preocupações de Moisés, em Deuteronômio 6, quando, diante das muralhas de Jericó, aquieta o povo e faz seríssimas advertências sobre os perigos existentes em Canaã. Não se tratavam de perigos bélicos, mas culturais. Sua cabeça, sua mente, seu coração, poderiam mudar. Se isso acontecesse, ao ponto de adotarem os costumes e deuses da terra, já não seriam mais o povo de Deus. A ameaça era à identidade do povo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *